Saltar para:
Logótipo
Comuta visibilidade da coluna esquerda
Você está em: Início > Cursos/CE > Licenciatura > LCMA > Informação para Candidatos

Cursos

Licenciatura em Ciências do Meio Aquático

Dados Gerais

Código Oficial: 9708
Sigla: LCMA

Diplomas

  • Licenciatura em Ciências do Meio Aquático (180 Créditos ECTS)

Concursos Nacionais

Média de acesso do último colocado nos últimos 5 anos

2013 2014 2015 2016 2017
141 144,5 137 131 130,5

Nº Clausus / Vagas

Regime Fase Nº Clausus / Vagas
Regime Geral 1 33
As candidaturas e os prazos são da responsabilidade da Direcção-Geral do Ensino Superior.

Unidades Curriculares

Ecologia Geral

MA112 - ECTS

Fornecer aos alunos conceitos de ecologia, enquanto disciplina científica transversal, passíveis de serem utilizados para a compreensão de diversos fenómenos ambientais com importância para a formação em Ciências do Meio Aquático

Estrutura e Função Celular

MA113 - ECTS

Pretende-se que os estudantes adquiram conhecimentos gerais sobre a morfologia, funções e biogénese das estruturas citoplasmáticas e nucleares existentes nas células eucarióticas.

Geologia Marinha

MA115 - ECTS

Compreensão dos principais processos geológicos promovidos por uma geodinâmica global que integra a génese, composição e evolução do nosso Planeta, assumindo a Terra como um sistema aberto no qual os processos ocorrem num ciclo interactivo envolvendo uma dinâmica interna e uma dinâmica externa cujos efeitos se manifestam na atmosfera, na biosfera e nos oceanos. Reconhecimento da importância da Geologia na gestão dos recursos naturais do fundo dos oceanos e na prevenção dos riscos naturais relacionados com a actividade marinha nos sistemas litorais.

Etologia

MA117 - ECTS

Pretende-se suscitar a aprendizagem de conceitos fundamentais para compreensão do estudo do comportamento animal com o objetivo de:
(1) analisar, numa perspetiva histórica, o início do estudo sistematizado do comportamento animal e os grandes sistemas comportamentais, comuns às várias espécies e
(2) aplicar os conhecimentos desta ciência a situações práticas.
Os alunos desenvolverão trabalhos com o objetivo de consolidar os conhecimentos adquiridos na vertente teórica da disciplina e promover as capacidades de reflexão.

Oceanografia Física

MA116 - ECTS

Pretende-se que os estudantes adquiram conhecimentos gerais sobre os conceitos fundamentais da oceanografia física, circulação global, fenómenos costeiros e métodos de obtenção e tratamento de dados meteorológicos e oceanográficos por meio de aulas teóricas e práticas

Protistas

MA114 - ECTS

Pretende-se que os estudantes adquiram conhecimentos gerais sobre algas e protozoários, sua diversidade biológica, ciclos de vida, taxonomia e relações filogenéticas.

Biologia de Vertebrados I

MA122 - ECTS

A Biologia de Vertebrados I é uma disciplina basilar do Curso de Ciências do Meio Aquático que tem como objectivo dar aos alunos as bases biológicas para que futuro possam desenvolver com eficácia o seu trabalho com vertebrados. Para tal, esta disciplina aborda os aspectos gerais da evolução dos seres vivos ao longo da vida na Terra, passando à sistemática dos grupos actuais, ao desenvolvimento ontogénico e, finalmente aos aspectos de morfologia funcional, nos quais são dadas as matérias relacionadas com o movimento a alimentação, a respiração e a circulação, abordando para cada um os respectivos aparelhos e tecidos e respectivas funções.

Biologia dos Invertebrados I

MA127 - ECTS

Biologia Vegetal I

MA124 - ECTS

O principal objetivo desta unidade curricular é o estudo dos aspetos morfológicos das plantas vasculares. Além disso, também é estudada a reprodução e desenvolvimento das plantas vasculares, assim como a sua evolução, filogenia e taxonomia. Os estudantes deverão ainda adquirir conhecimentos gerais sobre fungos, líquenes e briófitos.

Biologia de Vertebrados II

MA123 - ECTS

Os alunos do Curso de Ciências do Meio Aquático, frequentam esta disciplina após a disciplina de Biologia de Vertedrados I, onde são leccionados aspectos relacionados com o aparecimento e a evolução da vida na Terra e os aspectos sobre morfologia, incluindo: embriologia, tecidos de sustentação e movimento e sistemas digestivo, respiratório e circulatório. Esta disciplina tem como objectivo leccionar os seguintes temas: aparelho excretor e reprodutor, sistema nervoso, órgãos dos sentidos, glândulas endócrinas e sistema imunológico. Finalmente é feita a integração dos diferentes sistemas e órgãos dando uma visão funcional de organismo dos vertebrados, da sua relação com o ambiente e da importância desta relação para a sobrevivência.

Biologia dos Invertebrados II

MA128 - ECTS

Descrição dos Arthropoda, Echinodermata, Hemicordata e Chordata - Grupo Protochordata. Características gerais dos filos e estudo das suas classes. Biologia e estabelecimento de relações filogenéticas.

Biologia Vegetal II

MA125 - ECTS

Os principais objetivos desta unidade curricular são o estudo da fisiologia vegetal e das adaptações que permitem às plantas vasculares viverem em meios aquáticos e nas dunas do litoral.

 

Histologia e Embriologia Comparada I

MA215 - ECTS

Ministrar conhecimentos teóricos e práticos sobre a estrutura dos tecidos e de órgãos, a nível da microscopia, sobretudo óptica, mas também electrónica, e sobre a respectiva histofisiologia. Deste modo, são lançadas as bases de conhecimento e promovidas competências para uma melhor compreensão da Anatomia, Fisiologia, Bioquímica, Imunologia, Patologia, etc. A componente prática está baseada no estudo de preparações de tecidos e órgãos normais, sujeitos diretamente ao microscópio óptico ou indiretamente, via imagens dele retiradas por meios digitais.

Pretende-se ainda demonstrar a importância e a aplicação de se saber a histologia normal dos tecidos e dos órgãos perante as potenciais modificações da mesma, bem como estimular os estudantes a fazerem uma integração morfofuncional dos conhecimentos adquiridos e a adquirir, e de usar a sua criatividade no planeamento de projetos multidisciplinares, que integrem uma componente histológica.

Por fim, visa-se lecionar bases de embriologia geral (descritiva e de biologia de desenvolvimento) bem como de organismos modelo mais simples (invertebrados) que permitem ao estudante não só compreender a sua importância como aceder e compreender, posteriormente, a embriologia geral e especial de organimos mais complexos (vertebrados).

Microbiologia

MA225 - ECTS

No final deste curso de Microbiologia, pretende-se que os alunos sejam capazes de: Reconhecer a importância da Microbiologia na sua vida prática, no ambiente do planeta, na saúde de plantas e animais e no desenvolvimento de outras Ciências Biomédicas; Enunciar as características estruturais básicas conhecidas hoje para os vírus e bactérias; Citar diferentes estratégias usadas por diferentes bactérias para a obtenção de energia e de elementos para a biossíntese; Explicar em quê que diferem as bactérias dos organismos eucariotas em termos de organização genética e troca de material genético entre indivíduos; Reconhecer fatores de virulência microbiana; Enunciar os principais componentes dos sistemas de defesa contra infeções presentes em animais vertebrados; Citar mecanismos de atuação de alguns dos antibióticos presentemente disponíveis ; Explicar como surgem as resistências bacterianas aos antibióticos e como pode ser evitado esse surgimento. Executar corretamente a técnica asséptica de manipulação de microrganismos; Usar corretamente o microscópio ótico para a observação de microrganismos; Usar diferentes técnicas de coloração para a visualização e classificação de microrganismos; Usar de forma apropriada os testes metabólicos para a identificação microbiana; Quantificar as bactérias e fagos presentes numa amostra. Encontrar de forma eficaz e crítica as fontes bibliográficas que lhes permitam atualizar estes conhecimentos ao longo dos anos.

Química-física e Inorgânica

MA217 - ECTS

Abordagem dos princípios fundamentais da Quí­mica, numa perpectiva integradora e de enquadramento na descrição quí­mica quantitativa de sistemas de águas naturais e não-naturais. Os tópicos incluem temas como: Quí­mica e Transformação; Estequiometria; Energia e transformação, espontaneidade, entropia e função de Gibbs; Equilíbrios de fases, Equilí­brio químico; Velocidade das transformações quí­micas. Equilíbrios de Ácido-Base, Equilí­brios Quí­micos envolvendo a Precipitação/Dissolução de minerais, os processos de transferência de electrões e a Complexação de Metais e a Formação de Compostos de Coordenação. Tratamento quantitativo rigoroso de todas as anteriores ocorrências de fenómenos de Equilíbrio Químico, com vista a uma descrição quantitativa da composição do meio aquático tendo em vista a especiação das substâncias que o integram.

Biologia Molecular

MA222 - ECTS
Os objectivos são, na área da Biologia Molecular:

1- Formar uma matriz de análise de conhecimentos
2- Transmitir conhecimentos
3- Capacitar o aluno para resolver problemas teórico-práticos.
4- Tornar o aluno familiar com o laboratório e o trabalho laboratorial.

Histologia e Embriologia Comparada II

MA216 - ECTS

Na continuação da unidade de Histologia e Embriologia Comparada I, ministrar conhecimentos teóricos e práticos sobre a estrutura das células, dos tecidos e dos órgãos (agora com enfâse nestes últimos), a nível da microscopia, sobretudo óptica, e por vezes também electrónica, e sobre a respectiva histofisiologia. Deste modo, são lançadas as bases de conhecimento e promovidas competências para uma melhor compreensão da Anatomia, Fisiologia, Bioquímica, Imunologia, Patologia, etc. A componente prática é baseada no estudo de preparações de tecidos e de órgãos normais, diretamente ao microscópio óptico ou indiretamente, via imagens dele retiradas por meios digitais.

Pretende-se ainda demonstrar a importância e a aplicação de se saber a histologia normal dos tecidos e dos órgãos perante as potenciais modificações da mesma, bem como estimular os estudantes a fazerem uma integração morfofuncional dos conhecimentos adquiridos e a adquirir, e de usar a sua criatividade na interpretação de resultados de projetos científicos, multidisciplinares, que componentes histológicas ou embriológicos.

Por fim, visa-se lecionar bases complementares de embriologia geral e especial, agora com enfâse nesta, englobando aspetos descritivos e de biologia de desenvolvimento e visando o estudos de alguns organismos modelo. Pretende-se dotar o estudante de conhecimentos que permitam compreender a organogénese e a estrutura e o normal posicionamento dos tecidos e órgãos no animal adulto. Pretende-se ainda que os estudantes tenham a capacidade de discernir sobre os possíveis eventos que possam gerar modificações teratológicas.

Química Orgânica

MA212 - ECTS

Pretende-se neste curso demonstrar as principais transformações dos compostos de carbono, e demonstrar a sua influência na Biologia Molecular e na Química do Ambiente. Assim, são seus Objectivos Principais:

- O estudo da estrutura tridimensional das principais classes de compostos de carbono;

- A relação entre a Química, a Biologia Molecular e o Ambiente através do estudo de casos exemplos representativos.

 

Bioestatística

MA214 - ECTS

É objetivo da unidade curricular de Bioestatística que todos os estudantes adquiram conhecimentos dos princípios gerais da estatística (descritiva e inferencial) assim como conhecimento dos métodos de estatística básica. Todos os estudantes deverão ainda adquirir competências de comunicação oral e escrita, de forma a serem produtivos e eficientes em equipa. Uma primeira exposição a aplicações da bioestatística deverá levar o estudante a ter um contacto mais próximo com a realidade profissional que encontrará e deverá também servir para motivá-lo para o processo de investigação, ou seja, todos os estudantes devem ser preparados quer em termos teóricos quer para a prática da estatística, mesmo que apenas uma parte prossiga para estudos mais avançados.

Biofísica e Bioquímica

MA221 - ECTS

O programa da unidade curricular de Biofísica e Bioquímica tem por objectivos preparar os alunos para a compreensão dos princípios fundamentais da Física e suas aplicações na biologia, assim como do metabolismo intermediário e mecanismos de regulação das vias metabólicas. É realçada a importância das vias de transdução de sinal utilizadas pelas células para receber, processar, amplificar e integrar diversos sinais extracelulares. O aluno utiliza conhecimentos básicos para discutir disfunções associadas a traumas e condições específicas.
A disciplina também tem como objectivo facultar aos alunos os conhecimentos teóricos e práticos necessários para a utilização correcta de um conjunto de técnicas experimentais que se baseiam em princípios físicos e de técnicas utilizadas na caracterização bioquímica de células, organelos, proteínas e metabolitos.

Fisiologia Animal Comparada

MA223 - ECTS

A Fisiologia estuda as funções dos organismos vivos. Uma abordagem comparativa das diferentes soluções apresentadas por diferentes organismos, na sua adaptação a um ambiente específico e limitante, permite uma melhor compreensão dos princípios gerais dos vários mecanismos homeostáticos envolvidos. A obtenção de informação (do meio ambiente e do próprio organismo), a sua integração e finalmente a regulação de todas as funções vitais permite, numa visão comparada e evolutiva, perceber o porquê e como respondem os seres vivos aos problemas encontrados no seu meio ambiente. Desta forma, a presente disciplina tem como objectivo principal o capacitar os alunos a compreender como as actividades dos vários sistemas fisiológicos estão integrados para a adaptação de um organismo a diferentes meios ambientes.

Ecologia Aquática

MA227 - ECTS

Fisiologia dos Animais Aquáticos

MA224 - ECTS

Na sequência dos conhecimentos de anatomia, histologia e fisiologia animal comparada previamente adquiridos, projeta-se agora abordar, numa perspetiva mais particular, aspetos relativos à fisiologia de animais aquáticos, com enfâse em peixes, mas cobrindo também tópicos selecionados de moluscos, de crustáceos e de mamíferos aquáticos.

Com a abordagem preconizada pretende-se uma enfâse de integração de aspetos de endocrinologia, designadamente a com interesse aplicado às áreas da reprodução e do crescimento. Elege-se como preocupação pedagógica central a capacidade do estudante ser um elemento ativo na procura de conhecimentos e a exploração de temas inéditos do âmbito da unidade, recorrendo sistematicamente aos conhecimentos que possui da sua vivência como estudante de ciências do meio aquático.

Genética

MA226 - ECTS Dotar os alunos de conhecimentos em várias áreas da genética e da sua aplicabilidade em investigação básica - caraterização de espécies, estudos de evolução- e investigação aplicada - genotoxicidade ambiental, conservação de espécies e melhoramento animal.  A unidade curricular é constituida por duas partes: Genética Formal e de Populações e Citogenética.

Ictiologia e Biologia Pesqueira

MA311 - ECTS

Disciplina propedêutica do Curso de Ciências do Meio Aquático que, com base nos conhecimentos básicos da Biologia, prepara os alunos para as disciplinas aplicadas, tanto na área ambiental como tecnológica que se seguem, dando-lhes os conhecimentos necessários para trabalharem na área da ictiologia e da Biologia Pesqueira, e poderem utilizar esses conhecimentos na realização de outras funções relacionadas com esta área da ciência, nomeadamente: Identificar do ponto de vista morfo-funcional os organismos em estudo; aplicar as regras para a identificação e classificação sistemática dos peixes, fazendo uso adequado da nomenclatura e dos conceitos de taxonomia; manipular o equipamento de medição e análise e interpretar os resultados com eles obtidos; utilizar de forma crítica as várias fontes de informação actualmente disponíveis; planear e executar trabalhos de investigação; aplicar os métodos de análise numérica na descrição dos processos biológicos; analisar dados experimentais e apresentar resultados.

Química do Ambiente

MA317 - ECTS

As aulas de Química do Ambiente pretendem transmitir aos alunos os conhecimentos científicos que explicam alguns fenómenos do quotidiano, em particular os processos químicos naturais nos diferentes componentes do meio ambiente: o solo e os sedimentos, a água e a atmosfera. O segundo objetivo principal é compreender de que modo esses processos naturais podem ser alterados pela ação humana provocando contaminação e/ou poluição. Neste âmbito, um capítulo sobre compostos tóxicos será abordado apresentando diferentes grupos de poluentes e as propriedades físico-químicas que vão determinar o seu destino no ambiente.
O desenvolvimento da capacidade de aplicação prática dos conceitos teóricos é outro objetivo da unidade curricular. Deste modo uma forte componente prática permitirá o contacto e o manuseamento de equipamento analítico de rotina e mais específico dando aos alunos a oportunidade de verem aplicados em experiências laboratoriais alguns dos conceitos adquiridos, fornecendo-lhes as ferramentas básicas para poderem selecionar e aplicar metodologias adequadas à resolução de problemas concretos bem como o desenvolvimento da avaliação crítica de resultados obtidos e a utilização do método científico.

Sanidade e Patologia de Animais Aquáticos

MA323 - ECTS
Dotar os alunos de conhecimentos em Sanidade e Patologia Animal, dando especial atenção aos agentes patogénicos mais frequentes em animais aquáticos, em particular em peixes de aquacultura. Apresentar uma noção aprofundada dos vários métodos de diagnóstico, vantagens e desvantagens e das dificuldades na sua aplicação a doenças de animais aquáticos. Sensibilizar os estudantes para os vários aspectos na prevenção de doenças em peixes, os seus prejuízos na produção aquática (económicos, sociais e ambientais) e para a importância de um crescente investimento em medidas de profilaxia sanitária.

Ecologia Microbiana

MA314 - ECTS

Engenharia e Maneio em Aquacultura

MA312 - ECTS

Atualmente, a cultura de organismos aquáticos para consumo direto, repovoamento ou outros fins é o setor de produção animal de maior crescimento e diversificação. O objetivo desta disciplina é desenvolver nos estudantes uma capacidade para projetar, produzir, avaliar, sustentar, usar e gerir sistemas de cultura comumente utilizados e familiarizar-se com as alternativas de maneio que são requisitos essenciais na rentabilidade destes investimentos. A ênfase é colocada em seleção responsável e uso seguro de materiais, equipamentos e técnicas de manuseamento de pescado tendo os estudantes a oportunidade de realizar atividades práticas associadas aos aspetos mais relevantes da aquicultura. Deslocações a indústrias e organizações estatais habilitam os estudantes acerca das diferentes técnicas de cultura.

Toxicologia Ambiental

MA315 - ECTS

O objectivo principal desta unidade curricular é ministrar conhecimentos e desenvolver competências na área da Toxicologia Ambiental. Estes saberes abarcam as temáticas da toxicologia geral, avaliação de riscos, respostas e mecanismos envolvidos na desintoxicação de vários tipos/classes de compostos (e.g., PAHs, PCBs, pesticidas, metais, dioxinas/dibenzofuranos, estrogénios naturais e de síntese, produtos farmacêuticos). Será ainda dado ênfase ao papel dos biomarcadores e sua utilidade em toxicologia ambiental. É esperado que os alunos ganhem competências na área de estudo, sendo capazes de auxiliar na avaliação de situações de risco, na proposta de soluções para a sua prevenção e saber identificar os meios analíticos para diagnóstico do grau de poluição ambiental.

Métodos de Monitorização Ambiental e SIG

MA316 - ECTS

Projeto

MA300 - ECTS

Oferecer a oportunidade de formação numa área de interesse do estudante, não coberta pela oferta de unidades curriculares obrigatórias. Pretende-se desenvolver competências de decisão, a par de competências científico-técnicas.

Tecnologia e Gestão das Pescas

MA321 - ECTS

Nutrição e Alimentação em Aquacultura

MA313 - ECTS Com a disciplina de Nutrição e Alimentação em Aquacultura, é garantida aos alunos uma formação específica no domínio da biologia aplicada, em que se inserem as ciências do meio aquático. Com o programa da disciplina de Nutrição pretende-se fornecer um conjunto de conhecimentos de base da nutrição animal, com orientação específica posterior para a nutrição e alimentação dos peixes. A transformação de alimentos com valor relativamente baixo, noutros que se tornem mais atractivos para o consumo humano, é normalmente um dos objectivos fundamentais de toda a Produção Animal. Se bem que a possibilidade de efectuar esta conversão de modo 100 % eficiente seja um ideal inatingível, o grau em que os diversos componentes da dieta são utilizados, constitui a preocupação central dos nutricionistas. Os custos da alimentação artificial num sistema de piscicultura intensiva representam entre 40 e 70 % do total dos custos de produção. A preparação cuidada do ensino da disciplina de nutrição, deverá contribuir para a preparação de técnicos sensíveis e capazes de contribuir para a gestão optimizada dos recursos alimentares utilizados.

Tecnologia e Qualidade Alimentar

MA322 - ECTS

Fornecer aos alunos as bases e o treino para um raciocínio claro no âmbito dos métodos de manuseamento e transformação do pescado, bem como uma perspectiva moderna da sua qualidade e respectiva envolvente técnica e científica, de forma a que o seu desempenho profissional nesta área possa beneficiar dessa experiência prévia, sobretudo através do desenvolvimento de um espírito crítico sobre os temas abordados. Pretende-se também proporcionar aos alunos o contacto com a realidade profissional da produção de pescado e respectiva qualidade, através de visitas a locais representativos deste sector de actividade. Os alunos deverão saber descrever, de uma forma crítica, as características e composição geral do pescado, a sua degradação e os métodos de processamanto mais comuns, bem como os principais métodos de avaliação da sua qualidade. Nesta última vertente, deverão saber descrever as fases gerais da história da Qualidade e os principais conceitos actuais desta área técnica.

Tratamento de Águas e Efluentes

MA324 - ECTS

Proporcionar conhecimentos sobre os métodos e técnicas a utilizar no tratamento de águas. Fornecer capacidades para avaliar e ponderar tomadas de decisão no âmbito da avaliação, conceção, projeto, construção, operação e manutenção de sistemas de tratamento de água e águas residuais.

 

 

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2019 © Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Última actualização: 2012-12-06 I  Página gerada em: 2019-04-22 às 05:57:22 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais