Saltar para:
Logótipo
This page in english Ajuda Autenticar-se
FMUP
Você está em: Início » Notícias » FCT atribui 903 novas bolsas individuais de doutoramento
Autenticação




Esqueceu-se da senha?

Notícias

FCT atribui 903 novas bolsas individuais de doutoramento

publicado a 14 de novembro de 2017

FCT atribui 903 novas bolsas individuais de doutoramento, duplicando o numero de novas bolsas e a taxa de sucesso face a 2015

A Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) divulgou hoje o resultado final do concurso para atribuição de novas Bolsas de Doutoramento a iniciar este ano lectivo de 2017/18, tendo sido atribuídas 903 novas bolsas individuais (enquanto 438 em 2015/16 e 785 em 2016/17) em todas as áreas do conhecimento. A taxa de sucesso foi de 37%, enquanto era de 18% em 2015/16.

Adicionalmente ao resultado do concurso de candidaturas individuais, a FCT tem ainda previsto conceder pelo menos 533 novas bolsas através do apoio direto a programas doutorais, num total de 1444 novas bolsas concedidas este ano lectivo de 2017/18, enquanto concedeu 1380 bolsas em 2016/17 e apenas um total de 895 novas bolsas concedidas em 2015/16.

A FCT retoma, assim, um valor total de novas bolsas concedidas perto daquele praticado em 2011, consagrando uma política de ciência orientada para a efetiva convergência com a Europa do conhecimento.

Os resultados concretizam a orientação política do Governo quanto ao reforço da formação avançada e à centralidade dada aos recursos humanos no âmbito do estímulo ao conhecimento e à ciência.

Neste concurso de 2017 tinham sido submetidas 2760 candidaturas, que foram avaliadas por 37 painéis de avaliadores em todas as áreas do conhecimento. O número de candidaturas com decisão desfavorável de financiamento ascendeu a 1579, incluindo 39 candidaturas consideradas, pelo painel de avaliação, como não avaliáveis.
Cerca de 80% dos novos bolseiros desenvolverão os seus trabalhos doutorais em instituições de nacionais, enquanto 18% dos bolseiros irão desenvolver os seus trabalhos parcialmente em instituições portuguesas e estrangeiras (bolsas mistas). Os restantes bolseiros desenvolverão o seu plano de formação em instituições de acolhimento estrangeiras.

Cerca de 91% dos candidatos são portugueses, 4% italianos, 2% brasileiros e 1% são espanhóis. Os restantes 2% dos candidatos a financiar são provenientes dos seguintes países: Alemanha, Bélgica, Cabo Verde, China, Estónia, França, Índia, Irão, Lituânia, Países Baixos, Polónia, Rússia, Síria, Turquia e Ucrânia.

Segue-se um período de 15 dias úteis para submissão de recurso por parte dos candidatos aos quais foi notificada uma decisão desfavorável de financiamento e que entendam submeter pronúncia. O período para apresentação de recursos termina dia 4 de Dezembro de 2017 às 23:59 (hora de Lisboa).

 

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2017 © Faculdade de Medicina da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2017-11-17 às 19:23:42