Saltar para:
Logótipo
Você está em: Início » Cursos/CE » Unidade de Formação Contínua » NCMGF

Cursos

Nutrição Clínica na Medicina Geral e Familiar

A doença arterial coronária, o acidente vascular cerebral isquémico, a diabetes tipo 2 e alguns tipos específicos de cancro, até recentemente comuns apenas em países desenvolvidos, são atualmente os principais fatores de morbidade e mortalidade em todo o mundo. Além disso, a prevalência de cancro e de doenças cardiovasculares quase sempre aumenta dramaticamente entre os emigrantes quando se deslocam de países menos desenvolvidos para países mais desenvolvidos. Nas sociedades africanas tradicionais, por exemplo, a doença cardiovascular é praticamente inexistente, mas a prevalência/incidência entre os afro-americanos é semelhante à dos caucasianos americanos. Estas marcantes alterações nos países ao longo do tempo e entre as populações emigrantes indicam que os determinantes primários dessas doenças não são fatores genéticos mas antes ambientais, com particular importância para a dieta e o estilo de vida. É por este motivo que um considerável esforço de pesquisa tem sido dirigido para a identificação dos determinantes modificáveis das doenças crónicas.

A maioria destes estudos tem sido realizada em países ocidentais, em parte devido à importância histórica dessas doenças no Ocidente, mas também porque têm uma infra-estrutura de pesquisa mais desenvolvida.
Uma primeira inferência geral diz-nos que a redução dos fatores de risco nutricionais/dietéticos e de estilo de vida identificáveis ​​e modificáveis ​​poderia prevenir a maioria dos casos de DCV, AVC, diabetes e de muitos tipos de cancro nas populações das sociedades mais desenvolvidas. Estas conclusões são verdadeiramente importantes pois indiciam que essas doenças não são consequências inevitáveis ​​de uma sociedade moderna. Além disso, baixas prevalências/incidências dessas doenças podem ser alcançadas sem medicamentos ou instalações médicas caras, o que não surpreende, porque a sua prevalência/incidência tem sido, historicamente, extremamente baixa em países em desenvolvimento e com menores recursos médicos. No entanto, a prevenção dessas doenças exigirá mudanças nos comportamentos relacionados com o tabagismo, a atividade física, a dieta e estilo de vida. Investir em educação e políticas alimentares torna-se fundamental para apoiar e encorajar essas mudanças.



Idioma de lecionação: Português.

Regime de frequência:
Regime presencial ou à distância.

Destinatários:  
Licenciados ou detentores do Mestrado Integrado em Medicina, Enfermagem ou Farmácia.

Contactos

 Núcleo de Ensino Pós-Graduado

Telf: (+351) 220 426 976
 E: posgraduacao@med.up.pt

Dados Gerais

Docente Responsável: Paula Isabel Marques Simões Freitas
Sigla: NCMGF
Tipo de curso/ciclo de estudos: Unidade de Formação Contínua
Início: 2017/2018
Duração: 108 Horas

Planos de Estudos

Edições

Diplomas

  • Nutrição Clínica na Medicina Geral e Familiar (4 Créditos ECTS)

Áreas Científicas Predominantes

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2024 © Faculdade de Medicina da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Última actualização: 2024-07-04 I  Página gerada em: 2024-07-25 às 20:54:51
Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais | Denúncias | Política de Captação e Difusão da Imagem Pessoal em Suporte Digital