Saltar para:
Logótipo
Comuta visibilidade da coluna esquerda
Logótipo
Você está em: Início > E101

Introdução às Ciências Sociais

Código: E101     Sigla: ICS

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
OFICIAL Sociologia da Educação

Ocorrência: 2021/2022 - 1S

Ativa? Sim
Página Web: https://sigarra.up.pt/fpceup/pt/ucurr_geral.ficha_uc_view?pv_ocorrencia_id=406202
Unidade Responsável: Ciências da Educação
Curso/CE Responsável: Licenciatura em Ciências da Educação

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
LCED 26 Plano Oficial 1 - 6 57 162

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Maria Manuela Martinho Ferreira Regente

Docência - Horas

Teorico-Prática: 3,00
Tipo Docente Turmas Horas
Teorico-Prática Totais 3 9,00
Norberto de Sousa Ribeiro 3,00
Maria Manuela Martinho Ferreira 6,00

Língua de trabalho

Português

Objetivos

Esta unidade curricular constitui-se como um momento de iniciação ao conhecimento nas Ciências Sociais, esboçando, ao mesmo tempo, linhas de complementaridade com as disciplinas deste primeiro semestre e de continuidade com as demais do plano de estudos subsequente.

Deste modo, definem-se os seguintes objectivos para a UC:

a) comunicar perspetivas teoricas e conceitos essenciais ao entendimento do ser humano como um ser biosociocultural e como produto e produtor de sociedade, realçando a centralidade dos processos de socialização;

b) comunicar perspetivas teóricas e conceitos essenciais ao entendimento da ciência como uma forma particular de conhecimento e como prática científica

c) chamar à atenção para os procedimentos específicos de carácter epistemológico, teórico, metodológico e ético na produção de conhecimento nas Ciências Sociais e nas Ciências da Educação

d) situar sociohistoricamente a construção das Ciências Naturais e a emergência e afirmação das Ciências Sociais, e alguns dos debates mais persistentes  

e) contribuir para a construção de uma mentalidade que percepcione os fenómenos educativos como fenómenos sociais e como expressões particulares de processos sociais mais gerais, usando a História, Antropologia e Sociologia

f) mobilizar temáticas emergentes da realidade social para reflectir acerca da especificidade da realidade humana enquanto realidade social, ensaiando a ruptura epistemológica com explicações de tipo naturalista, individualista e etnocentrista

g) estimular o desenvolvimento da imaginação e da consciência sociológica

h) adoptar metodologias de trabalho com responsabilidade, autonomia, cooperação;

i) iniciar o contacto com procedimentos académicos formais 

Resultados de aprendizagem e competências


Na UC espera-se que as/os estudantes sejam capazes de:


a) adquirir conhecimentos fundamentais no campo das Ciências Sociais;

b) refletir sobre a especificidade da realidade humana enquanto realidade socioeducativa;

c) entender o conhecimento científico como uma construção social da realidade

d) compreender a especificidade do conhecimento antropo-sociohistórico na sua lógica de pesquisa científica;

e) desenvolver hábitos de observação, interpretação e análise de diferentes fontes para ensaiar a rutura epistemológica com o naturalismo, idealismo e etnocentrismo; a imaginação sociológica e o autoconhecimento crítico (crenças, estereótipos, valores);

f) manifestar competências de articulação teórica e análise crítica face a situações socioeducativas; de pesquisar bibliografia relevante com autonomia; de produzir documentos escritos estruturados e analiticamente sustentados, refletindo uma postura rigorosa, coerente e ética

g) desenvolver o auto-conhecimento (crenças, esterótipos, valores…) e procedimentos de auto-reflexão crítica

Modo de trabalho

Presencial

Pré-requisitos (conhecimentos prévios) e co-requisitos (conhecimentos simultâneos)

Não se aplica

Programa

1. Entender a realidade humana como realidade biosociocultural 

1.1. Natureza, sociedade e culturas - interdependência concetual das premissas fundamentais das Ciências Sociais

1.2. Entender a indissociabilidade indivíduo-sociedade

2. A unidade do social e a pluralidade das Ciências Sociais


3. As Ciências Sociais como uma forma particular de conhecimento sobre a realidade social - introdução ao problema do conhecimento científico-social como construção e aos processos de rutura com o senso comum

3.1. Explicar o social pelo social: das resistências e dos obstáculos ao conhecimento nas Ciências Sociais - naturalismo, individualismo e etnocentrismo

3.2. Processos e instrumentos disponíveis para a ruptura com as evidências do senso comum e a lógica da construção científica do conhecimento nas Ciências sociais 


4. O conceito de socialização e a sua centralidade para compreender as relações entre sociedade e indivíduo; sociedade no ser humano e ser humano na sociedade;

4.1. O conceito de socialização - perspetivas plurais: a socialização como modo de integração social; a socialização como modo de diferenciação social; a socialização como modo de apropriação significativa e construção de sentidos acerca de si, dos outros e da realidade social  

4.2. Contributos da teoria sociológica e conceitos chave úteis para a compreensão da complexidade inerente aos processos de socialização na conteporaneidade

5. Descontruir dicotomias natureza/cultura, individuo/sociedade a partir de pesquisa empírica em Ciências Sociais

Bibliografia Obrigatória

BARRIO, José; Elementos de Antropologia Pedagógica. , Madrid: Ed. RIALP, 1998
Berger Peter L.; A^construção social da realidade. ISBN: 85-326-0598-2
DURKHEIM, Émile (1875); As regras do método sociológico, Lisboa: Presença, 2001
Giddens Anthony; Sociologia. ISBN: 972-31-1075-X
LARAIA, Roque; A cultura, um conceito antropológico, Rio de Janeiro: Zahar Editores, 1986
Lahire Bernard; L.esprit sociologique. ISBN: 978-2-7071-5235-0
NUNES, Adérito Sedas; Questões preliminares sobre as Ciências Sociais, Lisboa: Presença, 1987
Rocha Cristina; As^mulheres e a cidadania. ISBN: 972-24-1437-2
Santos Boaventura de Sousa; Um^discurso sobre as ciências
Silva Augusto Santos 570; Metodologia das ciências sociais. ISBN: 978-972-36-0503-7
Pinto José Madureira; Propostas para o ensino das ciências sociais. ISBN: 972-36-0321-7

Observações Bibliográficas

N/A

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

As aulas são teórico-práticas, incluindo a exposição de conteúdos e a participação das/os estudantes nas questões abordadas.
A leitura, interpretação e análise de textos e imagens são usados no tempo de contato como estratégias de explicitação de conteúdos relevantes e de integração fundamentada das aprendizagens, sendo estimulado o seu aprofundamento no trabalho autónomo.

Os debates nas aulas, via fontes audiovisuais, documentais ou experienciais, são entendidos como propícios ao desenvolvimento de reflexões para reforçar a articulação teórico-prática, o rigor analítico, a compreensão da complexidade e a diversidade de pontos de vista e sentido crítico.

Nesta UC pratica-se a avaliação distribuída com exame final.

A escrita, enquanto modo de explicitar a integração das aprendizagens das/os estudantes, converge para a realização de diversos trabalhos de articulação e de reflexão dos conteúdos abordados, individualmente e de modo presencial  (30%) e um ensaio individual (70%)

Software

Não se aplica nesta UC

Palavras Chave

Ciências Sociais > Ciências da educação > Metodologia de investigação

Tipo de avaliação

Avaliação distribuída com exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Trabalho escrito 30,00
Exame 70,00
Total: 100,00

Componentes de Ocupação

Designação Tempo (Horas)
Estudo autónomo 85,00
Frequência das aulas 32,00
Trabalho escrito 50,00
Total: 167,00

Obtenção de frequência

A possibilidade de usufruir da modalidade de avaliação distribuída supõe a presença em pelo menos 75% das horas de contacto lectivo.

Estão dispensados da verificação das condições de assiduidade referidas anteriormente, os casos previstos na lei, nomeadamente os/as trabalhadores estudantes, devendo estes contactar a docente 20 dias após o início do semestre.

Fórmula de cálculo da classificação final

A classificação dos trabalhos realiza-se numa escala 0-20.


A classificação dos pequenos trabalhos individuais em sala de aula realiza-se numa escala de 0-20 e terá uma ponderação de 30% no cáculo da nota final da UC.

A classificação do trabalho individual - apresentação por escrito dos contributos da UC para a fundamentação do tema abordado e discussão publica - terá uma ponderação de 70% no calculo da nota final da UC

Classificação final  (30% + 70%) = 100%


A fraude cometida na realização de uma prova — em qualquer das suas modalidades — implica a anulação da mesma e a comunicação ao órgão estatutariamente competente para eventual processo disciplinar.


 

Provas e trabalhos especiais

Os/As estudantes sem frequência às aulas e que por lei podem ser delas dispensados deverão apresentar-se ao exame final para realizarem a prova escrita destinada a demonstrar que possuem os conhecimentos e as competências exigidos e definidos na ficha da unidade curricular.

A realização desta prova decorrerá no período de avaliação previsto.

Os/As estudantes nestas circunstâncias devem contactar a docente durante as primeiras duas semanas de aulas, para esclarecimento e definição da sua avaliação 

Trabalho de estágio/projeto

Não aplicável

Avaliação especial (TE, DA, ...)

Os/As estudantes sem frequência às aulas e que por lei podem ser delas dispensados deverão apresentar-se ao exame final para realizarem a prova escrita destinada a demonstrar que possuem os conhecimentos e as competências exigidos e definidos na ficha da unidade curricular.

A realização desta prova decorrerá no período de avaliação previsto.

Os/As estudantes nestas circunstâncias devem contactar a docente para esclarecimento e definição da sua avaliação

Melhoria de classificação

Os/as estudantes podem efectuar melhoria de classificação final desta unidade curricular apenas uma vez, na época de recurso e de acordo com modalidade a acordar com a docente.

A classificação final na unidade curricular é a mais elevada, entre aquela que havia sido obtida inicialmente e a que resultar da melhoria de classificação efectuada.

Observações

Não aplicável
Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2021 © Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2021-09-22 às 16:53:13 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais