Saltar para:
Logótipo
Você está em: Início » Notícias » FMUP promove exposição «Gémeos Monozigóticos: idênticos, mas nunca iguais»

Notícias

FMUP promove exposição «Gémeos Monozigóticos: idênticos, mas nunca iguais»

Inauguração está marcada para 10 de novembro, às 9h30

Cartaz

A Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) organiza a exposição intitulada “Gémeos Monozigóticos: idênticos, mas nunca iguais”, de Alexandra Matias, professora da FMUP, e do fotógrafo Tiago Martins.

A inauguração está agendada para o próximo dia 10 de novembro, às 9h30, no Átrio dos Estudantes (piso 01) da FMUP. A exposição estará patente até 28 de janeiro.

A ideia de realizar uma exposição sobre o tema surgiu a partir do lançamento do livro intitulado Developmental and Fetal Origins of Differences in Monozygotic Twins, editado por Alexandra Matias e pelo médico israelita Isaac Blickstein, em 2020. A obra aborda as principais causas de discordância em gémeos monozigóticos e sua relevância para estudos futuros e tratamento clínico.

"Pensa-se geralmente que os gémeos monozigóticos nascem geneticamente idênticos, mas, na verdade, eles podem ser muito diferentes”, explica Alexandra Matias.

De acordo com a professora da FMUP, "apesar da aparência física muito semelhante e de ser difícil de os distinguir, os gémeos monozigóticos não possuem, por exemplo, as mesmas impressões digitais, a mesma estatura, o mesmo comportamento, as mesmas doenças”

Estas diferenças parecem resultar de “uma combinação de influências genéticas, epigenéticas e ambientais durante os períodos pré-natal, perinatal e pós-natal”.

A organização sublinha que “saber que os gémeos monozigóticos podem não ser totalmente idênticos é clinicamente relevante, de modo a reformular a abordagem clínica, acompanhamento, orientação, tratamento, educação e compreensão das possíveis diferenças que possam surgir ao longo da sua vida”.

As fotografias desta exposição, da autoria de Tiago Martins, excetuando uma fotografia de Catarina Carrinho e outra de Mariana Abreu, pretendem ser “a extensão artística e a tradução em papel da diferença na dualidade quase igual”.

Esta iniciativa constitui ainda um tributo à memória de Nuno Montenegro, também ele professor da FMUP e médico obstetra, que faleceu em setembro deste ano.

Em junho de 2021, Alexandra Matias tinha já coordenado uma outra iniciativa, a "Semana dos Gémeos: One Event, Two Experiences", que incluiu uma exposição de fotografias e várias manifestações culturais, na Universidade do Porto.

Alexandra Matias é atualmente Professora Associada com Agregação da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto e Assistente Graduada de Ginecologia e Obstetrícia no Centro Hospitalar Universitário de São João com subespecialidade em Medicina Fetal. Tiago Martins é fotógrafo, tendo entrado nesta área de forma autodidata, percurso que culminou com a licenciatura em Comunicação Audiovisual.

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2021 © Faculdade de Medicina da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2021-12-02 às 19:18:00 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais