Saltar para:
Logótipo
Comuta visibilidade da coluna esquerda
Logótipo
Você está em: Início > P404

Ética e Deontologia em Psicologia

Código: P404     Sigla: EDP

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
OFICIAL Ciências Sociais e Humanas

Ocorrência: 2016/2017 - 1S Ícone do Moodle

Ativa? Sim
Página Web: http://moodle.up.pt/course/view.php?id=808
Unidade Responsável: Psicologia
Curso/CE Responsável: Mestrado Integrado em Psicologia

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
MIPSI 164 Plano Oficial 1 - 3 30 81

Docência - Horas

Teórica: 2,00
Tipo Docente Turmas Horas
Teórica Totais 1 2,00
Inês Maria Guimarães Nascimento 2,00
Mais informaçõesA ficha foi alterada no dia 2016-09-09.

Campos alterados: Componentes de Avaliação e Ocupação, Fórmula de cálculo da classificação final

Língua de trabalho

Português

Objetivos

Tornar os estudantes capazes de:

1. Identificar, reconhecer e refletir criticamente sobre as dimensões política, axiológica, ética e deontológica da psicologia, como ciência e profissão, com destaque para as práticas profissionais da psicologia.

2. Diferenciar ética e deontologia enquanto dimensões reguladoras das práticas profissionais em Psicologia.

3. Integrar os elementos estruturantes das dimensões ética e deontológica da cultura profissional dos psicólogos considerando estruturas (princípios) e processos (normas/regras).

4. Compreender e apreciar criticamente documentos normativos da profissão de psicólogo, nomeadamente o Código Deontológico dos Psicólogos Portugueses.

5. Mobilizar princípios e valores éticos e regras e normas deontológicas em situações e contextos específicos do exercício profissional do papel do psicólogo.

6. Reconhecer a importância das aprendizagens realizadas sobre ética e deontologia aplicando-as ao/no contexto imediato da sua formação académica enquanto estudantes de psicologia.

Resultados de aprendizagem e competências

No final desta UC os estudantes devem ser capazes de:

1. Identificar, reconhecer e refletir criticamente sobre as dimensões política, axiológica, ética e deontológica da psicologia, como ciência e profissão, com destaque para as práticas profissionais da psicologia.

2. Diferenciar ética e deontologia enquanto dimensões reguladoras das práticas profissionais em Psicologia.

3. Integrar os elementos estruturantes das dimensões ética e deontológica da cultura profissional dos psicólogos considerando estruturas (princípios) e processos (normas/regras).

4. Compreender e apreciar criticamente documentos normativos da profissão de psicólogo, nomeadamente  o Código Deontológico dos Psicólogos Portugueses identificando, a partir dele, padrões de qualidade do exercício profissional.

5. Mobilizar princípios e valores éticos e regras e normas deontológicas em situações e contextos específicos do exercício profissional do papel do psicólogo.

6. Reconhecer a importância das aprendizagens realizadas sobre ética e deontologia aplicando-as ao/no contexto imediato da sua formação académica enquanto estudantes de psicologia.

 

Modo de trabalho

Presencial

Programa

1. Enquadramento filosófico e psicológico da dimensão ética da ação humana; clarificação dos conceitos de "ética" e de "deontologia" profissional; caracterização da profissão de psicólogo.

2. Natureza dos compromissos éticos e axiológicos dos psicólogos e conflitos de interesses; ética, deontologia, cultura e política na intervenção e na investigação psicológicas.

3. Definição de grupos de problemáticas e de grupos populacionais especialmente relevantes para uma aprendizagem reflexiva sobre a prática profissional ética e deontologicamente competente.

4. Implicações éticas e deontológicas da organização da profissão de psicólogo e da regulação do seu acesso e exercício.

5. Apresentação e discussão de problemas/dilemas ético-deontológicos associados ao exercício profissional da Psicologia e, mais imediatamente, a situações relacionadas com o comportamento dos estudantes durante o processo de formação em meio académico. 

Bibliografia Obrigatória

Bersoff, D.; Ethical conflicts in Psychology (2nd Edition), Washington: American Psychological Association , 1999
Filipe Almeida, Ana Seixas, Paulo Gama, Paulo Peixoto; A fraude académica no ensino superior em Portugal, Imprensa da Universidade de Coimbra, 2015. ISBN: 978-989-26-1069-6
Francis, R., D.; Ética para psicólogos, Lisboa: Instituto Piaget, 2004
Fisher Celia B.; Decoding the ethics code. ISBN: ISBN 0-7619-2619-4
Ordem dos Psicólogos Portugueses ; Código deontológico, Ordem dos Psicólogos Portugueses , 2011
O.Donohue William ed.; Handbook of professional ethics for psychologists. ISBN: ISBN 0-7619-1189-8
Ricou, M.; Ética e Psicologia: Uma prática integrada, , Coimbra: Gráfica de Coimbra, 2004
Miguel Ricou; Ética e Deontologia no Exercício Profissional da Psicologia, OPP, 2014

