Saltar para:
Logótipo
Comuta visibilidade da coluna esquerda
Você está em: Início > MA114

Protistas

Código: MA114     Sigla: PROT

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
OFICIAL Biologia Geral e Aquática

Ocorrência: 2018/2019 - 2T (de 19-11-2018 a 18-01-2019)

Ativa? Sim
Unidade Responsável: Microscopia
Curso/CE Responsável: Licenciatura em Ciências do Meio Aquático

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
LCMA 48 Plano Oficial 2018 1 - 5 49 135

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Alexandre Manuel da Silva Lobo da Cunha Regente

Docência - Horas

Teórica: 4,50
Práticas Laboratoriais: 2,50
Tipo Docente Turmas Horas
Teórica Totais 1 4,50
Alexandre Manuel da Silva Lobo da Cunha 4,28
Ana Maria Luís Ramos Tomás 0,21
Práticas Laboratoriais Totais 2 5,00
Alexandre Manuel da Silva Lobo da Cunha 5,00

Língua de trabalho

Português

Objetivos

Pretende-se que os estudantes adquiram conhecimentos gerais sobre algas e protozoários, sua diversidade biológica, ciclos de vida, taxonomia e relações filogenéticas.

Resultados de aprendizagem e competências

Os estudantes deverão adquirir conceitos básicos de cladística e ser capazes de entender os atuais sistemas de classificação dos diversos grupos de protistas, ficar capacitados para reconhecer os seus principais filos e ainda conhecer as principais espécies de macroalgas da zona intertidal do norte de Portugal.

Modo de trabalho

Presencial

Programa

Introdução à protistologia: o conceito de protista e noções básicas de Cladística. As grandes linhas evolutivas dos eucariotas de acordo com as mais recentes hipóteses filogenéticas (Plastidophyla, Stramenopiles, Alveolata, Rhizaria, Excavata, Amoebozoa e Opisthokonta). A origem dos cloroplastos a partir da simbiose com cianobactérias; os Glaucófitos. Caracterização dos grupos incluídos no super-grupo Plastidophyla: Rhodophyta, Chloroplastida, Haptophyta e Cryptophyta. Caracterização dos principais grupos dentro dos Chloroplastida: os clados de prasinofíceas, Chlorophyta (Chlorophyceae, Trebouxiophyceae, Ulvophycea) e Streptophyta (Zygnematophyceae, Coleochaetophyceae, Charales). Os Stramenopiles: Chrysophyceae, Xanthophyceae, Eustigmatophyceae, Bacillariophyceae, Raphidophyceae, Phaeophyceae, Dictyochophycea, Oomycota e Hyphochytridiomycota. Os Alveolata: Ciliophora, Dinoflagellata, Perkinsidae e Apicomplexa. Caracterização dos principais grupos incluídos nos Rhizaria: Cercozoa, Foraminifera, Haplosporidia e Radiolaria. Caracterização geral dos Excavata com especial referência aos Euglenozoa. Aspectos gerais dos Amoebozoa, com especial referência aos Mycetozoa. Principais grupos de protistas incluidos no super-grupo Opisthokonta: microsporídios e coanoflagelados.

Bibliografia Obrigatória

Graham Linda E. 340; Algae. ISBN: 978-0-321-55965-4

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

Aulas teóricas nas quais a exposição da matéria é acompanhada pela projecção de imagens representativas dos organismos em estudo. Aulas práticas dedicadas à observação de diversas espécies de algas de água doce e marinhas, assim como de protozoários.

Palavras Chave

Ciências Naturais

Tipo de avaliação

Avaliação distribuída com exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Exame 90,00
Trabalho laboratorial 10,00
Total: 100,00

Componentes de Ocupação

Designação Tempo (Horas)
Estudo autónomo 86,00
Frequência das aulas 49,00
Total: 135,00

Obtenção de frequência

Os estudantes têm de frequentar pelo menos 3/4 das aulas.

Fórmula de cálculo da classificação final

Nota do exame: 90% da clasificação final. Avaliação de relatórios das aulas práticas: 10% da classificação final Se o aluno não entregar os relatórios das aulas práticas, nesta componente da avaliação terá zero valores.

Provas e trabalhos especiais

Não é exigido aos estudantes mais nenhum trabalho ou prova além dos que já foram referidos

Avaliação especial (TE, DA, ...)

Exame igual aos restantes estudantes, beneficiando das épocas especiais que estão previstas. Para os estudantes trabalhadores, dispensados das aulas práticas e respetivos relatórios, a nota do exame corresponde à nota final.

Melhoria de classificação

Nota do exame: 90% da clasificação final. Para melhoria da classificação dos relatórios o estudante tem de voltar a frequentar as aulas práticas e entregar novos relatórios.

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2019 © Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2019-05-26 às 18:48:51 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais