Saltar para:
Logótipo
Comuta visibilidade da coluna esquerda
Você está em: Início > Notícias > Adelaide Estrada - Para Além da Ciência | Exposição

Notícias

Adelaide Estrada - Para Além da Ciência | Exposição

21 SET - 02 NOV

Adelaide Estrada - Para Além da Ciência | Exposição Casa-Museu Abel Salazar

Seg a Sex    9:30>13:00 e 14:30>18:00
Sáb    14:40>17:30

ENTRADA LIVRE


Adelaide Estrada: Para além da Ciência, é a exposição que irá inaugurar dia 21 de setembro, pelas 17:00, na Casa-Museu Abel Salazar, e que presta homenagem à vida e obra de Adelaide Estrada (1898 – 1979).

A exposição ficará patente ao público até 2 de novembro, podendo ser visitada de segunda a sexta-feira, das 9h30 às 13h00 e das 14h30 às 18h00; e aos sábados, das 14h30 às 17h30.

Esta exposição é sobre percurso académico e intervenção cívica de Adelaide Estrada. Formada em Medicina, exerceu a docência como assistente livre de Histologia e preparadora no Laboratório Nobre, na Faculdade de Medicina da Universidade do Porto. Integrou várias instituições científicas, nomeadamente o Instituto de Alta Cultura, onde foi bolseira e estagiária, membro da Sociedade de Biologia (1928), da Association des Anatomistes (1932) e da Société Internationale d’Hematologie. Participou em encontros científicos, como o III Congresso Nacional de Medicina (Lisboa, 1928), o Congresso da Association des Anatomistes (1933) e as reuniões do Instituto de Oncologia de Lisboa (1941).

Tem vastíssima bibliografia científica sobre Histologia, Citologia e Análises Clínicas, tais como “Síndromas Meníngeas e Meningites Agudas Anormais”, “Questões de Nomenclatura Hematológica” ou “Os Índices Hematológicos Não Têm Valor Diagnóstico”, sendo alguns textos e comunicações apresentados em colaboração estreita com Abel Salazar, de quem foi aluna e colaboradora científica no Instituto de Histologia da Faculdade de Medicina e no Centro de Estudos Microscópicos da Faculdade de Farmácia.

Numa época em que muitos entraves ainda se colocavam às mulheres e eram poucas as que escreviam ou intervinham publicamente, Adelaide Estrada colaborou na revista “Pensamento”, órgão do Instituto de Cultura Socialista, que se publicou no Porto, e no “O Sol Nascente”, onde algumas mulheres escreviam sobre a condição feminina e a sua participação mais ativa na sociedade. Foi oposicionista do Estado Novo e apoiou as candidaturas dos generais Norton de Matos (1949) e Humberto Delgado (1958), nas respetivas campanhas à Presidência da República.

Adelaide Estrada, depois da sua aposentação do lugar de Preparadora do Laboratório de Análises Clínica, em 1950, montou, em 1952, um laboratório particular de análises no Porto. Faleceu a 18 de outubro de 1979.

 

Esta exposição está integrada no ciclo multidisciplinar E Contudo, Elas Movem-se! Mulheres nas Artes e nas Ciências!

cartaz
Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2019 © Reitoria da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2019-10-16 às 10:59:22 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais