Saltar para:
Logótipo
This page in english Ajuda Autenticar-se
FMUP
Você está em: Início » Notícias » FMUP lança primeira edição do curso Reaproveitamento de Fármacos para Oncologia e COVID-19
Autenticação




Esqueceu-se da senha?

Notícias

FMUP lança primeira edição do curso ''Reaproveitamento de Fármacos para Oncologia e COVID-19''

Candidaturas decorrem online entre 1 e 27 de abril

curso

Reaproveitamento de Fármacos para Oncologia e COVID-19
é o título do mais recente curso de formação contínua da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP), que irá decorrer entre os meses de julho e setembro e cujas candidaturas iniciam já no dia 1 de abril.

Pioneiro em Portugal, o curso irá aprofundar temáticas relacionadas com estratégias para reaproveitamento de fármacos em Saúde, com destaque principal para a Oncologia e no combate do SARS-CoV-2, o vírus responsável pela COVID-19.

A formação tem como principais destinatários investigadores, estudantes em fim de licenciatura, licenciados e estudantes de pós-graduação nas áreas da Saúde.

Ao longo de 216 horas, o programa permitirá explorar o contacto direto com técnicas de experimentação laboratorial e a execução de tarefas inovadoras para direcionar a opção da utilização de fármacos reaproveitados, além da aprendizagem teórica.

"Atualmente, o perfil de reaproveitamento de fármacos aumentou essencialmente por três razões principais", apresenta Nuno Vale, professor da FMUP e responsável por esta nova formação.

De acordo com o investigador da área da Farmacologia, "o uso de fármacos existentes para novos propósitos reduz o tempo de desenvolvimento de medicamentos, aproveitando o que já se sabe sobre esses fármacos". Dessa forma, a maioria das etapas da Fase pré-clínica e Fase I do desenvolvimento clínico podem ser encurtadas e o redireccionamento de fármacos apresentará então um caminho mais rápido para os ensaios da Fase II e Fase III, por comparação com a descoberta e o desenvolvimento tradicionais de medicamentos.

"Em consequência das duas razões anteriores, o terceiro motivo prende-se com o investimento financeiro relacionado ao desenvolvimento, que é substancialmente mais reduzido", conclui assim Nuno Vale.

O valor da propina do curso é de 250 euros para estudantes da FMUP, e de 300 euros para outros estudantes. Os primeiros dez classificados terão direito a bolsa de inscrição.

Mais informações aqui.

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2021 © Faculdade de Medicina da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2021-04-16 às 10:38:01 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais