Saltar para:
Logótipo
Comuta visibilidade da coluna esquerda
Você está em: Início > Notícias > OUVIR, 59 MINUTOS DE IMERSÃO POÉTICA com João Rasteiro

Notícias

OUVIR, 59 MINUTOS DE IMERSÃO POÉTICA com João Rasteiro

12 OUT' 21 | 18:30

OUVIR, 59 MINUTOS DE IMERSÃO POÉTICA com João Rasteiro
Casa Comum (Reitoria da U.Porto)


No dia 12 de outubro, a Casa Comum (Reitoria da Universidade do Porto) volta a abrir-se para a poesia, e recebe a nona sessão de "Ouvir, 59 minutos de imersão poética". João Rasteiro é o protagonista desta iniciativa.

Numa iniciativa com programação e curadoria da Porto Editora, oferece-se à cidade uma experiência imersiva. Das paredes da Reitoria propõe-se que os participantes assumam a condição de viajantes num rio sonoro, privilegiando a audição como sentido crítico.

Uma narrativa sonora dá início a cada uma destas sessões. Após estes minutos introdutórios, a voz do poeta que protagoniza a sessão ocupa a Casa Comum, preenchendo os espaços deixados vagos pela dormência de sentidos que normalmente governam o dia a dia.

Ainda a Ouvir é partilhada uma conversa entre o convidado e Fátima Vieira, Vice-Reitora e professora da Faculdade de Letras da U.Porto.

A entrada é livre limitada à lotação da sala.

__________

Sobre João Rasteiro:
Ameal - Coimbra, 1965, é Licenciado em Estudos Portugueses e Lusófonos pela Universidade de Coimbra. Integra a Direção do PEN Clube Português e os Conselhos editoriais das Revistas “DEVIR: Revista Ibero-americana de Cultura” e “Folhas, Letras & Outros Ofícios". Tem poemas publicados em Itália, França, Espanha, Finlândia, República Checa, Hungria, USA, Brasil, Argentina, México, Chile, Honduras, Nicarágua e Colômbia e vários poemas traduzidos para o espanhol, catalão, italiano, inglês, francês, holandês, checo, finlandês, húngaro, japonês, persa e occitano. Obteve vários prémios, entre eles o Prémio Literário Manuel António Pina (2010). Publicou 18 livros de poesia (Portugal, Brasil e Espanha), que vão de A Respiração das Vértebras, 2001 a Levedura, 2019. Publicou em 2020 o livro de contos Governadores de Orvalho e prepara-se para neste 2021 ver publicada pela Porto Editora a antologia: OFÍCIO Poesia: 2000-2020. Em 2016, conjuntamente com Paulo José Miranda, foi poeta convidado a representar Portugal, no Festival de poesia VOIX VIVES, de Méditerranée en Méditerranée, em Sète, Languedoc, França. Em 2009 e 2018 organizou antologias dedicadas à poesia portuguesa, respectivamente: “Poesia Portuguesa Hoje” (Arquitrave, Colômbia) e “Aquí, en Esta Babilonia” (Amargord, Espanha). Em 2017, o grupo ‘Os Controversos’ (com encenação e adaptação dramatúrgica de Ricardo Kalash) levou à cena no Convento São Francisco (Coimbra), a peça ‘A rose is a rose’, a partir do livro “A rose is a rose is a rose et coetera” Escreveu algumas letras para a denominada ‘Canção de Coimbra’. Vive e trabalha (Casa da Escrita/CMC) em Coimbra.

cartaz

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2021 © Reitoria da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2021-11-27 às 09:22:01 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais