Saltar para:
Logótipo
Comuta visibilidade da coluna esquerda
Você está em: Início > Publicações > Visualização > Heterocyclic Aromatic Amines in Muscle Foods Relevance, Occurence and Mitigation

Heterocyclic Aromatic Amines in Muscle Foods Relevance, Occurence and Mitigation

Título
Heterocyclic Aromatic Amines in Muscle Foods Relevance, Occurence and Mitigation
Tipo
Tese
Ano
2012
Classificação Científica
FOS: Ciências médicas e da saúde
CORDIS: Ciências da Saúde
Instituições Associadas
FCNAUP - Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto
Outras Informações
Resumo (PT): Tese de doutoramento em Ciências do Consumo Alimentar e Nutrição apresentada à Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto, sob orientação de Professora Doutora Olívia Maria de Castro Pinho (Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto) e coorientação de Professora Dr.ª Isabel Maria Pinto Leite Viegas Oliveira Ferreira (Faculdade de Farmácia Universidade do Porto).
Abstract (EN): Resumo da tese: As aminas aromáticas heterocíclicas (HAs) são consideradas um fator de risco para o desenvolvimento de cancro. A capacidade de formação das HAs em carnes e pescado cozinhados pelos métodos culinários habituais (fritos, assados, grelhados na frigideira, no carvão ou em dispositivo elétrico), mesmo em quantidades muito pequenas (ppb), implicam uma frequente exposição pela população em geral. Nos últimos 30 anos, realizaram-se inúmeros estudos visando a minimização do risco para a saúde associado às HAs. Contudo, as três principais áreas de estudo das Has ainda são um desafio: a formação em alimentos, as estratégias de inibição da formação, e a procura de compostos quimiopreventivos. Além disso, vários investigadores têm realçado a necessidade do estudo de outros carcinogénios que ocorram em simultâneo com as HAs, como os hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (PAHs). A presença de HAs e PAHs foi avaliada em carnes (bife e frango) e pescado (salmão e sardinha) cozinhados de diferentes formas, refletindo as práticas portuguesas. O conteúdo em HAs nas amostras foi determinado usando um método de referência, que consiste em extração e purificação por extração em fase sólida (SPE) e separação e deteção por cromatografia líquida de alta eficiência acoplada a sistemas de deteção por díodos e fluorescência (HPLC-DAD/FLD). Os PAHs foram analisados através de uma metodologia determinada na presente dissertação, que consiste também em extração e purificação por SPE e separação e deteção por HPLC-FLD. Relativamente à formação de HAs nas amostras analisadas, em geral, a HA mais abundante foi o PhlP (1,45-33,8 ng/g), seguido de AªC (1-19 ng/g) e MelQx (não detectado-9,07ng/g). A formação das HAs IQ, 4,8-DiMelQx, MeAªC, Trp-P-1, Trp-P-2 e Glu-P-1 verificou-se em algumas amostras em função do tipo de músculo ou método culinário.(...)/ Thesis abstract: Heterocyclic aromatic amines (HAs) are considered a dietary risk factor for human cancer. Their capability of formation on muscle foods during ordinary cooking practices (grilling, broiling, barbecuing, roasting, frying, pan-frying), even at low parts-per-billion (ppb), implies frequent exposure by the general public. Over the past 30 years, numerous studies have been stimulated aiming to alleviate human health risk associated with HAs. The three main areas are still a challenge: their occurrence in foods, the strategies to inhibit their formation, and the search for chemopreventive agents. Furthermore, several researchers highlighted an urgent need of studying HAs and other concomitant mutagens at the same tíme, as polycyclic aromatic hydrocarbons (PAHs). The occurrence of HAs and PAHs in different cooked muscle foods (beef, salmon, and sardines) and different cooking procedure (barbecuing, grilling and pan-frying) on Portuguese household cooking procedures were evaluated. The samples were analyzed for HAs contents usíng a reference method, which consists in solid-phase extraction (SPE) and high-performance liquid chromatography-diode array detection/ fluorescente detection (HPLC-DAD/FLD). To PAHs a similar methodology was ascertained, which also consists in SPE and separation and detection by HPLC-FLD. Concerming the HAs formation im analyzed samples, in general the most abundant HA was PhIP (1,45-33,8 ng/g) followed by AaC (1-19 ng/g) and MelQx (not detected-9,07ng/g). The HAs, IQ, 4,8-DiMelQx, MeAaC, Trp-P-1, Trp-p-2 ND glu-p-1 were also formed in some muscle foods and cooking procedures with relative significance.(...)
Idioma: Inglês
Tipo (Avaliação Docente): Científica
Contacto: olgaviegas@fcna.up.pt
Tipo de Licença: Clique para ver a licença CC BY-NC
Documentos
Nome do Ficheiro Descrição Tamanho
150180_D41 5183.88 KB
Publicações Relacionadas

Dos mesmos autores

Novel methods for food-safety evaluation (2011)
Poster em Conferência Nacional
Melo, A.; Oliveira, B.; Petisca, Catarina; Soares, C.; Mendes, E.; Ferreira, Isabel; Fernandes, J.; Faria, M.; Viegas, Olga; Pinho, Olívia; Cunha, S.
Protective effects of xanthohumol against the mutagenicity and DNA damage induced by the heterocyclic amines PhIP and MeIQx (2011)
Poster em Conferência Internacional
Viegas, Olga; Zegura, B.; Pezdric, M.; Novak, M.; Ferreira, I.M.P.L.V.O.; Pinho, Olívia; Filipic, M.
Polycyclic aromatic hydrocarbons formation in different types of charcoal grilled meat (2013)
Poster em Conferência Internacional
Viegas, Olga; Pancrazio, Gastón; Prucha, Mafalda; Ferreira, Isabel; Pinho, Olívia
Optimization of SPE extraction and chromatographic conditions for polycyclic aromatic hydrocarbons in barbequed muscle foods (2011)
Poster em Conferência Internacional
Viegas, Olga; Pinto, E.; Novo, P.; Pinho, Olívia; Ferreira, Isabel
Formation of heterocyclic aromatic amines in charcoal grilled pork: inhibition by beer marinades (2014)
Poster em Conferência Internacional
Viegas, Olga ; Moreira, Pedro; Ferreira, I.M.P.L.V.O.; Pinho, Olívia

Ver todas (46)

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2020 © Reitoria da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2020-02-26 às 01:55:19 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais