Saltar para:
Logótipo
Você está em: Início » Publicações » Visualização » Current Evidence in Migraine Surgery - a Systematic Review

Current Evidence in Migraine Surgery - a Systematic Review

Título
Current Evidence in Migraine Surgery - a Systematic Review
Tipo
Tese
Ano
2021-07-02
Autores
Sara Filipa Pereira Henriques
(Autor)
FMUP
Ver página pessoal Sem permissões para visualizar e-mail institucional Pesquisar Publicações do Participante Sem AUTHENTICUS Sem ORCID
Classificação Científica
FOS: Ciências médicas e da saúde > Medicina clínica
Outras Informações
Resumo (PT): INTRODUÇÃO: A enxaqueca é uma doença neurovascular disseminada com um enorme impacto social e económico. Um subgrupo de doentes não consegue ser tratado com terapia farmacológica. Embora a descompressão cirúrgica de nervos sensoriais extracranianos tenha sido proposta como uma alternativa de tratamento válida, a comunidade médica permanece relutante a aceitá-la. MATERIAIS E MÉTODOS: Esta revisão sistemática foi realizada de acordo com as guidelines PRISMA. Foi efetuada uma pesquisa eletrónica em setembro de 2020 nas bases de dados Pubmed, ScienceDirect, CENTRAL e Google Scholar para artigos originais que relatavam os resultados da cirurgia da enxaqueca. RESULTADOS: A estratégia de pesquisa revelou um total de 922 estudos, dos quais 52 foram incluídos na revisão. Foi referida uma melhoria significativa em 58.3-100% e eliminação completa em 8.3-86.8% dos pacientes de entre os estudos. Não foram descritas complicações major. DISCUSSÃO: Esta revisão sistemática demonstra que a cirurgia da enxaqueca é um procedimento eficaz e seguro, com um impacto positivo na qualidade de vida dos pacientes e redução dos custos a longo prazo. CONCLUSÃO: Existe evidência científica considerável para reconhecer a cirurgia extracraniana da enxaqueca como um procedimento eficaz e seguro. Esta cirurgia deverá ser considerada em doentes devidamente selecionados e refratários ao tratamento médico.
Abstract (EN): INTRODUCTION: Migraine headache is a widespread neurovascular disorder with an enormous social and economic impact. A subgroup of patients cannot be managed with pharmacological therapy. Although surgical decompression of extracranial sensory nerves has been proposed as a valid alternative treatment option, the medical community remains reluctant to accept it. MATERIALS AND METHODS: This systematic review was conducted following the PRISMA guidelines. An electronic search was performed in September 2020 on Pubmed, ScienceDirect, CENTRAL and Google Scholar databases for original articles reporting outcomes on migraine surgery. RESULTS: The search strategy reveled a total of 922 studies of which 52 were included in the review. Significant improvement was reported in 58.3-100% and complete elimination in 8.3-86.8% of patients across studies. No major complications were reported. DISCUSSION: This systematic review demonstrates that migraine surgery is an effective and safe procedure, with a positive impact in patients’ quality of life and a reduction in long-term costs. CONCLUSION: There is considerable scientific evidence to recognize extracranial migraine surgery as an effective and safe procedure. This surgery should be considered in properly selected migraineurs refractory to medical treatment.
Idioma: Inglês
Tipo de Licença: Clique para ver a licença CC BY-NC-ND
Documentos
Não foi encontrado nenhum documento associado à publicação com acesso permitido.
Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2022 © Faculdade de Medicina da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2022-10-01 às 16:22:32 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais | Denúncias