Saltar para:
Logótipo
Comuta visibilidade da coluna esquerda
Logótipo
Você está em: Início > P412

Psicologia e Espaço(s)

Código: P412     Sigla: PES

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
OFICIAL Psicologia

Ocorrência: 2020/2021 - 1S

Ativa? Sim
Unidade Responsável: Psicologia
Curso/CE Responsável: Mestrado Integrado em Psicologia

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
MIPSI 28 Plano Oficial 3 - 3 30 81

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Cidália Maria Neves Duarte Regente

Docência - Horas

Teorico-Prática: 2,00
Tipo Docente Turmas Horas
Teorico-Prática Totais 1 2,00
Cidália Maria Neves Duarte 2,00

Língua de trabalho

Português - Suitable for English-speaking students

Objetivos

 

Esta UC pretende sensibilizar e consolidar conhecimentos por parte dos estudantes numa área relativamente recente da psicologia, atendendo especialmente à sua articulação com outros domínios do saber. Referimo-nos a questões referentes ao ambiente edificado e construído pelo homem, às questões do urbanismo e suas influências/consequências na promoção ou não no desenvolvimento humano e no seu bem estar psicológico. A possibilidade de observar, refletir e discutir situações reais, quer sejam acerca de situações de vivências em espaço unifamiliares, espaços institucionais, ou a participação e vivência na construção e usufruto de espaços públicos permite ao estudante capacitar-se para a sensibilização (e eventual intervenção) neste domínio específico, aprofundando uma temática central na vida dos indivíduos – os seus espaços íntimos, sociais, públicos e comunitários – em que necessária e obrigatoriamente, habita, convive,  e vivencia ao longo da vida.

 

Resultados de aprendizagem e competências

 

É esperado que o estudante seja capaz de:

- integrar diversos conceitos  que contribuem para a análise das relações entre espaços, a sua diversidade e vivências psicológicas dos mesmos;

- contacto com situações reais, acentuando a necessidade de compreender e estar sensibilizado para ler os comportamentos e atitudes humanas numa lógica sistémica, apelando às influências que os diversos espaços em que vivemos exercem sobre os individuos e o modo como neles podemos agir;

- integrar as interrelações entre este domínio especifico da psicologia com outros (por exemplo a psicologia comunitária,  arquitetura, urbanismo)

- refletir criticamente acerca do trabalho do psicólogo neste domínio especifico, atendendo em particular, para a necessidade do trabalho multidisciplinar.

 

Modo de trabalho

Presencial

Programa


- Perspetiva histórica das relações entre arquitetura, urbanismo e psicologia.


- O ambiente edificado enquanto espaço produtor de desenvolvimento psicológicoteorias e efeitos da vivência urbana; settings físicos; fatores económico-sociais;


- Conceitos de espaço de vida, espaço pessoal, espaço público, de local, de ambiência singular: a articulação entre fatores visíveis e invisíveis do espaço e as relações bidirecionais pessoa-ambiente: dos conceitos de affordance, perceção ambiental, comportamento sócio-espacial às reflexões sobre questões simbólicas e afetivas da relação pessoa-ambiente; conceito de apego ao lugar


- O papel da Psicologia Comunitária (sentido de pertença e de vizinhança, de participação, e articulação com gestão de espaços) à emergência de doença psicológica; 


- Conceito de projeto participativo e de equipas multidisciplinares (arquitetos, urbanistas e psicólogos).


- As possibilidades de atuação do psicólogo: o estudo da relação pessoa-ambiente(s) como forma de promoção do bem-estar psicológico



 

