Saltar para:
Logótipo
This page in english Ajuda Autenticar-se
FMUP
Hoje é domingo
Você está em: Início » MFC21
Autenticação




Esqueceu-se da senha?

Modelos Animais de Experimentação Cardiovascular

Código: MFC21     Sigla: ModExpCard

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
OFICIAL Medicina

Ocorrência: 2015/2016 - 2S Ícone do Moodle

Ativa? Sim
Unidade Responsável: Departamento de Fisiologia e Cirurgia Cardiotorácica
Curso/CE Responsável: Mestrado em Fisiopatologia Cardiovascular

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
MFC 8 Mestrado em Fisiopatologia Cardiovascular_2013 1 - 3 27 81

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Inês Maria Falcão Sousa Pires Marques Regente

Docência - Horas

Teórica: 0,64
Teorico-Prática: 0,85
Práticas Laboratoriais: 0,42
Tipo Docente Turmas Horas
Teórica Totais 1 0,64
Tiago Alexandre Henriques Coelho 0,28
Inês Maria Falcão Sousa Pires Marques 0,36
Teorico-Prática Totais 1 0,85
Inês Maria Falcão Sousa Pires Marques 0,43
Tiago Alexandre Henriques Coelho 0,42
Práticas Laboratoriais Totais 3 1,26
Inês Maria Falcão Sousa Pires Marques 0,21
Tiago Alexandre Henriques Coelho 0,21

Língua de trabalho

Português - Suitable for English-speaking students

Objetivos

Conhecer os modelos animais de doença cardiovascular.

Resultados de aprendizagem e competências

No final da UC, os estudantes devem:

  1. Conhecer diferentes modelos experimentais que simulam as grandes síndromes cardiovasculares humanas, enunciando as suas principais características.
  2. Discutir as vantagens e desvantagens dos diferentes modelos experimentais.

Modo de trabalho

Presencial

Programa

Modelos animais de doença cardiovascular:

  1. Modelo da doxorrubicina.
  2. Modelo da monocrotalina.
  3. Modelo de enfarte secundário à laqueação da artéria coronária descendente anterior.
  4. Modelos de sobrecarga de pressão secundários a contrição do arco aórtico ou da aorta descendente.
  5. Modelo de sobrecarga de volume por fístula artériovenosa.
  6. Modelo de insuficiência cardíaca por pacing rápido.
  7. Modelo de miocardite viral.
  8. Modelos Transgénicos.

Bibliografia Obrigatória

Falcão- Pires, I., Leite-Moreira, AF. ; Animal Models of Cardiovascular Research. In Introduction to Translational Cardiovascular Research. , Springer International Publishing, 2014 (pp. 335-369)
Falcão- Pires, I., Leite-Moreira, AF. ; In vivo Experimental Assessment of Cardiac Function. In Introduction to Translational Cardiovascular Research. , Springer International Publishing, 2014 (pp. 371-387)
Matsumori, A., & Sasayama, S. ; The role of inflammatory mediators in the failing heart: immunomodulation of cytokines in experimental models of heart failure. , Heart failure reviews, 6(2), 129-136., 2001
Ytrehus, K. ; The ischemic heart—experimental models. , Pharmacological research, 42(3), 193-203. , 2000

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

A metodologia de ensino basear-se-á em:

  1. Aulas teóricas (9 h, incluindo a avaliação escrita) onde será feita uma breve descrição de cada modelo animal representativo de um doença cardiovascular.
  2. Aulas teórico-práticas (12 h) e 6 h de práticas laboratoriais durante as quais os conceitos teóricos serão aplicados em práticas laboratoriais onde os estudates terão a oportunidade de praticar a implementação de um ou vários modelos animais selecionados.

 

Tipo de avaliação

Avaliação por exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Exame 100,00
Total: 100,00

Fórmula de cálculo da classificação final

A avaliação consistirá num exame final escrito com a duração de 2 horas.
Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2019 © Faculdade de Medicina da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2019-03-24 às 16:10:14 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais