Saltar para:
Logótipo
Comuta visibilidade da coluna esquerda
Você está em: Início > MV225

Nutrição Animal

Código: MV225     Sigla: NA

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
OFICIAL Produção Animal

Ocorrência: 2023/2024 - 2S (de 12-02-2024 a 07-06-2024) Ícone do Moodle

Ativa? Sim
Unidade Responsável: Clínicas Veterinárias
Curso/CE Responsável: Mestrado Integrado em Medicina Veterinária

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
MIMV 86 Plano Oficial em Vigor 2 - 5 56 135

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Ana Rita Jordão Bentes Cabrita Regente

Docência - Horas

Teórica: 2,00
Práticas Laboratoriais: 2,00
Tipo Docente Turmas Horas
Teórica Totais 1 2,00
Ana Rita Jordão Bentes Cabrita 1,857
Luísa Maria Pinheiro Valente 0,143
Práticas Laboratoriais Totais 4 8,00
Ana Rita Jordão Bentes Cabrita 7,429
Marta Isabel Póvoas Monteiro 0,571

Língua de trabalho

Português

Objetivos

Dotar os estudantes com o conhecimento dos princípios fundamentais da Nutrição Animal.

Resultados de aprendizagem e competências

No final desta unidade curricular os estudantes deverão ser capazes de:

1)    Conhecer as metodologias analíticas de determinação dos constituintes dos alimentos que fornecem nutrientes aos animais;

2)    Descrever e quantificar a obtenção e utilização dos nutrientes pelos animais, fazendo a distinção entre as várias espécies animais;

3)    Conhecer os princípios da alimentação mineral e vitamínica;

4)    Quantificar as necessidades alimentares dos animais para as diversas funções;

5)    Conhecer os fatores que afetam a ingestão voluntária de espécies monogástricas e ruminantes e métodos de previsão da mesma;

6)    Conhecer as particularidades da nutrição e alimentação de peixes, cães e gatos.

Modo de trabalho

Presencial

Programa

Programa Previsto

 

PARTE I – INTRODUÇÃO

1. Conceito de nutrição animal

2. Interdisciplinaridade

3. Objetivos do estudo da nutrição animal

PARTE II – O ANIMAL E O ALIMENTO

1. Conceitos de alimento e de nutriente

2. Aspetos mais relevantes da composição química dos animais e das plantas

2.1. Água

2.2. Matéria seca e os seus componentes

3. Nutrição Animal e os consumidores de produtos de origem animal

3.1. Nutrição comparada

3.2. A contribuição dos produtos de origem animal para as necessidades alimentares do homem

3.3. Objeções ao uso de produtos de origem animal

3.4. Perspetivas futuras no consumo de produtos de origem animal

PARTE III – ANÁLISE LABORATORIAL DOS ALIMENTOS PARA ANIMAIS

1. Importância da amostragem e da preparação dos alimentos para análise

2. Distinção entre composição química e composição analítica

3. Sistema analítico de Weende

3.1. Marcha analítica, significado químico e nutricional dos grupos analíticos e suas limitações

4. Sistema analítico de Van Soest

4.1. Marcha analítica, significado químico e nutricional dos grupos analíticos e suas limitações

5. Outras determinações analíticas

5.1. Conceitos de fibra total, de “polissacáridos não amiláceos”, de fibra solúvel e insolúvel

5.2. Determinações específicas: amido e açúcares, minerais, aminoácidos, ácidos gordos, vitaminas e outras

PARTE IV – DIGESTIBILIDADE DOS ALIMENTOS PARA ANIMAIS

1. Digestibilidade in vivo (coeficiente de utilização digestiva)

1.1. Regras a observar nas experiências de digestibilidade com os animais

1.2. Processos direto e indireto, método convencional e método do indicador

1.3. Validade do conceito de “coeficiente de utilização digestiva” (CUD): conceitos de CUD real e de CUD aparente

1.4. Fatores de variação do CUD

1.4.1. Fatores dependentes do animal

1.4.2. Fatores dependentes do alimento

2. Métodos de estimativa da digestibilidade.

2.1. Métodos químicos.

2.2. Métodos microbiológicos (in vitro e in situ);

2.3. Métodos enzimáticos;

2.4. Índices de solubilidade;

2.5. Métodos físicos.

PARTE V – AVALIAÇÃO DO VALOR ENERGÉTICO DOS ALIMENTOS E PARTIÇÃO DA ENERGIA NO ANIMAL

1. Partição da energia no organismo animal

1.1. Energia bruta, energia digestível, energia metabolizável, fatores que afetam o valor em energia metabolizável dos alimentos, incremento de calor, energia net e retenção de energia

2. Calorimetria animal

2.1. Métodos de estimativa da produção de calor e da retenção de energia

3. Utilização da energia metabolizável

4. Sistemas de expressão do valor energético dos alimentos

4.1. Sistemas para ruminantes

4.2. Sistemas para suínos e aves

4.3. Sistemas para cavalos

4.4. Previsão do valor energético dos alimentos

PARTE VI – AVALIAÇÃO DO VALOR PROTEICO DOS ALIMENTOS

1. Proteína bruta

2. Proteína bruta digestível

3. Determinação do N endógeno

4. Medidas da qualidade da proteína para animais monogástricos

5. Medidas da proteína dos alimentos utilizadas na prática na alimentação de suínos e aves

6. Medidas da proteína dos alimentos utilizadas na prática na alimentação de cavalos

7. Medidas da qualidade da proteína para animais ruminantes

PARTE VII – MINERAIS

1. Funções dos minerais

2. Fontes naturais e suplementares dos minerais

3. Equilíbrio ácido-base

4. Macroelementos

5. Oligoelementos

PARTE VIII – VITAMINAS

1. Introdução

2. Vitaminas lipossolúveis

3. Vitaminas hidrossolúveis

4. Hipervitaminose

PARTE IX – NECESSIDADES E RECOMENDAÇÕES ALIMENTARES

1. Necessidades de conservação

2. Necessidades para o crescimento

3. Necessidades para a produção de lã

4. Necessidades em minerais e vitaminas para manutenção e crescimento

5. Necessidades para a reprodução

5.1. Nutrição e início da capacidade reprodutiva

5.2. Nível de alimentação, fertilidade e fecundidade

5.3. Produção de ovos

5.4. Crescimento do feto

6. Necessidades para a lactação

6.1. Necessidades alimentares da vaca, ovelha e cabra em lactação

6.2. Necessidades alimentares da porca em lactação

6.3. Necessidades alimentares da égua em lactação

PARTE X – INGESTÃO VOLUNTÁRIA

1. Ingestão voluntária em animais não-ruminantes

2. Ingestão voluntária em animais ruminantes

3. Previsão da ingestão voluntária

PARTE XI – PARTICULARIDADES DA NUTRIÇÃO E ALIMENTAÇÃO DE CÃES E GATOS

 

1. Características fisiológicas do gato e do cão

2. Necessidades nutricionais

3. Comportamento alimentar

4. Formulação de dietas com objetivos específicos

5. Erros nutricionais mais frequentes

PARTE XII – PARTICULARIDADES DA NUTRIÇÃO E ALIMENTAÇÃO DE PEIXES

 

Bibliografia Obrigatória

McDonald P.; Animal nutrition. ISBN: 0-582-44157-9

Bibliografia Complementar

Pond W. G.; Basic animal nutrition and feeding. ISBN: 0-471-30864-1

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

A exposição dos temas teóricos é suportada na utilização de material de apoio diverso (slides, vídeos, multimédia). O ensino prático é constituído por aulas práticas de laboratório e de resolução de exercícios com utilização de máquina de calcular e de computador.

Palavras Chave

Ciências Naturais > Ciências agrárias > Zootecnia > Alimentação animal

Tipo de avaliação

Avaliação distribuída com exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Exame 90,00
Trabalho escrito 10,00
Total: 100,00

Componentes de Ocupação

Designação Tempo (Horas)
Estudo autónomo 64,00
Frequência das aulas 56,00
Trabalho escrito 15,00
Total: 135,00

Obtenção de frequência

Para obterem frequência à Unidade Curricular (e serem admitidos a exame final) têm de frequentar 75% das aulas práticas previstas de acordo com definido no "Regulamento dos princípios a observar na avaliação dos discentes na UP".

Fórmula de cálculo da classificação final

Os estudantes devem obter a classificação mínima de 9,5 val no exame.
Classificação Final = 0,9*Classificação Exame final+0,1*Trabalho escrito
O trabalho escrito não é obrigatório para a frequência/aprovação da disciplina, mas os estudantes que optem por não o realizar obtêm a classificação de 0 valores nesta componente no cálculo da classificação final.

Melhoria de classificação

A melhoria de classificação pode ser realizada em exame na época de recurso. O trabalho escrito não é passível de melhoria de classificação.

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2024 © Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2024-05-20 às 04:10:11 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais | Denúncias