Saltar para:
Logótipo
Comuta visibilidade da coluna esquerda
Logótipo
Você está em: Início > PDSH10

Identidades de Género e Transexualidades

Código: PDSH10     Sigla: IGT

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
OFICIAL Psicologia

Ocorrência: 2020/2021 - 2S (de 08-02-2021 a 29-05-2021) Ícone do Moodle

Ativa? Sim
Unidade Responsável: Psicologia
Curso/CE Responsável: Programa Doutoral em Sexualidade Humana

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
PDSH 1 Plano Oficial 1 - 3 14 81

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Maria da Conceição de Oliveira Carvalho Nogueira Regente

Docência - Horas

Teorico-Prática: 0,88
Tipo Docente Turmas Horas
Teorico-Prática Totais 1 0,88
Maria da Conceição de Oliveira Carvalho Nogueira 0,10
Liliana Graciete Fonseca Rodrigues 0,78

Língua de trabalho

Português - Suitable for English-speaking students

Objetivos

No final desta unidade curricular (UC) “Identidades de Género e Transexualidades ” os/as estudantes deverão ser capazes de:

  • Entender, de forma teoricamente sustentada, a complexidade da abordagem das identidades de género na sua pluralidade, bem como a sua relação com outras dimensões das identidades sexuais;
  • Desenvolver uma consciência crítica sobre as implicações subjetivas, relacionais, familiares e socioculturais da tradição biomédica na abordagem das transexualidades;
  • Integrar no quadro dos conhecimentos adquiridos noutras UC (e em especial na UC Género e Sexualidades) uma reflexão crítica sobre formas, processos e resultados de investigação relacionados com trajetos de vida Trans(género/sexuais);
  • Desenvolver competências para a implementação de lógicas Trans-Afirmativas de investigação e/ ou de atuação profissional com pessoas não conformes ao género / trans(género/sexuais);
  • Compreender a relevância das múltiplas formas de vivenciar e/ou expressar identidades de género no quadro da consideração ampla das sexualidades.    

Resultados de aprendizagem e competências

Utilizando essencialmente metodologias expositivas e de reflexão crítica, a UC permite atingir os objetivos globais essencialmente de cariz teórico-conceptual e, mais especificamente, dotar de competências de autorreflexão critica fundamentais para a intervenção e investigação com as populações visadas pelas UC. A discussão em grupo permite uma consolidação das aprendizagens através das argumentações sustentadas necessárias.

Modo de trabalho

À distância

Programa


  1. Conceitos relacionados com as experiências, expressões e/ ou identidades Trans – alcances, limites e relações com a análise das sexualidades;

  2. Modelo biomédico e tradição patologizante das transexualidades – análise crítica e compreensão histórico-cultural das insuficiências deste Modelo;

  3. Feminismos Trans, interseccionalidade e reconhecimento formal e social das identidades Trans(género/sexuais): alternativas de autodeterminação dos corpos, das experiências e/ ou das identidades;

  4. (Des)Patologização Trans: posições, debates e lutas contemporâneas

  5. Intervenção e Investigação Trans-afirmativas: ética, princípios e integração do conhecimento e da atuação profissional com a população Trans(género/ sexual)




Os pontos 1 e 5 dos conteúdos programáticos permite alcançar o primeiro objetivo referido - Complexidade das identidades de género -, permitindo também, para integração das aprendizagens da UC, a compreensão ampla das sexualidades.


Os pontos 2 e 4 permitem desenvolver consciência critica quer sobre as relações e os trajetos Trans(género/sexuais) quer sobre as limitações da abordagem biomédica.


Finalmente, os pontos 3 e o 5, tal como o 4 também já permite, sustentam o conhecimento das lógicas Trans-Afirmativas.

Bibliografia Obrigatória

Liliana Graciete Fonseca Rodrigues; Viagens trans(género) em Portugal e no Brasil
APA; Guidelines for psychological pratice, 2015
Lev A; Transgender emergence, 2004
Missé M; Transexaulidades , 2014
Platero L; Trans*exualidades, 2014
Liliana Rodrigues, Nuno Santos Carneiro e Conceição Nogueira; Problematização do feminismo interseccional: o lugar das pessoas trans(género) no Brasil e em Portugal, 2018
Liliana Rodrigues, Nuno Santos Carneiro e Conceição Nogueira; Violência transfóbica: aproximações críticas e horizontes de resistência, 2017

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem


  • Método expositivo, promovendo a atualização de conceitos-chave

  • Promoção da reflexão crítica, visando capacitar o/a estudante para o treino da reflexividade

  • Discussão em grupo, orientada para a defesa de perspetivas e teorias.

Tipo de avaliação

Avaliação distribuída sem exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Trabalho escrito 100,00
Total: 100,00

Componentes de Ocupação

Designação Tempo (Horas)
Estudo autónomo 22,00
Frequência das aulas 14,00
Trabalho de investigação 20,00
Trabalho escrito 25,00
Total: 81,00

Obtenção de frequência

Cada estudante deverá entregar um trabalho individual resultante da pesquisa aprofundada de um tema, à escolha, dentro da perspetiva global da UC.


 

Fórmula de cálculo da classificação final

Trabalho escrito (100%).

Melhoria de classificação

Os/as estudantes podem apresentar melhoria do trabalho individual
Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2021 © Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2021-06-22 às 20:48:34 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais