Saltar para:
Logótipo
Comuta visibilidade da coluna esquerda
Logótipo
Você está em: Início > Publicações > Visualização > E do gesto se faz mundo: aprender/ensinar filosofia em LGP

E do gesto se faz mundo: aprender/ensinar filosofia em LGP

Título
E do gesto se faz mundo: aprender/ensinar filosofia em LGP
Tipo
Tese
Ano
2018-01-23
Autores
Maria de Fátima Costa de Sá Correia de Sousa
(Autor)
FPCEUP
Ver página pessoal Sem permissões para visualizar email institucional Pesquisar Publicações do Participante Sem AUTHENTICUS Sem ORCID
Classificação Científica
FOS: Ciências sociais > Ciências da educação
Outras Informações
Resumo: Esta investigação tem como finalidade estudar a legitimidade e a viabilidade de construir o discurso filosófico em LGP numa aula de Filosofia do ensino secundário, em contexto de surdez. Partindo de um prévio esclarecimento acerca dos conceitos de língua, língua gestual, filosofia e da relação entre língua e filosofia, constituí como objeto de estudo a língua gestual portuguesa a partir da fala de alguns/as gestuantes Surdos/as. Procurei perceber que recursos linguísticos são utilizados por essas/es gestuantes Surdas/os para resolverem o problema linguístico-cognitivo da não existência de léxico filosófico standard que cubra todos os conceitos filosóficos. A problemática e as perspetivas epistemológicas conduziram à criação de um corpus de produções gestuais a partir de textos filosóficos, apresentando cada um deles um conceito sem termo linguístico correspondente em língua gestual portuguesa ou cujo signo gestual remeta para um sentido diferente do sentido filosófico presente no texto. Foi produzido um dispositivo para a recolha e análise da informação constituído pela gravação das produções gestuais em vídeo e a construção de grelhas de transcrição e quadros de categorização da informação. A investigação permitiu-me justificar a legitimidade do discurso filosófico em língua gestual portuguesa e a análise do corpus construído permitiu-me concluir a sua viabilidade tendo constatado que as/os gestuantes Surdas/os que colaboraram neste trabalho recorreram preferencialmente à composição e empréstimo interno como forma de resolver o problema, embora uma minoria tivesse utilizado a dactilologia. Estas conclusões sugerem a necessidade de alargar o estudo a mais conceitos e a um número maior de gestuantes.
Idioma: Português
Nº de páginas: 349
Documentos
Nome do Ficheiro Descrição Tamanho
CD-T-2600 E do gesto se faz mundo: aprender/ensinar filosofia em LGP 3986.03 KB
Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2019 © Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2019-05-21 às 06:39:53 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais