Saltar para:
Logótipo
Comuta visibilidade da coluna esquerda
Logótipo
Você está em: Início > PDSH06

Desenvolvimento, Conjugalidades e Bem-estar Sexual

Código: PDSH06     Sigla: DCBES

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
OFICIAL Psicologia

Ocorrência: 2020/2021 - 1S

Ativa? Sim
Unidade Responsável: Psicologia
Curso/CE Responsável: Programa Doutoral em Sexualidade Humana

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
PDSH 0 Plano Oficial 1 - 3 14 81

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Cidália Maria Neves Duarte Regente

Docência - Horas

Teorico-Prática: 0,00
Tipo Docente Turmas Horas
Teorico-Prática Totais 1 0,00
Mariana Teixeira Lopes Veloso Martins 0,58
Cidália Maria Neves Duarte 0,30

Língua de trabalho

Português - Suitable for English-speaking students

Objetivos

É esperado que o estudante seja capaz de: 1) discutir diferentes questões relativas ao processo dialetico do desenvolvimento do casal como um todo ; 2) contextualizar as diferentes trasições (gravidez, parentalidade, ...)da vida do casal e a sua relação com a intimidade ;3) perceber a dinâmica intimidade/sexualidade; 4) perspetivar a sexualidade nas suas dimensões biológica, social e contextual no ciclo de vida conjugal; 5) conhecer técnicas e estratégias de intervenção; 6) perceber as dificuldades de investigação neste domínio; 7) elaborar um pequeno projeto de investigação, tendo em conta as questões éticas e as especificidades metodológica inerentes à investigação diádica.

Resultados de aprendizagem e competências

1. desenvolvimento de uma perspectiva crítica e eclética no que diz respeito à investigação diádica e às teorias relacionais 
2. desenvolvimento de capacidades específicas no que diz respeito à colocação de hipóteses diádicas, relacionais e sistémicas integrantes da sexualidade
3. conhecimento de instrumentos e técnicas recentes especificas de análise da relação entre conjugalidade e sexualidade

Modo de trabalho

Presencial

Programa

A importância de uma abordagem sistémica para a compreenção das relações conjugais; a sexualidade como um processo dialético na interação de fatores biológicos, psicológico e contextuais próximais e distais; definição de conceitos tranversais a diferentes modelos de compreensão, investigação e intervenção no sistema conjugal/sexual ( ex. funcionalidade, satisfação, interdependencia, desejo ...); o conceito de intimidade numa perspectiva integrativa e a sua relação com a sexualidade; as transições normativas (gravidez, parentalidade,  crescimento dos filhos,  saída de casa dos filhos ...) e a sexualidade; as transições não normativas (infertilidade, doenças crónicas,lutos...) e a sexualidade; apresentação de estratégias de intervenção no sistema conjugal/ sexual;  as especificidades da formulação das questões de investigação, recolha de dados, questões éticas, análises estatiscas e discussão dos resultados inerentes à conceptualização do casal como unidade de análise.

Bibliografia Obrigatória

Butzer, B. & Campbell, L. ; Adult attachment, sexual satisfaction, and relationship satisfaction: A study of married couples. Personal relationships, Personal Relationships, 15 (1), 141-154, 2008
Gameiro José; Entre marido e mulher.... ISBN: 972-99110-5-7
Gurman Alan S. 340; Clinical handbook of couple therapy. ISBN: 1-57230-758-7
Schulz Marc S. 340; Strengthening couple relationships for optimal child development. ISBN: 978-1-4338-0547-9
McGoldrick Monica; The^expanding family life cycle. ISBN: 978-0-205-96806-0
Metz, Michael E., and Barry W. McCarthy; The “Good-Enough Sex” model for couple sexual satisfaction, Sexual and Relationship Therapy 22(3), 351-362, 2007

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

As horas de contacto com os estudantes serão ocupadas em aulas teóricas, que implicam a exposição de matérias com recurso a exemplos clínicos e empíricos, demonstrações e a discussão de textos. 


Tipo de avaliação

Avaliação distribuída sem exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Participação presencial 25,00
Trabalho escrito 75,00
Total: 100,00

Componentes de Ocupação

Designação Tempo (Horas)
Elaboração de projeto 17,00
Estudo autónomo 15,00
Frequência das aulas 14,00
Trabalho de investigação 25,00
Trabalho escrito 10,00
Total: 81,00

Obtenção de frequência

A obtenção de frequência envolve a participação dos alunos em 75% das aulas lecionadas. Para a obtenção de aprovação na UC, o estudante deverá obter uma classificação mínima de 9 valores na componente de apresentação de trabalho.

Fórmula de cálculo da classificação final

A avaliação é distribuida da seguinte forma:
- participação presencial e ativa nos exercícios em aula 25%
- apresentação de trabalhos 75%
Os alunos são notificados das avaliações numa escala de 20 valores.

Avaliação especial (TE, DA, ...)

A avaliação dos estudantes abrangidos por regimes especiais obedece ao disposto nas normas da FPCEUP.

Melhoria de classificação

Está prevista a melhoria de classificação da componente de trabalho escrito realizada. Segue o regulamento geral da FPCEUP (cf. art.º 11º).
Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2021 © Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2021-06-22 às 22:25:18 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais