Saltar para:
Logótipo
Comuta visibilidade da coluna esquerda
Você está em: Início > Publicações > Visualização > “EXIT procedure from a maternal perspective: is it safe? – a systematic review”.

“EXIT procedure from a maternal perspective: is it safe? – a systematic review”.

Título
“EXIT procedure from a maternal perspective: is it safe? – a systematic review”.
Tipo
Tese
Ano
2022-05-16
Autores
Bárbara Andreia da Silva Nunes Pereira
(Autor)
FMUP
Ver página pessoal Sem permissões para visualizar e-mail institucional Pesquisar Publicações do Participante Sem AUTHENTICUS Sem ORCID
Classificação Científica
FOS: Ciências médicas e da saúde > Medicina clínica
Outras Informações
Resumo (PT): •Contexto: Os resultados maternos relacionados com o procedimento EXIT são reportados de forma inconsistente na literatura, que se foca principalmente nos efeitos fetais. Portanto, para proporcionar uma tomada de decisão informada por parte das famílias, esta revisão tem como objetivo verificar se este procedimento é seguro de uma perspetiva materna. •Métodos: Através de uma pesquisa nas bases de dados PubMed, Web of Science, Lilacs e Scopus, todos os estudos que reportaram um procedimento EXIT e resultados maternos foram incluídos. Dos 568 estudos inicialmente selecionados, 61 entraram na análise final. Foi realizada uma análise descritiva. •Resultados: A maioria dos artigos que compõe esta revisão sistemática têm uma qualidade intermédia-alta. No geral, foram revistos 449 casos de procedimentos EXIT. O resultado materno mais reportado foi a hemorragia uterina. A média da perda hemática estimada (PHE) foi 860 ± 480 mL, com uma necessidade de transfusão de 10%. Foram reportadas outras complicações pós-operatórias, com uma taxa global de 15%. Só um procedimento EXIT necessitou de admissão materna na unidade de cuidados intensivos (UCI). Não foram reportadas mortes e não houve necessidade de histerectomia. Um valor médio de 5,02 ± 4,28 dias de internamento foi obtido. •Conclusão: Quando comparado com uma cesariana, o procedimento EXIT associa-se a valores superiores de PHE e tempo de internamento. Para analisar de forma fidedigna a morbilidade materna, as complicações maternas devem ser reportadas de forma mais consistente, uma vez que estas estão provavelmente subestimadas nesta análise devido à falta de dados. Além disso, para perceber as repercussões a longo prazo desta técnica, é essencial um seguimento mais prolongado destas mães.
Abstract (EN): •Background: Maternal outcomes regarding Ex-Utero Intrapartum (EXIT) procedure are inconsistently reported in the literature, which focuses mainly on the fetal effects. Therefore, to provide an informed decision making by the families, this review aims to verify if this procedure is safe in a maternal perspective. •Methods: Upon research using PubMed, Web of Science, Lilacs, and Scopus databases, all the studies that reported an EXIT procedure and maternal outcomes were included. Out of the 568 initially selected studies, 61 took part in the final analysis. A descriptive analysis was performed. •Results: Most of the articles that make up this systematic review have an intermediate-high quality. Overall, 449 cases of EXIT procedure were reviewed. The most reported outcome was uterine hemorrhage. The mean estimated blood loss (EBL) was 860 ± 480 mL, with a 10% transfusion requirement. Other postoperative complications were reported, with a global rate of 15%. Only one EXIT procedure required maternal admission to the intensive care unit (ICU). No maternal death was reported and there was no need of hysterectomy. A mean value of 5,02 ± 4,28 days of length of stay (LOS) was obtained. •Conclusion: When compared to a standard cesarean section, EXIT procedure is associated with higher values of EBL and LOS. To reliably analyze the maternal morbidity, maternal complications should be reported more consistently, since they are probably underestimated in this analysis due to lack of data. Moreover, a broader follow-up of these mothers is essential to understand the long-term repercussions of this technique.
Idioma: Inglês
Tipo de Licença: Clique para ver a licença CC BY-NC-ND
Documentos
Não foi encontrado nenhum documento associado à publicação com acesso permitido.
Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2024 © Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2024-06-25 às 12:52:13 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais | Denúncias