Bibliografia Complementar

American Psychological Association ; Ethical Principles of Psychologists and Code of Conduct, American Psychological Association , 2002
Federação Europeia de Associações de Psicólogos; Código geral de ética para psicólogos. , Federação Europeia de Associações de Psicólogos, 1995
Prilleltensky, I. ; The Morals and Politics of Psychology: Psychological Discourse and the Status Quo , State University of New York Press, 1994
Sequeira, J.; Universidade, Ciência e Sociedade: desafios e fronteiras éticas. , 2014
Taborda, M. (Coord.); Ética em Psiquiatria, Ordem dos Médicos: Colégio de Psiquiatria, 1992

Observações Bibliográficas

Recomenda-se, para a elaboração do projeto de trabalho de campo quando este incida nas questões da ética académica, a consulta de alguns documentos oficiais tais como a Declaração de Princípios sobre Integridade Académica da Universidade do Porto, a Carta de Direitos e Deveres da Comunidade Académica da Universidade do Porto, o Regulamento Disciplinar dos Estudantes da Universidade do Porto, o Estatuto Disciplinar dos Trabalhadores Que Exercem Funções Públicas (todos disponíveis na página da UC no Moodle no tópico “Documentos de Apoio”).

Sugere-se ainda a leitura de um documento sobre os valores da integridade académica produzido em 2012 pelo International Center for Academic Integrity (também disponível no mesmo tópico da página da UC no Moodle) bem como a consulta dos seguintes links:



Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

Procurar-se-á envolver pequenos grupos de estudantes na construção e/ou pesquisa, análise e discussão de situações dilemáticas associadas à prática da intervenção e da investigação psicológicas. A abordagem das questões da ética da intervenção e da investigação psicológica será feita considerando o nível de formação dos estudantes e introduzindo, sempre que oportuno, tópicos que os sensibilizem para a observância de princípios éticos já durante o próprio processo de formação (e.g., como gerir apropriadamente as relações interpessoais com os pares ou terceiros, a necessidade de respeitar o copyright e os direitos de autor nos trabalhos académicos que produzam, etc.). A exploração dos dilemas profissionais pressupõe, por um lado, o recurso ao Código Deontológico dos Psicólogos Portugueses e, por outro lado, o posicionamento reflexivo dos estudantes face às situações a que os dilemas se refiram. O tema da integridade/fraude académica será explorado com base em documentos da UP que ajudem os estudantes a compreender e a lidar com diferentes aspetos do saber estar e comportar-se em meio académico. Os trabalhos da UC serão desenvolvidos  dentro e fora dos tempos de contacto presencial. Algumas aulas contarão com a presença de convidados a quem se solicitirá a reflexão e/ou partilha de experiência em relação ao enquadramento ético da prática da investigação/intervenção psicológica nas áreas específicas de atividade em que exerçam a Psicologia.

Software

Não aplicável

Palavras Chave

Ciências Sociais > Ciências psicológicas > Psicologia

Tipo de avaliação

Avaliação distribuída sem exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Defesa pública de dissertação, de relatório de projeto ou estágio, ou de tese 25,00
Trabalho de campo 40,00
Trabalho escrito 35,00
Total: 100,00

Componentes de Ocupação

Designação Tempo (Horas)
Elaboração de relatório/dissertação/tese 15,00
Estudo autónomo 15,00
Frequência das aulas 26,00
Trabalho de investigação 25,00
Total: 81,00

Obtenção de frequência

A aprovação nesta unidade curricular depende da obtenção de uma classificação final não inferior a 10 valores. Cada estudante deve poder ser avaliado em relação a cada uma das três componentes da avaliação distribuída e deve obter uma classsificação mínima em cada uma não inferior a 8 valores.

Fórmula de cálculo da classificação final

A classificação final do estudante será estimada a partir de duas componentes:

1. Qualidade do desempenho do grupo na conceção e execução do trabalho de investigação (40%)

- O trabalho de investigação deverá abordar, com fins exploratórios, questões ético-deontológicas associadas ao desempenho do papel de psicólogo e/ou aspetos éticos relativos ao exercício do papel de estudante (integridade ou fraude académica).

2. Qualidade do desempenho do grupo na apresentação oral/pública do processo e resultados do trabalho de investigação desenvolvido(25%);

3. Qualidade do trabalho escrito individual desenvolvido por cada estudante em torno do conteúdo das vinhetas usadas na investigação pelos respetivos grupos (35%). 

Todas as classificações serão expressas em escala de 0 a 20 valores.

Provas e trabalhos especiais

Não aplicável

Avaliação especial (TE, DA, ...)

Os estudantes nesta condição (i.e., que beneficiam de dispensa das aulas) estão sujeitos ao mesmo plano de atividades, regime de avaliação e sistema de recurso/melhoria de classificação dos restantes estudantes. 

Melhoria de classificação

Para recurso ou melhoria de classificação, o estudante deverá realizar um trabalho escrito individual acerca de um tema a definir pelo docente a partir do qual lhe será atribuída uma nova classificação global. 

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2021 © Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2021-10-26 às 03:29:01 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais