Go to:
Logótipo
Comuta visibilidade da coluna esquerda
Você está em: Start > Publications > View > Motivação para a saúde: fatores explicativos da adesão à prevenção do cancro do colo do útero
Publication

Motivação para a saúde: fatores explicativos da adesão à prevenção do cancro do colo do útero

Title
Motivação para a saúde: fatores explicativos da adesão à prevenção do cancro do colo do útero
Type
Thesis
Year
2018-11-14
Authors
Joana Filipa Alves Veloso da Costa
(Author)
FPCEUP
View Personal Page You do not have permissions to view the institutional email. Search for Participant Publications Without AUTHENTICUS Without ORCID
Scientific classification
FOS: Social sciences > Psychology
Other information
Resumo (PT): A mudança comportamental em saúde é um grande desafio em contextos práticos. Por este motivo, compreender a motivação dos indivíduos para se envolverem em comportamentos de prevenção de saúde é fundamental. O Cancro do Colo do Útero é um dos cancros com maior incidência nas mulheres de todo o mundo, apesar de ser um dos mais evitáveis. O principal objetivo deste estudo foi compreender o papel dos fatores motivacionais no envolvimento de jovens universitárias em comportamentos relacionados com a prevenção do CCU. Utilizou-se um questionário de base teórica construído para o efeito, avaliando o conhecimento, a motivação, a intenção e o comportamento relacionados com a prevenção do CCU. Adicionalmente, o estudo procurou explorar, através de entrevistas individuais, as perspetivas das estudantes universitárias relativamente aos fatores que consideram fundamentais para promover a adesão aos comportamentos preventivos, a importância de utilizar o vídeo como recurso nessa área e a natureza de algumas lacunas no conhecimento e na realização dos comportamentos associados à prevenção do CCU. Participaram no estudo 71 estudantes universitários do sexo feminino. As entrevistas semi-estruturadas foram realizadas com uma amostra independente de 10 estudantes universitárias. Os resultados mostram que as estudantes universitárias têm um conhecimento moderado sobre o CCU e, em geral, apesar de motivadas, não realizam os principais comportamentos preventivos. A análise da regressão aponta para a autoeficácia e a proximidade com o cancro, como preditores significativos da adesão aos comportamentos preventivos do CCU nesta população. Adicionalmente, nas entrevistas individuais, as estudantes consideram a frequência e atratividade da informação, o conhecimento, a proximidade, a iniciativa própria, o conhecimento consciente, a suscetibilidade percebida e o custo, como fatores que podem contribuir para aumentar a sua adesão aos comportamentos preventivos. Este estudo permitiu compreender dimensões relevantes na prevenção do CCU, o que pode contribuir para a elaboração de programas de promoção da saúde, em particular com recurso ao vídeo.
Language: Portuguese
No. of pages: 66
Documents
We could not find any documents associated to the publication with allowed access.
Recommend this page Top
Copyright 1996-2020 © Reitoria da Universidade do Porto  I Terms and Conditions  I Acessibility  I Index A-Z  I Guest Book
Page created on: 2020-03-30 18:41:42