Go to:
Logótipo
Comuta visibilidade da coluna esquerda
Você está em: Start > Notícias > Matrículas - 1º ANO Mestrado em Oncologia - 2018/2019

Matrículas - 1º ANO Mestrado em Oncologia - 2018/2019

Realização de matrículas: 12 a 14 de setembro de 2018

As matrículas dos estudantes 1º ano - 1ª vez são efetuadas de forma presencial, nas datas acima indicadas, no Serviço de Pós-Graduação do ICBAS (edificio A, piso 6, sala 9), no seguinte horário: das 10:00h às 12:00h e das 14:00 às 15h30. 

 

Documentos a apresentar - A matrícula não será realizada se faltar algum dos documentos necessários:

  • Declaração de Dados Pessoais devidamente preenchida;
  • Documento de Identificação (BI/Passaporte/Cartão de Cidadão);
  • Fotocópia do Número de Identificação Fiscal (quando não possui cartão de cidadão);
  • Pagamento propina e seguro escolar (após realização da matrícula);
  • Boletim de Vacinas atualizado (Vacina do tétano e difteria).

PROPINAS E SEGURO ESCOLAR

Conforme Regulamento de Propinas da U.P, o pagamento das propinas de Mestrado poderá ser efetuado na totalidade no acto da inscrição ou em 10 prestações mensais, sendo a primeira devida no ato de matrícula/inscrição e as restantes, nos meses subsequentes ao início do ano letivo, até ao último dia de cada mês, acrescido de 2,00¤ de seguro escolar anual.


O pagamento da propina e do respetivo seguro poderá ser feito via multibanco - Pagamento de Serviços, utilizando para tal os dados obtidos na sua página pessoal em conta-corrente ou presencialmente na tesouraria do ICBAS.
O Valor da propina poderá ser consultado na página do curso.


ATENÇÃO: O facto da inscrição estar condicionada ao pagamento da propina não desobriga o estudante, em circunstância alguma, do pagamento da mesma imediatamente após o ato de matrícula/inscrição. Após a submissão da matrícula o estudante automaticamente fica obrigado ao respetivo pagamento.

No caso de pretender desistir do Curso em que se encontra matriculado/inscrito, deverá solicitar, por escrito, a anulação de matrícula, dirigida ao Diretor do ICBAS. Será aplicada a regulamentação definida no artº 5º do regulamento de propinas da Universidade do Porto no caso dos mestrados e a informação disponível na página no caso das especializações.

MATRÍCULA/INSCRIÇÃO EM REGIME DE TEMPO PARCIAL (aplicável apenas a 2ºs. ciclos)

1 - Estudante em regime de tempo parcial é aquele que se inscreve até um máximo de 37,5 créditos anuais de um determinado ciclo de estudos.
2 - A inscrição em regime de tempo parcial só poderá ser feita no ato de matrícula/inscrição.

Mudança de regime:
1 - A mudança de regime de tempo integral para parcial, ou vice-versa, só pode ocorrer no ato de inscrição no ano letivo. 
2 - Excetuam-se do número anterior os trabalhadores-estudantes que poderão requerer a mudança de regime em tempo integral para tempo parcial no início do 2º semestre quando as condições para a obtenção de tal estatuto apenas se encontrarem preenchidas no início do 2º semestre.

O valor total da propina a pagar para os estudantes que no ato de matrícula/inscrição escolherem o regime parcial é o constante na página do curso. Este montante deverá ser pago nos prazos limites idênticos aos da propina a tempo integral.

CANDIDATOS COM BOLSA DE ESTUDOS (aplicável apenas a 2ºs. ciclos)

Os estudantes que pretendam candidatar-se a bolsa de estudos dos SASUP deverão entregar, devidamente preenchida e assinada, de acordo com o documento de identificação, a Declaração de Compromisso de Honra em como se candidatam a esse benefício. Posteriormente, no prazo máximo de 30 dias úteis a partir da data da declaração de compromisso, deverão inserir o recibo de receção de candidatura emitido pelos SASUP, na sua página pessoal no SIGARRA.

Os estudantes cujo pedido de bolsa seja indeferido deverão efetuar o pagamento das prestações em falta no prazo de 30 dias úteis consecutivos à publicitação do despacho de indeferimento ou requerer anulação da matrícula e inscrição no prazo de 10 dias úteis após publicitação do despacho final de indeferimento, sem obrigação de pagamento da propina referente a esse ano letivo.
Os estudantes bolseiros procederão ao pagamento das prestações em falta (propina) no prazo de 30 dias consecutivos à regularização do pagamento da bolsa de estudos.

CONSEQUÊNCIAS DO INCUMPRIMENTO DO PAGAMENTO DA PROPINA - Art.4º Regulamento de Propinas

A nulidade de todos os atos curriculares praticados no ano letivo a que o incumprimento da obrigação se reporta; 

A suspensão da matrícula e da inscrição anual, com a privação do direito de acesso aos apoios sociais até à regularização dos débitos, acrescidos dos respetivos juros, no mesmo ano letivo em que ocorreu o incumprimento da obrigação.


CREDITAÇÃO DE FORMAÇÃO E EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

Os estudantes poderão requerer, no ato da matrícula, creditação da formação e experiência profissional nos termos do disposto nos artº 4º a 6º do Regulamento de Creditação de Formação Anterior e de Experiência Profissional da Universidade do Porto

Atento ao disposto no Decreto-Lei 74/2006 de 24 de março de 2006, na redação dada no nº 3 do art. 45º do DL 63/2016, é de salientar que a formação realizada no âmbito de cursos não conferentes de grau académico, designadamente nos cursos de especialização, pode ser creditada até ao limite de 50% do total dos créditos do ciclo de estudos, sendo que nos ciclos conducentes ao grau de Mestre, tal limite se refere ao curso de mestrado e não à totalidade dos créditos que constituem o ciclo de estudos.

Para o efeito, deverão aceder à respetiva página pessoal através da opção "Reconhecimentos"/Lista de pedidos de reconhecimentos/Criar pedido de reconhecimento" e submeter o pedido juntamente com os documentos referidos no artº 6º atrás mencionado.

Nota: Os estudantes que tenham obtido formação académica na Universidade do Porto não estão obrigados à entrega dos documentos aludidos, devendo apenas entregar fotocópia do percurso académico (histórico escolar).

O pedido de creditação está sujeito ao pagamento de um emolumento conforme o ponto 15 da Tabela Emolumentos da U.P.

ESTATUTO TRABALHADOR-ESTUDANTE

Os estudantes que cumpram os requisitos do artº 2º do Regulamento do Estatuto de Trabalhador-Estudante da Universidade do Porto podem requerer aquele Estatuto no Serviço de Pós-Graduação do ICBAS, no ato da matrícula/inscrição ou, se tal não for possível, no prazo máximo de 20 dias úteis após a referida matrícula/inscrição.

Se as condições necessárias à obtenção do Estatuto de Trabalhador Estudante se reunirem decorrido o prazo previsto no número 1, pode ainda ser requerida pelo estudante a concessão do Estatuto para o 2º semestre do ano letivo, desde que o requerimento e documentos sejam apresentados por este no prazo máximo de 20 dias úteis a contar do início das atividades do segundo semestre.

Consulte aqui o Regulamento Estatuto Trabalhador-Estudante da U.P

Preencher o modelo de Requerimento Estatuto Trabalhador Estudante

matricula
Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2018 © Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Page created on: 2018-10-19 at 02:10:44