Saltar para:
Logótipo
Comuta visibilidade da coluna esquerda
Você está em: Início > Notícias > EXPOSIÇÃO "O ABC do Instrumento Cirúrgico"

Notícias

EXPOSIÇÃO "O ABC do Instrumento Cirúrgico"

Terças a Sextas das 11h00 às 18h00 - entrada livre - Sala de Exposições Temporárias - 3º piso

A Exposição "O ABC do instrumento cirúrgico" é uma mostra documental e museológica que visa divulgar o conhecimento sobre a evolução deste instrumento.
A palavra "Cirurgia" significa obra de mãos. A mão, na sua globalidade, transmite toda a sua dinâmica à extremidade proximal do instrumento. Por dentro de uma luva de borracha a mão dirige todo o acto cirúrgico. Os instrumentos cirúrgicos são extensões da mão. A exposição dedica-lhe um dos seus núcleos.
A análise dos materiais, a definição da forma, a avaliação da dimensão, a identificação da marca e a recolha de todas as informações que se relacionam com a aplicação do instrumento cirúrgico permitem inferir sobre a ciência, a tecnologia e a técnica do período de manufactura do instrumento no contexto nacional e internacional. É indispensável a este processo o conhecimento da vasta bibliografia e iconografia cirúrgicas internacionais e nacionais bem como o contacto permanente com as instituições que salvaguardam instrumentos cirúrgicos.
Ao longo dos tempos o homem utilizou uma variedade de materiais na sua manufactura. Oito núcleos da Exposição apresentam, de forma sequencial e explicativa, essa diversidade de materiais que vão desde os naturais e os metais ferrosos e não ferrosos aos plásticos e à cerâmica. Para uma análise da evolução dos materiais seleccionámos o bisturi, um dos instrumentos cirúrgicos mais emblemáticos, dirigido à incisão dos tecidos moles.
A forma de um instrumento relaciona-se com a sua função. Seleccionaram-se instrumentos cirúrgicos dos séculos XIX e XX de fabrico nacional para demonstrar que a complexidade de certos instrumentos cirúrgicos derivam de uma associação e articulação de formas mais simples, facilmente identificáveis em exemplares - tipo.
A dimensão de um instrumento cirúrgico constitui uma informação importante para a sua identificação. Traduz uma proporcionalidade com a estrutura que é objecto de intervenção. Apresentam-se alguns exemplos que permitem compreender a sua importância.
A introdução da antissépsia e assépsia associou-se a uma intensa revolução instrumental com intensas repercussões ao nível dos materiais e da forma. Um núcleo da Exposição explora amplamente este tema.
Portugal possui uma história relevante de fabrico de instrumentos cirúrgicos, com prémios e patentes de invenção desde o tempo de D. José I. É possível recordar, a partir de exemplares representativos, o contributo legado pelas empresas nacionais que maior projecção evidenciaram em Portugal e no estrangeiro.
Esta análise elementar dos instrumentos cirúrgicos, que convidamos a visitar, tem uma leitura universal e constitui um exercício de investigação médico - histórica que se pretende que seja (in)formativo e divulgador do património do Museu de História da Medicina "Maximiano Lemos" da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto.

Maria Amélia Ricon Ferraz - Comissária

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2017 © Reitoria da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2017-07-28 às 01:43:34