Saltar para:
Logótipo
Você está em: Início » Notícias » Beethoven «marca o compasso» do próximo concerto de música de câmara

Notícias

Beethoven «marca o compasso» do próximo concerto de música de câmara

alterar visualização

Quarto espetáculo em parceria com a OAC realiza-se no dia 16 de novembro, às 17 horas

oac

A Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) será palco da apresentação de "Septeto em Mi bemol Maior, Opus 20", uma das composições mais célebres de Ludwig van Beethoven, no próximo dia 16 de novembro (quarta-feira), às 17 horas, no átrio da Aula Magna.

Composta em pleno período de guerras napoleónicas, a obra foi estreada em paralelo com a sua primeira Sinfonia, em 1800, tendo sido dedicada a Maria Teresa de Bourbon, Imperatriz Consorte do Sacro Império Romano-Germânico. Mais de 220 anos depois, a mesma obra será apresentada na Faculdade de Medicina, interpretada por um conjunto de músicos da Ópera na Academia e na Cidade (OAC).

“Escrito numa linguagem clássica, com toda a riqueza, expressividade, eloquência instrumental e alegria presentes nas obras beethovenianas prévias ao processo de ensurdecimento do compositor, este Septeto marca um momento de viragem na produção de Beethoven”.

O concerto de dia 16 de novembro contará com a participação dos músicos Joana Dias (clarinete), Décio Escórcio (fagote), Flávio Oliveira (trompa), Rómulo Assis (violino), Catarina Gonçalves (viola), Nuno Ferreira (violoncelo) e Joana Vaz (contrabaixo).

Com o intuito de aproximar os campos da medicina e da arte, este será o quarto espetáculo de música de câmara resultante da parceria entre a FMUP e a OAC. Recorde-se que a iniciativa arrancou durante a Semana da FMUP, seguindo-se os concertos “As Canções nos Salões da Corte Portuguesa”, em julho, e “A Música Vista Pelos Seus Contextos”, no passado mês de outubro.

Criados para a realização de Ópera e Oratória, o Coro e a Orquestra da OAC são “dirigidos a partir de uma experiência artística feita no contexto nacional e internacional, através de múltiplas participações em produções standard e de novos compositores, qualificando-os para a abordagem de toda a música operática e sinfónica do barroco à atualidade”.

A entrada é livre, mas sujeita a inscrição online e sujeita à lotação do espaço.

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2023 © Faculdade de Medicina da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Última actualização: 2022-08-31 I  Página gerada em: 2023-01-27 às 01:13:21 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais | Denúncias