Bibliografia Obrigatória

Bernardo, F. ; Impact of place attachment on risk perception: exploring the multidimensionality of risk and the scale of risk. , Revista Estudios de Psicologia, 34, 3, pp.323-329., 2013
Bernardo, F.; Palma-Oliveira, J.M.; Place Change and Identity Processes. , Revista Medio Ambiente Y Comportamiento Humano, Espanha, 6.1, pp. 71-87. , 2005. ISBN: . ISSN: 1576-6462
Gunther, H ; Environmental psychology in the interdisciplinary field of knowledge. , Psicologia, USP, 16,1-2, 179-183. , 2005
Joye, Y; Architectural Lessons from Environmental Psychology, 2007
Pol, E.; Blueprints for a History of Environmental Psychology (II):From Architectural Psychology to the challenge of sustainability. , Medio Ambiente y Comportamiento Humano. 8(1y2), 1-28, 2007
Moser, G.; Environmental psychology and people-environment studies: what kind of multidisciplinary collaboration?., Psicologia. USP,16,1-2, p.131-140, 2005
Stokols, D. & Altman, I; Handbook of Environmental Psychology., Florida, U.S.A: Krieger Publishing Company., 1991

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

 

- Apresentação e discussão dos conteúdos programáticos incentivando a participação ativa dos estudantes;

- Discussão e aprofundamento de casos concretos operacionalizados em espaços diversos, nomeadamente, bairros sociais, camarários, comunitários, situações de intervenção em espaços públicos, em instituições,…

- Contacto com programas de intervenção emblemáticos de reabilitação urbana, quer nacional ou estrangeira, e suas implicações na vivência das pessoas e participação das mesmas;

- Contacto com e psicólogos e outros profissionais que apresentem temáticas relacionadas com a intervenção neste domínio;

- Apresentação pelos estudantes de um trabalho ao grupo turma;

A avaliação é baseada na realização de trabalho de campo com recurso a diversas metodologias.

 

Palavras Chave

Ciências Sociais

Tipo de avaliação

Avaliação distribuída sem exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Participação presencial 30,00
Prova oral 20,00
Trabalho de campo 25,00
Trabalho escrito 25,00
Total: 100,00

Componentes de Ocupação

Designação Tempo (Horas)
Estudo autónomo 24,00
Frequência das aulas 27,00
Trabalho de campo 15,00
Trabalho escrito 15,00
Total: 81,00

Obtenção de frequência

A obtenção de frequência envolve a participação dos alunos em 3/4 das aulas efetivamente lecionadas. Para obter aprovação final o aluno deve obter um minimo de 10 valores em 20 e o minimo de 9 valores em cada uma das componentes de avaliação distribuida. A avaliação distribuída contempla a realização, apresentação oral e discussão de um trabalho organizado em pequenos grupos (2 ou 3 elementos) sobre um tema relativo à percepção e análise de determinados espaços da cidade do Porto ou sua envolvente em função de determinados parâmetros  previamente definidos nas primeiras aulas. Para além da (i) presença nas aulas em que são abordados os conteudos subjacentes à realização do trabalho, (ii) os alunos devem realizar trabalho de campo que consiste na ida ao mesmo para seu conhecimento mais aprofundado; (iii) a apresentação do mesmo trabalho envolvendo a sua discussão dinâmica perante o grupo turma e, finalmente (iv) é pedido um pequeno trabalho escrito também realizado em grupo de 2 a 3 elementos que funcione como documento escrito exemplificativo e no qual deverá constar (a) uma síntese  dos principais conteúdos, (b) os objetivos a atingir, e (c) a bibliografia consultada.
Finalmente, cada uma destas componentes de avaliação serão expressas numa escala de 0 a 20.

Fórmula de cálculo da classificação final

A avaliação segue um regime de avaliação continua e distribuída ao longo do semestre. A nota final da UC resulta da média aritmética das notas obtidas na participação oral, no  trabalho de campo, apresentação de trabalho e  trabalho escrito  final e será expressa numa escala de 0 a 20.



 

Avaliação especial (TE, DA, ...)

Não se aplicando o requisito da assiduidade, os TE não estão isentos de realizar as tarefas correspondentes à avaliação distribuida que integram a presente UC. Segue o regulamento da FPCEUP (cf.artº. 9º).

Melhoria de classificação

A melhoria de nota tem lugar com a reinscrição na UC no ano seguinte ao da realização da mesma, conforme regulamento.
Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2021 © Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2021-07-30 às 15:26:00 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais