Saltar para:
Logótipo
Comuta visibilidade da coluna esquerda
Logótipo
Você está em: Início > Cursos/CE > MCED

Cursos

Mestrado em Ciências da Educação

A3ES Este curso encontra-se acreditado pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior pelo período de 6 anos (29.06.2016)

O 2º ciclo em Ciências da Educação da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto tem como objetivos:

  • Proporcionar, no âmbito da Universidade do Porto, uma oferta de formação pós-graduada e especializada em Ciências da Educação, que permita problematizar, numa perspetiva complexa e crítica, fenómenos de educação e de formação, bem como perspetivar modos de acção e de investigação.
  • Proporcionar conhecimentos e competências aprofundados sobre métodos e técnicas de intervenção que permitam desenvolver modelos e dispositivos adequados para a conceção, implementação, avaliação e execução de programas e projetos de formação, gestão e intervenção comunitária e sócio-cultural.
  • Proporcionar conhecimentos aprofundados sobre métodos e técnicas de investigação que permitam desenvolver a investigação em educação.
  • Formar profissionais para o exercício autónomo da formação, da gestão, da direção, da avaliação e da consultoria em educação.

 

Perfil de Competências de Mestre em Ciências da Educação

Este curso visa, com base no contacto orientado e reflexivo sobre a diversidade de contextos educativos formais e não formais e no desenvolvimento de processos de investigação/ação/intervenção, a formação de profissionais altamente qualificados/as, como Mestres em Ciências da Educação, cujo perfil compreende as seguintes competências:

a) análise crítica de dispositivos, contextos e projetos sócio-educativos de educação formal e de educação não formal e de atividades de natureza cultural e social;

b) conceção, gestão e avaliação de:

i) projetos curriculares, sócio-educativos e/ou comunitários;
ii) programas de orientação psico e sócio-pedagógica nos contextos escolar e familiar;
iii) processos de intervenção educativa e formativa em contextos de institucionalização;
iv) processos de formação de professores, de outros agentes educativos e de educação de adultos;

c) intervenção no quadro:

i) de situações e problemas educacionais e de formação identificados,
ii) do desenvolvimento institucional e comunitário, no sentido da promoção da qualidade de dispositivos de educação/formação;
iii) de consultoria ao desenvolvimento de iniciativas e políticas de educação/formação, nomeadamente no âmbito das cidades educadoras, da vida das escolas, da igualdade e diversidade, da proteção social, da produção e acesso à cultura, ...

d) investigação em educação, em casos específicos, por referência a contextos:

i) de educação formal e não-formal,
ii) de natureza social, cultural, económica, da saúde, da justiça e outras, onde as dimensões educativa e formativa são determinantes.

A partir destas competências, pode afirmar-se que se configura um perfil de gestor/a, avaliador/a, animador/a, consultor/a sócio-educativo e da formação.


PLANO DE ESTUDOS

O plano de estudos deste 2º ciclo pretende constituir-se em articulação com o 1º ciclo, apresentado também no âmbito do processo de Bolonha, constituído fundamentalmente por uma formação de base e por uma iniciação e integração à profissionalidade, com base num perfil profissional de Mediador/a Sócio-Educativo/a e da Formação, que habilita os seus licenciados para atuarem em instituições com fins educativos formais e não formais.
Para além das pessoas licenciadas em Ciências da Educação com o 1º ciclo (processo de Bolonha), este 2º ciclo em Ciências da Educação dirige-se a estudantes e profissionais de outras áreas que percecionam como importante, para os seus percursos estudantis e profissionais, o conhecimento e a reflexão sobre modos de concretizar uma intervenção nos domínios da educação – em contextos de educação formal e de educação não formal, de proteção social, de reeducação ou outros -, da formação – de formadores, de gestão e animação da formação, do desenvolvimento pessoal, local e comunitário -, e em atividades de natureza cultural, social e económica, onde as dimensões educativa e formativa são determinantes.

A oferta de formação integra, quer a tradição das Ciências da Educação na FPCEUP, quer outras perspetivas nacionais e internacionais. Ao mesmo tempo, valoriza uma lógica integrada, de rigor e de inovação, na investigação e na intervenção nas realidades sócio-educativas, através de aprendizagens adequadas às transformações da educação e às exigências de empregabilidade.

 

 

CONSULTAR:


Domínios de aprofundamento

Para a edição de 2017-2019, o 2º Ciclo de formação em Ciências da Educação organiza-se nos seguintes domínios:
  • Administração, Gestão e Implementação de Lideranças
  • Educação, Comunidades e Mudança Social
  • Educação, Género, Corpo e Violência
  • Educação e Surdez. Bilinguísmo e Língua Gestual


Para a edição de 2018-2020, o MCED organiza-se nos seguintes domínios:
  • Ensino Superior: políticas, governação, gestão e administração institucionais
    Este domínio visa promover a formação especializada das/os estudantes, no âmbito do estudo das políticas, da governação, da gestão e da administração do ensino superior. Pretende-se que adquiram conhecimentos e competências que permitam: i) refletir e investigar sobre políticas, estruturas e processos institucionais de gestão e de administração; ii) contribuir para o desenvolvimento da reflexividade das práticas profissionais, nomeadamente nas áreas da formação e organização académicas, de apoio aos estudantes, da empregabilidade, do apoio aos estudos estratégicos, da melhoria dos processos de ensino e aprendizagem, da comunicação e imagem, das relações internacionais, de apoio à investigação e desenvolvimento; iii) participar em projetos de pesquisa, designadamente de investigação institucional, de preparação dos processos de tomada de decisão, de monitorização e acompanhamento de processos de auditoria e de controlo externos/internos.
    Aos estudantes será dada a possibilidade de participar em projetos de investigação nas áreas de estudos do ensino superior e a opção pelo estágio curricular será apoiada pela inserção em contextos institucionais, com vista a favorecer a iniciação à prática profissional autónoma e a integração no meio profissional.

  • Arte, Sustentabilidade e Educação
    Esta proposta assenta nas preocupações e achados de um conjunto de projetos internacionais em que a FPCEUP participou como parceira, ao longo dos anos, explorando questões cruciais nos nossos dias. Estes projetos permitiram identificar tanto as lacunas da educação que temos, como as possibilidades de criar e experienciar uma educação outra em que um foco na aprendizagem pelas artes, como experiência ética, estética e solidária, permite a construção de um novo olhar sobre a educação e sobre a vida do quotidiano. Esta preocupação e objetivo articulam-se também com uma visão mais holística do mundo da vida em que um foco na sustentabilidade e no desenvolvimento humano, a todos os níveis, permita prefigurar abordagens mais criativas e sensíveis à educação e à diversidade de contextos onde esta tem lugar. Entende-se a educação e a formação como processos que ocorrem em contexto, sendo desenvolvidos e reconfigurados no interior da rede de relações entre crianças, jovens e profissionais. Faz portanto sentido que quer a educação quer a formação invistam simultaneamente no trabalho com os diferentes grupos nela envolvidos, tendo em conta a sua especificidade, complementaridades e a redução de potenciais conflitos.

  • Educação, Comunidades e Mudança Social
    O domínio “Educação, Comunidades e Mudança Social” cruza o património de conhecimento e de intervenção de duas áreas de investigação – “Política, Políticas e Participação” e “Desenvolvimento Local e Formação de Adultos” – numa proposta de formação que, globalmente, procura promover o desenvolvimento de modos de investigação e de intervenção atentos às dinâmicas de construção local e participativa de processos de educação e formação, em problemáticas e com públicos diversos, e às dimensões sociopolíticas que as envolvem e configuram. Em particular, pretende-se proporcionar aos estudantes a aquisição de conhecimentos e competências que permitam:
    i) refletir sobre políticas, programas, projetos e práticas de intervenção educativa, social e comunitária e seus sentidos educativos e conceções de mudança social;
    ii) fundamentar e desenvolver práticas profissionais de intervenção socioeducativa em campos como a intervenção comunitária, a educação e formação de jovens e adultos, a animação sociocultural, a formação de formadores e de outros profissionais do desenvolvimento humano;
    iii) elaborar, implementar e avaliar processos de intervenção e consultoria, ancorados em processos de investigação participativos, em problemáticas e com públicos diversos, que permitam (re)criar laços sociais ao nível local e comunitário e influenciar a construção de uma sociedade mais equitativa e resiliente.
    Nesta edição, haverá um foco específico em questões que articulam educação e media, reflectindo-se sobre o modo como tanto os media tradicionais (rádios, jornais, TV, etc.) quanto os novos media (redes sociais, plataformas digitais, videojogos) têm vindo a desafiar e a reconfigurar o campo educativo e a proporcionar terrenos para práticas educativas diversas (e.g. questões de literacia mediática, de novas tecnologias educativas, edutainment) e novas possibilidades de intervenção para a mudança social.

  • Supervisão e Formação de Professores
    Focado de um modo geral nos problemas que, atualmente desafiam a Escola e de um modo particular no trabalho dos professores para lidar com esses desafios, o domínio de especialização destina-se a educadores de infância, professores dos ensinos básico e secundário e outros profissionais do campo da educação cuja prática profissional estabelece relações com a educação escolar e o trabalho dos professores. Fundamentando-se em resultados de investigação nacional e internacional, o domínio pretende proporcionar a aquisição de saberes teóricos e metodológicos nos campos da supervisão e da formação de professores, privilegiando uma abordagem praxiológica e crítica. Será solicitada a acreditação do curso ao Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua de Professores.

 


Contactos

Serviço de Pós-Graduações
T. | 22 042 89 20 
E. | spg@fpce.up.pt

Serviço Académico
T. | 22 042 89 00
E. | s_academico@fpce.up.pt

Dados Gerais

Código Oficial: 6031
Diretor: Amélia Lopes
Sigla: MCED
Grau Académico: Mestre
Tipo de curso/ciclo de estudos: Mestrado
Início: 2007/2008
Duração: 4 Semestres

Planos de Estudos

Diplomas

  • Mestrado em Ciências da Educação (120 Créditos ECTS)
  • Curso de Mestrado em Ciências da Educação (60 Créditos ECTS)

Áreas Científicas Predominantes

Cursos/Ciclos de Estudos Antecessores

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2018 © Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2018-12-16 às 11:05:55 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais