Saltar para:
Logótipo
This page in english Ajuda Autenticar-se
FMUP
Hoje é domingo
Você está em: Início » PDB006
Autenticação




Esqueceu-se da senha?

Ética em Prioridades da Saúde

Código: PDB006     Sigla: PDB006

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
OFICIAL Ética em Ciências da Saúde

Ocorrência: 2019/2020 - 2S (de 10-02-2020 a 31-07-2020)

Ativa? Sim
Unidade Responsável: Departamento Medicina da Comunidade, Informação e Decisão em Saúde
Curso/CE Responsável: Programa Doutoral em Bioética

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
PDB 30 Plano do Programa de Doutoramento em Bioética 1 - 6 60 162

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Guilhermina Maria da Silva Rêgo Regente

Docência - Horas

Teórica: 2,85
Teorico-Prática: 1,42
Tipo Docente Turmas Horas
Teórica Totais 1 2,85
Guilhermina Maria da Silva Rêgo 2,85
Teorico-Prática Totais 1 1,42
Guilhermina Maria da Silva Rêgo 1,42

Língua de trabalho

Português e inglês

Objetivos

O objetivo essencial da Unidade Curricular de Prioridades na Saúde é que o estudante adquira conhecimentos alargados no domínio das Teorias Éticas da Justiça Distributiva e seu Impacto no Estabelecimento de Prioridades na Saúde. No plano dos conceitos pretende-se a aquisição tão ampla quanto possível dos conceitos fundamentais na área das Prioridades na Saúde.

Resultados de aprendizagem e competências

Com esta Unidade Curricular o estudante deve ficar dotado das aptidões e competências para apreciar qualquer tema na área das Prioridades na Saúde. O estudante deve ainda ficar adequadamente informado sobre como proceder para uma atualização constante neste domínio.  Pretende-se ainda que o estudante venha a incorporar na sua prática quotidiana ferramentas essenciais à utilização racional dos recursos afetados ao setor da saúde.

Modo de trabalho

Presencial

Programa

1- Teorias da justiça. A igualdade equitativa de oportunidades.

2- O direito à protecção da saúde enquanto direito social nas sociedades plurais e seculares.


3- A saúde e os outros bens sociais. A doutrina da “democratic accountability”. Macro e micro priorização na saúde.


4- A saúde pública inter-sectorial e os determinantes sociais de saúde.


5- Barreiras financeiras e não-financeiras a um acesso equitativo a cuidados de saúde razoáveis.


6- Alcance dos benefícios e segmentação do sistema de saúde.


7- Financiamento equitativo. Tipologia dos impostos e seu impacto no financiamento da saúde. O regime de co-pagamentos.


8- Eficácia e efectividade na saúde. A problemática da Medicina Baseada na Evidência (MBE). A qualidade em saúde enquanto imperativo de natureza ética.


9- Eficiência administrativa.


10-A criação de um mercado interno e os novos modelos de gestão das unidades de saúde.


11- Autonomia do doente e do prestador.


12- A política do medicamento.

Bibliografia Obrigatória

1- Nunes, R., & Rego, G.; Prioridades na Saúde, Lisboa: McGraw-Hill, 2002
2- Nunes, R., & Rego, G., & Nunes, C. ; Afectação de Recursos para a Saúde: Perspectivas Para um Novo SNS. Colectânea Bioética Hoje – VI, Coimbra: Gráfica de Coimbra, 2003
3- Nunes, R.; Regulação da Saúde, Porto: Vida Económica, 2005
4- Cribb, A., & Duncan, P. ; Health Promotion and Professional Ethics, Londres: Blackwell Publishing, 2002
5- Béresniak, A., & Duru, G. ; Economia da Saúde, Lisboa: Climepsi Editores, 1999
6- Rego, G.; Gestão Empresarial dos Serviços Públicos. Uma Aplicação ao Sector da Saúde, Porto: Vida Económica, 2008

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

As metodologias de ensino recorrem a diferentes estratégias: a) Preleções Teóricas: sobre diferentes temas relacionados com a Unidade Curricular; b) Seminários Teórico-práticos: discussão preparada e orientada de temas específicos, definidos com antecedência, com a participação de docentes e discentes; c) Trabalhos de Grupo: atividade pedagógica de análise e resolução de problemas com o estímulo e a coordenação dos docentes e com a participação ativa dos discentes; d) Apresentação pelos estudantes de casos-problema.

Tipo de avaliação

Avaliação distribuída com exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Participação presencial 50,00
Trabalho escrito 50,00
Total: 100,00

Componentes de Ocupação

Designação Tempo (Horas)
Frequência das aulas 60,00
Trabalho escrito 102,00
Total: 162,00

Obtenção de frequência

A Avaliação Contínua é efetuada pelo docente responsável pelo grupo de estudantes que frequenta simultaneamente a Unidade Curricular tendo em atenção a evolução de todo o processo pedagógico, e a evolução das capacidades de cada estudante. Evolução a nível da execução de técnicas de comunicação, do relacionamento humano, da assiduidade na Unidade Curricular, do interesse e participação no processo pedagógico, e, finalmente, dos conhecimentos teóricos e práticos.  

 

Fórmula de cálculo da classificação final

A Nota Final da Unidade Curricular é o reflexo da Avaliação Contínua efetuada pesando 50% na classificação final. Os restantes 50% decorrem da avaliação dos conhecimentos teóricos e práticos obtidos através de uma Prova Final.

 

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2021 © Faculdade de Medicina da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2021-04-18 às 23:10:33 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais