Saltar para:
Logótipo
Comuta visibilidade da coluna esquerda
Logótipo
Você está em: Início > Notícias > X Jornadas de Inverno de História da Educação, Herança Cultural e Museologia

Notícias

X Jornadas de Inverno de História da Educação, Herança Cultural e Museologia

2 de março | 9h00 | Auditório 1

“INFÂNCIAS À MARGEM”
 
Ao comemorarmos dez anos de Jornadas de Inverno de História da Educação, Herança Cultural e Museologia quisemos colocar de novo a infância como questão fulcral dos projetos educativos e de escolarização. Se as crianças foram as destinatárias de filosofias e de projetos de renovação social, de ensino, de aplicação e de experimentação de métodos, de medidas de profilaxia sanitária, eugénica, social ou política ou desde o final do século XIX, só muito lentamente os seus direitos foram afirmados. A História como o Direito, a Educação, a Filosofia ou a Sociologia tardaram em reconhecer a especificidade da infância e a elegê-la como objeto de estudo. Mesmo quando “descoberta” a infância, o olhar sobre ela tendeu a deixar à margem muitos aspetos e grupos de crianças cujas vidas não se conformavam ao modelo burguês escolarizado ou às crianças institucionalizadas. Nas margens da análise social ficaram as infâncias protegidas pelo estatuto social das famílias e as ignoradas de múltiplas formas.

As X JIHEHC ao escolher como tema Infâncias à Margem pretende atrair o olhar dos jovens investigadores para explorarem outros locos da infância, que têm permanecidos relativamente invisíveis aos olhares da investigação histórica. Ao utilizarmos a palavra latina pretendemos abranger não apenas lugares sociais e localizações geográficas diversas mas também esses lugares onde se produzem as categorias, os fundamentos do pensamento que servem de matriz ao reconhecimento e conhecimento da realidade da infância. Situando-nos numa matriz aberta da História da Educação pretendemos analisar e debater estudos sobre projetos de educação e de escolarização de infâncias que têm demorado a ser reconhecidas: a infância portadora de deficiência, doente, pobre, rural, que trabalha, mendiga; que é maltratada, abandonada e objeto de proteção de instâncias religiosas, civis, militares; a infância colonizada, emigrada, refugiada; a infância das classes abastadas, que são educadas em círculos restritos.

As X Jornadas não darão conta de todos os locos que Infâncias à Margem nos concitam mas pretende contribuir para uma olhar mais amplo sobre a História da Educação e da Infância, das tradições culturais e educativas a ela associadas, concorrendo para uma visão mais aberta e plural dos problemas educativos e sociais.

> Descarregar programa


Mais informações

CIIE – Centro de Investigação e Intervenção Educativas
Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto
Rua Alfredo Allen, 4200-135 Porto
T. | +351 22 040 06 15
E. | ciie_secretariado@fpce.up.pt; ciie@fpce.up.pt
W. | www.fpce.up.pt/ciie
cartaz
Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2019 © Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2019-01-23 às 12:11:18 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais