Saltar para:
Logótipo
Comuta visibilidade da coluna esquerda
Você está em: Início > Notícias > 3ª Edição do Seminário Musas em Ação - Espessuras da [In]Visibilidade

Notícias

3ª Edição do Seminário Musas em Ação - Espessuras da [In]Visibilidade

30 de junho - 1 e 2 de julho

3ª Edição do Seminário Musas em Ação - Espessuras da [In]Visibilidade

1



English

Espanhol

O InED (Centro de Investigação e Inovação em Educação) da ESE – Politécnico do Porto, em parceria com a Casa Comum/Reitoria da Universidade do Porto e o ILCML (Instituto de Literatura Comparada Margarida Losa) da FLUP anunciam a 3ª edição do Seminário Musas em Ação – Espessuras da [In]Visibilidade: Espaços, Passos e Ritmos, a realizar nos dias 30 de junho, 1 e 2 de julho de 2022. Esta 3ª edição do Seminário dá continuidade às apresentações iniciadas em outubro de 2019, articulando-se ao Projeto de Investigação InED-FCT: A [In]Visibilidade da Mulher na História: pensamento, ideias e obras.

 Apresentamos o Call for papers, associado ao painel de investigadores/as, autores/as e artistas convidados que asseguram as conferências, comunicações e, ainda, a curadoria de uma exposição que reúne artistas portugueses/as e brasileiros/as.

Nas derradeiras décadas do séc. XX, os Estudos de Género e os Estudos Feministas dedicaram-se, entre outras coisas, às práticas e teorias artísticas desenhadas, pensadas e geradas por mulheres. Surgiram, ativaram-se e consolidaram-se Centros de Investigação específicos; conceberam-se projetos de investigação, eventos científicos, programações culturais e artístico e as publicações proliferaram nas revistas e volumes específicos. Um corpo significativo de textos emblemáticos foi produzido, incentivando pesquisas ulteriores e conjugando autores/as de diversas gerações e nacionalidades, em Portugal, à semelhança do que aconteceu no panorama internacional.

As mulheres-pensadoras-investigadoras-autoras-artistas, todas (enfim) aprofundaram e expandiram assuntos/problemáticas até então esparsos ou dispersos, refletindo as suas convicções e firmando intencionalidades. Todavia, na atualidade, questiona-se a extrapolação estereotipada do termo “mulheres-artistas”, “mulheres-…”, entendido por alguns como limitativo ou endereçando ao reconhecimento de obra e/ou atividade profissional, nalguns casos, mais dirigido pelo reconhecimento “questão de género”, do que pela qualificação em si. Todavia, convirá não esquecer que a produção artística e intelectual das mulheres foi intencionalmente esquecida ou desvalorizada durante séculos. Daí que marcar a sua existência se torne um gesto político em si mesmo. Arte, Ciência, Investigação, Ação…e Musa, assim como Ideologia, Viagem ou Reflexão – são palavras com uma forte expressão no feminino.”

Ideias e questionamentos entrecruzaram-se, tomando corpo plural, na sequência do aprofundamento de autoras, investigadoras, profissionais de várias artes, saberes, e práticas, pensadoras ativas, umas consagradas pelo tempo, outras salvaguardadas por distintas afetações pragmáticas, fidelizações ou subversões teóricas: Griselda Pollock, Linda Nochlin, Frances Borzello, Hilary Robinson, Catherine de Zegher, Fiona Carson, entre outros nomes.

Atendendo a tal contextualização, propõe-se a realização da terceira das três edições do Seminário Musas em Ação-Espessura da [In]Visibilidade, sugerindo a partilha, apresentação, análise e revisão aberta de atividades de investigação e programações processadas maioritariamente em Portugal, no Brasil e em Espanha [envolvendo presenças de outras nacionalidades] nos segmentos:

 

  • Mulheres: Artes, Museus e Coleções
  • Mulheres: Pós-colonialismo e Feminismo Decolonial
  • Mulheres: Viagens que Sejam Delas
  • Mulheres: E Contudo, Elas Moveram-se na Academia e nos Museus
  • Mulheres: Indisciplinar os Géneros, Indisciplinar as Teorias
  • Mulheres: Pensamento, Ação e Obra
  • Mulheres e Criação durante as ditaduras em Portugal
  • Mulheres na era digital: A musa online
  • Mulheres na margem da história: Bruxas ou Sacerdotisas?
  • Mulheres: Trajetórias de Resistência no Mercado Laboral
  • Mulheres: Trajetórias de Resistência nas Artes
  • Mulheres: Trajetórias de Resistência na Literatura e Pensamento Filosófico
  • Mulheres: Trajetórias de Resistência nos conventos e outros espaços religiosos
  • Mulheres: Trajetórias de Resistência em contextos de desastres naturais e bélicos

 

O Seminário integra a Exposição Musas em ação: imagens e sons na viagem [Artistas a confirmar] que estará patente na Casa Museu Abel Salazar, com curadoria de Maria de Fátima Lambert, inaugurando a 2 de julho, seguida de conversa d’Artistas.


As propostas de comunicações devem ser enviadas para musas@ese.ipp.pt a partir de 14 de abril e até 16 de maio de 2022.
A seleção das propostas será feita em revisão por pares.
O prazo para a comunicação da aceitação das propostas é 30 de maio 2022.

 

Configurar as propostas ao Call for papers:

As propostas podem ser submetidas em português, espanhol ou inglês, línguas oficiais do seminário.

O documento da proposta, que não pode conter referência de autor, deve ser enviado em formato aberto, incluindo:

  • Título da comunicação em negrito (Times New Roman, 14),
  • Resumo (na língua da comunicação e em inglês) - num máximo de 300 palavras (Times New Roman, 12, espaço entre linhas múltiplo 1,15), mencionando no máximo de 5 referências bibliográficas e seguindo as Normas (APA) vigentes na UP que podem ser obtidas em https://www.up.pt/press/;
  •  Palavras-chave (na língua da comunicação e em inglês) - de 4 a 6.


No texto do email, a que será anexada a proposta, deverá constar:

  • Nome(s) autor(a) ou autoras(es);
  • Afiliação;
  • Email(s) de contato;
  • Minibio de autor(a) ou autoras(es) num máximo de 150 palavras.

 

O Programa será divulgado a partir de 8 de junho, suscetível de aferições.

Prevê-se a publicação de e-book e de volume impresso, integrando textos submetidos a dupla revisão por pares, cujas propostas devem ser submetidas até 15 agosto 2022. O texto completo pode ser redigido em português, espanhol ou inglês, num máximo de 6000 palavras. Descarregar as Normas em https://www.up.pt/press/.

 

Calendário

Deadline para a submissão do artigo: 16 de maio de 2022
Envio da decisão para os autores: 30 de maio de 2022
Seminário: 30 de junho, 1 e 2 de julho 2022
Envio de texto para publicação: 15 de agosto

 

Comissão Científica

Ana da Silveira Moura – REQUIMTE/FCUP
Ana Gabriela Macedo – CEUM/Universidade do Minho
Ana Luísa Amaral - ILCML/FLUP
Amparo Sanz – CREARI/Universidade de Valencia
António Fernando Silva – INED/ ESE-P.Porto
Cristina Susigan – Faculdade Santa Marcelina, São Paulo / CEEA-ESAP, Porto 
Elisa Noronha – Brasil, CITCEM/FLUP
Laura Castro – DRCN, CITAR/UCP
Maria Clara Paulino – ILCML/FLUP
Ricard Huerta – CREARI/Universidade de Valencia
Rute Rosas – i2ads/ FBAUP
Susana Piteira – FBAUP, CITCEM/FLUP
 

Comissão Organizadora

Hugo Monteiro – ESE/P.Porto
Marco Gabriel – Casa Comum/ Reitoria UP
Maria de Fátima Lambert – inED - ESE/P.Porto
Marinela Freitas – ILCML/FLUP
Catarina Sampaio – inED - ESE/P.Porto 


Comissão técnica:

Ana Almeida – inED - ESE/P.Porto
Diogo Couto – inED - ESE/P.Porto

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2022 © Reitoria da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2022-05-19 às 03:48:42 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais