Saltar para:
Logótipo
Comuta visibilidade da coluna esquerda
Logótipo
Você está em: Início > Notícias > Seminário | Redescobrindo o movimento cibernético: a análise do trabalho e a formação profissional na era da informação

Notícias

Seminário | Redescobrindo o movimento cibernético: a análise do trabalho e a formação profissional na era da informação

19 de julho | 10h30 | Atelier de Psicologia do Trabalho

Dia 19 de julho, no Atelier de Psicologia do Trabalho (FPCEUP, sala 017), decorre o seminário Redescobrindo o movimento cibernético: a análise do trabalho e a formação profissional na era da informação, com o Prof.Dr. Luiz Gonzaga Chiavegato Filho.

Luiz Gonzaga Chiavegato Filho é docente do curso de Psicologia e do Programa de Pós-Graduação em Psicologia (PPGPSI) da Universidade Federal de São João Del Rei – UFSJ. Está atualmente a fazer um pós-doutoramento na FPCEUP/Centro de Psicologia da Universidade do Porto.


Sobre o seminário:

Os princípios da teoria da informação e do movimento cibernético, em conjunto com princípios de outras abordagens teóricas, estavam presentes no surgimento e no desenvolvimento inicial da ergonomia da atividade e, por sua vez, no campo da análise do trabalho e da formação profissional fundamentados nessa perspetiva teórica. Conceitos como entropia, redundância, energia, ruído, entre outros, contribuíram para mostrar a importância da variabilidade das situações de trabalho e dos saberes dos trabalhadores sobre a própria atividade, ou seja, a importância do trabalho real para se analisar, explicitar e compreender o comportamento do trabalhador em situação de trabalho.

Ao longo do tempo, a ergonomia da atividade, e seus respetivos campos de aplicação, se desenvolveram bastante e abriram muitos caminhos teóricos e práticos, porém, sem o protagonismo e referência da teoria da informação e o movimento cibernético. Talvez isso tenha acontecido por conta da dificuldade de se transportar conceitos de um campo científico para outro e superar os desafios da interdisciplinaridade.

No entanto, os avanços da era digital estão promovendo modificações importantes na natureza e nas relações de trabalho, como de resto, em toda a sociedade, impondo novos desafios para sua análise e compreensão. O aprofundamento da precarização das condições de trabalho e de vida dos trabalhadores são, em parte, consequência de tais avanços.

Para enfrentar esses desafios, tanto a análise do trabalho, quanto a formação profissional, são áreas consideradas fundamentais, dada a importância do conhecimento e da informação no desenvolvimento de trabalhos qualificados e no crescimento econômico sustentável.

Nesse sentido, o redescobrimento dos conceitos da teoria da informação e do movimento cibernético pode ser muito útil para enfrentar esses desafios e reforçar a importância da atividade de trabalho humano como produtora inteligente de confiabilidade dos sistemas produtivos.


Mais informações:
Atelier de Psicologia do Trabalho
Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto
Rua Alfredo Allen, 4200-135 Porto
T. | +351 22 040 06 64 / 22 040 06 75
E. | marta@fpce.up.pt 

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2019 © Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2019-07-22 às 01:19:05 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais