Saltar para:
Logótipo
This page in english Ajuda Autenticar-se
FMUP
Você está em: Início » Cursos/CE » PDSP
Autenticação




Esqueceu-se da senha?

Informações

Programa Doutoral em Saúde Pública

CALENDÁRIOS MESTRADOS & DOUTORAMENTOS_2017/2018

UNIDADES CURRICULARES SINGULARES 2017/2018

 

 

DESCRIÇÃO 

O PD em Saúde Publica (SP) da FMUP tem como finalidade preparar investigadores em áreas específicas da SP permitindo aos estudantes a aquisição de competências para o desenho,desenvolvimento de metodologia e divulgação da investigação em saúde. Espera-se que os diplomados sejam capazes de aplicar essas competências no estudo dos fatoresetiológicos,na análise e gestão dos problemas de saúde nacionais e internacionais e no planeamento e avaliação de intervenções em saúde, em diferentes contextos.O programa destina-se a licenciados ou mestres em medicina e outras áreas das ciências da saúde,bem como das ciências sociais e matemática,e conta com uma equipa docente altamente qualificada bem como com outros recursos de investigação, administrativos e materiais,nomeadamente os disponíveis no ISPUP,que contribuem para a qualidade do Programa. Durante o primeiro ano os estudantes têm ao dispor uma estrutura curricular em módulos obrigatórios e opcionais, que integra também seminários,participação em journal clubs e uma unidade curricular para definição do seu projeto de tese. Os estudantes têm ainda a possibilidade de optar por alguns módulos lecionados em Instituições internacionais de referência na área.O programa conta com a colaboração de vários parceiros internacionais e mantém relações privilegiadas com redes europeias de investigação e formação em SP, nomeadamente como membro da ASPHER. 


Língua de ensino: Inglês



CONDIÇÕES ESPECÍFICAS DE ACESSO AO CICLO DE ESTUDOS

São admitidos à candidatura ao Ciclo de Estudos Conducente ao Grau de Doutor em Saúde Pública:

a) Licenciados ou detentores de mestrado, ou habilitação legalmente equivalente. O Ciclo de Estudos poderá ainda aceitar licenciados ou mestres de outras origens, ouvida a Comissão Científica.

b) Os detentores de um currículo escolar, científico ou profissional que seja reconhecido como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos pela Comissão Científica.


Objetivos

CRITÉRIOS E SUB-CRITÉRIOS DE SELEÇÃO E SERIAÇÃO DOS CANDIDATOS

 

Critérios e subcritérios de seleção e seriação dos candidatos .

Ponderação (%)

1-     Os candidatos serão ordenados pela Comissão Científica, tendo sempre em consideração o currículo e o resultado de entrevista.

 

2 - No que respeita à classificação final (CF) dos candidatos deverá ser considerada a seguinte fórmula CF=(AC+E)/2, sendo (AC) a avaliação curricular e (E) a entrevista.

 

2.1 - No que respeita à avaliação curricular (AC) será considerada a média ponderada de quatro itens, a saber:

a) média de licenciatura ou mestrado integrado;

- >17 - 3

- 16-17 - 2

- 14-15 - 1

-

O fator de ponderação para este item será 1,5 (considerar o produto da classificação por 1,5).

b) curso de mestrado;

-Concluído, em área afim da saúde pública - 3

-Concluído, noutra área (que não afim à saúde pública) - 2

-Em curso - 1

-Sem mestrado – 0

O fator de ponderação para este item será 1 (considerar o produto da classificação por 1).

c) curriculum científico;

Publicações:

- Publicações em revistas internacionais indexadas como 1º ou último autor - 3

- Publicações em revistas internacionais indexadas como co-autor (que não 1º ou último) - 2

- Publicações em revistas portuguesas - 1

- Sem publicações – 0

O fator de ponderação para este item será 2,5 (considerar o produto da classificação por 2,5).

Comunicações:

- Comunicações em congressos internacionais como 1º autor - 3

- Comunicações em congressos nacionais como 1º autor - 2

- Comunicações em congressos nacionais ou internacionais como co-autor (que não o 1º)- 1

- Sem comunicações – 0

O fator de ponderação para este item será 1 (considerar o produto da classificação por 1).

c) curriculum profissional.

- Experiência profissional na área da saúde - 2

- Bolseiro de investigação - 1

- Sem experiência profissional – 0

O fator de ponderação para este item será 1 (considerar o produto da classificação por 1).

 

2.2 - No que respeita à entrevista (E) a classificação a atribuir resultará da média aritmética das classificações atribuídas por cada membro do júri, tendo em conta as qualidades e aptidões reveladas pelos candidatos no decurso da entrevista, aferidas pelos seguintes itens:

a)   disponibilidade de tempo para dedicar ao programa;

b)   conhecimento e atitude profissional;

c)   contacto e comunicação;

d)   domínio da língua inglesa.

Cada um destes quatro itens será pontuado com 4 (quatro), 3 (três), 2 (dois) ou 1 (um) valores, conforme na apreciação feita durante a entrevista o júri considere o perfil do candidato “muito favorável”, “favorável”, “favorável com reservas” ou “desfavorável”, respetivamente.

A classificação global da entrevista será obtida multiplicando a pontuação atribuída, por cada membro do júri, a cada um destes quatro itens, respetivamente por: 1,5; 2; 1; 0,5.

 

Nota:

Devem ser considerados como requisitos mínimos de admissão ao programa a classificação de licenciatura ou mestrado integrado igual ou superior a 14 valores ou currículo relevante e classificação final mínima (CF) de 11,5 valores.

 


Áreas de Especialização

CRITÉRIOS DE DESEMPATE DE CANDIDATOS

1º Melhor classificação no item "curriculum científico" da "avaliação curricular"                                              

2º Melhor classificação no item "Entrevista"                                      

           


Informações

VAGAS 

Nº Total de vagas:  17
[inclui Vagas específicas ao abrigo de protocolos: CPLP - e Erasmus Mundus]

Vagas por fases de candidaturas           

1.ª FASE: 6

2.ª FASE: 6 + vagas sobrantes

Vagas específicas ao abrigo de Protocolos:
Erasmus Mundus - 2
Estudantes oriundos dos CPLP ao abrigo dos Protocolos UPorto - 3

NÚMERO MÍNIMO DE ESTUDANTES PARA FUNCIONAMENTO: 5

CALENDARIZAÇÃO DE CANDIDATURAS

 

1ª Fase

2ª Fase

Apresentação das candidaturas

20/03/2017 a 10/04/2017

30/06/2017 a 19/07/2017

Análise de candidaturas

12/04/2017 a 24/04/2017

20/07/2017 a 28/07/2017

Afixação de resultados provisórios

24/04/2017

28/07/2017

Audiência Prévia 

25/04/2017 a 09/05/2017

31/07/2017 a 11/08/2017

Afixação de resultados definitivos

16/05/2017

05/09/2017

Apresentação de reclamação dos candidatos

17/05/2017 a 18/05/2017

06/09/2017 a 07/09/2017

Publicação da decisão de reclamações

19/05/2017

08/09/2017

Realização de matrículas

22/05/2017 a 02/06/2017

11/09/2017 a 18/09/2017

Eventual colocação de suplentes

07/06/2017 a 12/06/2017

21/09/2017 a 26/09/2017

Publicação de vagas sobrantes para a fase seguinte

15/06/2017

Não aplicável

Modo de notificação dos candidatos

On-line na página da FMUP

On-line na página da FMUP

RESULTADOS PROVISÓRIOS - CONSULTE AQUI!


INÍCIO DO ANO LETIVO: 21/09/2017

PROPINAS


PROPINAS

Propinas tempo integral: Valor Referência da UP = 2750¤ /ano

Propinas tempo parcial: 2062,5¤ /ano


PROPINAS ESTUDANTES INTERNACIONAIS

Valor da Propina para os estudantes abrangidos pelo Estatuto de Estudante Internacional (Aprovado pelo Decreto-Lei 36/2014 de 10 de março)

Propinas Tempo Integral: 7500¤ /ano

Propinas Tempo Parcial: 5625¤ /ano

Propinas Tempo Integral (caso específico CPLP): 3750¤ /ano

Propinas Tempo Parcial (caso específico CPLP):  2812,5¤ /ano

 ESTUDANTES INTERNACIONAIS_TODA A INFORMAÇÃO AQUI!


Comentários

CREDITAÇÃO DE FORMAÇÃO E EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

 

1ª Fase

2ª Fase

Apresentação do pedido

No ato de inscrição

No ato de inscrição

Publicação de resultados

Até 15 dias úteis após a data da matrícula

Até 15 dias úteis após a data da matrícula

Alteração da inscrição resultante do processo de creditação

26/06 a 29/06/2017

11/10 a 13/10/2017

Para auxiliar a submissão da Candidatura, pode consultar o Guia de Apoio (1).

CANDIDATURAS AQUI

 

Para auxiliar a submissão da Matrícula, pode consultar o Guia de Apoio (2)


REALIZAR MATRÍCULA /INSCRIÇÃO AQUI



RESULTADOS DE AVALIAÇÃO/ACREDITAÇÃO DOS CICLOS DE ESTUDOS DA FACULDADE DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE DO PORTO PELA AGÊNCIA DE AVALIAÇÃO E ACREDITAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR_ANO LETIVO 2015/2016

Acreditação do 3.º Ciclo de Estudos em Saúde Pública da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES)

 3.º CE SAÚDE PÚBLICA_Relatório Preliminar da Comissão de Avaliação Externa da A3ES_23.02.2017

 3.º CE SAÚDE PÚBLICA_Decisão Final do Conselho de Administração da A3ES_04.04.2017

 

 


Contactos

INFORMAÇÕES

Departamento de Apoio à Investigação e à Pós-Graduação da FMUP
Tel.: 220 426 959

Dados Gerais

Código Oficial: 5233
Diretor: Carla Lopes
Sigla: PDSP
Grau Académico: Doutor
Tipo de curso/ciclo de estudos: Doutoramento
Início: 2007/2008
Duração: 6 Semestres

Planos de Estudos

Diplomas

  • Doutoramento em Saúde Pública (180 Créditos ECTS)
  • Curso de Doutoramento em Saúde Pública (60 Créditos ECTS)

Áreas Científicas Predominantes

Cursos/Ciclos de Estudos Antecessores

Recomendar Página Voltar ao Topo