Saltar para:
Logótipo
This page in english Ajuda Autenticar-se
FMUP
Você está em: Início » Oferta Formação » Especialização » ADPPT
Autenticação




Esqueceu-se da senha?

Curso de Especialização em Avaliação do Dano Pessoal Pós-Traumático

Regime de frequência: as aulas serão em b-learning (as teóricas são maioritariamente em e-learning e as práticas presenciais).

Vagas: Vagas: máx: 25/min.: 10 (1ª fase: 10 vagas (8 + 2 PALOP) /2ª fase: 15 vagas (12 + 3 PALOP)


Condições de acesso:
Ser detentor de licenciatura ou mestrado integrado em Medicina.

Critérios e subcritérios de seleção e seriação dos candidatos _ Ponderação (%): 

Fórmula para a classificação final: Classificação Final (CF) = L + FA + ED + CCI + CCPub + EP

L - Média Final de Licenciatura ou Mestrado Integrado: 10%

FA - Formação Académica (serão consideradas as horas de formação, relevando-se a área da Medicina Legal ou de outras Ciências Forenses, de acordo com a seguinte escala): 20%

5 = Doutoramento ou Mestrado de 2º Ciclo;
4 = Pós-graduação na área da Medicina Legal ou de outras Ciências Forenses;
3 = Formação complementar em Ciências Forenses com duração superior a 27 horas totais;
2 = Formação complementar em Ciências Forenses com duração inferior a 27 horas totais;
1 = Pós-graduação noutras áreas.

ED – Experiência de docência em instituições do ensino superior (será considerada a experiência de docência em instituições do ensino superior, relevando-se a docência na área da Medicina Legal ou de outras Ciências Forenses de acordo com a seguinte escala):  15%

5 = Regente de Unidade Curricular na área, em instituição do ensino superior;
4 = Docente universitário em continuidade, há pelo menos 2 anos, em Unidade Curricular da área;
3 = Docente universitário em continuidade, há menos de 2 anos, em Unidade Curricular da área;
2 = Docente universitário em continuidade, há pelo menos 2 anos, em Unidade Curricular de outra área;
1 = Docente universitário em continuidade, há menos de 2 anos, em Unidade Curricular de outra área.

CCI – Currículo Científico / Investigação (será avaliada a participação em projetos de investigação, considerando-se como sistemática a participação contínua, durante 1 ano ou mais, em pelo menos um projeto de investigação científica e relevando-se a investigação na área da Medicina Legal ou de outras Ciências Forenses, de acordo com a seguinte escala [nota: não são considerados os trabalhos desenvolvidos no contexto de Unidades Curriculares de Licenciatura ou Mestrado Integrado]:  20%

5 = Investigação sistemática com funções de coordenação científica noutra área;
4 = Investigação sistemática com funções de recolha de dados em projetos de investigação na área;
3 = Investigação sistemática com funções de recolha de dados em projetos de investigação noutra área;
2 = Colaboração pontual em projetos de investigação científica na área;
1 = Colaboração pontual em projetos de investigação científica noutra área.

CCPub – Currículo Científico / Publicações (será considerada a publicação de obras ou artigos científicos e, ainda, a apresentação de comunicações em conferências científicas, relevando-se as publicações/comunicações na área da Medicina Legal ou de outras Ciências Forenses de acordo com a seguinte escala):   20%

5 = Autoria ou coautoria de pelo menos 1 artigo científico na área, em revista indexada e com índice de impacto;
4 = Autoria ou coautoria de pelo menos 1 artigo científico noutra área, em revista indexada e com índice de impacto;
3 = Autoria ou coautoria de 1 ou mais artigos científicos na área, em revista indexada sem índice de impacto;
2 = Autoria ou coautoria de 1 ou mais artigos científicos na área, em revista não indexada;
1 = Apresentação de comunicações em reuniões científicas na área.

EP – Experiência Profissional (serão ponderados os anos de serviço e o tipo de atividade, relevando-se a formação na área da Medicina Legal ou de outras Ciências Forenses. Considera-se “experiência profissional” o exercício de uma atividade profissional, de forma continuada, durante um período não inferior a um ano, de acordo com a seguinte escala):    15%

5 = Com experiência profissional há 3 anos ou mais na área;
4 = Com experiência profissional há menos de 3 anos na área;
3 = Com estágios curriculares na área;
2 = Com experiência profissional há 3 ou mais anos na sua área de formação;
1 = Com experiência profissional há menos de 3 anos na sua área de formação.

Critério de desempate de candidatos:
1º) Carta de motivação;
2º) Carta de recomendação;
3º) Participação em atividades extracurriculares valorizando-se aquelas de índole social, designadamente de regime voluntariado.

Objetivos

A avaliação do dano pessoal pós-traumático, visando orientar a adequada reparação deste dano, seja judicial ou extrajudicial, constitui uma área que sendo em Portugal essencialmente assumida pela medicina legal, dado constituir uma atividade pericial, se tem autonomizado, em alguns aspetos, desta especialidade, não só por exigir frequentemente o contributo de diversas outras especialidades médicas, mas também porque se assume que muitos especialistas (sobretudos aquelas ligadas ao trauma), podem estar habilitados para desenvolver esta atividade. É assim que em Portugal a Ordem dos Médicos criou a competência em avaliação do dano corporal, tendo como um dos critérios obrigatórios para a admissão a esta competência, a detenção de um curso do tipo do que aqui se propõe.

Este curso tem existido apenas na FMUP (com a designação de Curso de Pós-Graduação em Avaliação do Dano Corporal Pós-Traumático, desde 2004) e na FMUC, tratando-se de um curso com muita procura. Presentemente, sentindo-se a necessidade de dar continuidade ao mesmo, sempre sob a tutela da medicina legal, por ser esta especialidade a principal detentora dos conhecimentos doutrinais que presidem a este tipo de atividade, bem como a que detém mais experiência prática nesta atividade, torna-se também evidente a necessidade de o atualizar nos seus conteúdos (à luz dos novos conhecimentos médicos e da evolução do direito) e mesmo na sua designação (uma vez que não é apenas o nível corporal que está em avaliação, mas a pessoa no seu todo), daí o curso que agora se propõe.

Competências Profissionais

Espera-se que os estudantes que concluam com êxito este curso, nas suas vertentes teóricas e práticas, sejam capazes de dar respostas de qualidade, independentes e isentas, e sempre baseadas na evidência, às solicitações que nesta matéria lhes sejam feitas, seja a nível judicial ou extrajudicial, tendo como principal objetivo o contributo para a boa administração da justiça e, nesse sentido, para garantir o melhor interesse da vítima que, neste caso, se relaciona não só com a indemnização por danos sofridos mas, muito particularmente, com a sua capacidade de reintegração/reinserção  familiar, social e profissional e, portanto, também com a sua saúde.

Informações

Candidaturas on-line: 
1ª fase: 06 a 30.04.2020
2ª fase: 17 a 30.06.2020

Afixação de resultados provisórios:
1ª fase: 08.05.2020
2ª fase: 03.07.2020

Modo de notificação dos candidatos: por e-mail para o endereço eletrónico indicado na candidatura

Audiência Prévia: 
1ª fase: 11 a 22.05.2020
2ª fase: 06 a 17.07.2020

Afixação de resultados definitivos: 
1ª fase: 27.05.2020
2ª fase: 18.07.2020

Modo de notificação dos candidatos: por e-mail para o endereço eletrónico indicado na candidatura

Apresentação de reclamação de resultados:
1ª fase: 29.05.2020
2ª fase: 20.07.2020

Publicação da decisão de reclamações: 
1ª fase: 01.06.2020
2ª fase: 23.07.2020

Matrículas on-line:  
1ª fase: 02 a 09.06.2020
2ª fase: 27 a 31.07.2020

Prazo para eventual colocação de suplentes:
1ª fase: 12 e 16.06.2020
2ª fase: 03 e 07.08.2020

Valor da propina:

Estudantes nacionais: 3.000,00¤ +2¤ (seg. escolar).
O pagamento deverá ser efetuado da seguinte forma: 1ª prestação de 1.500,00 euros no ato de inscrição e a 2ª prestação de 1.500,00 euros em março de 2021.

Estudantes internacionais: 4.000,00¤ +2¤ (seg. escolar).
O pagamento deverá ser efetuado da seguinte forma: 1ª prestação de 2.000,00 euros no ato de inscrição e a 2ª prestação de 2.000,00 euros em março 2021.


Calendarização:
 16 de outubro de 2020 a 9 de julho de 2021, as aulas  decorrerão semanalmente à sexta-feira (14h-20h); sáb (9h-13h).

Local: FMUP (aguardamos informação acerca da sala)

 

 Calendário preliminar AQUI

 


















Comentários

Para auxiliar a submissão da Candidatura, pode consultar o Guia de Apoio (1).

CANDIDATURAS AQUI

Para auxiliar a realização da Matrícula/Inscrição, pode consultar o Guia de Apoio (2).

REALIZAR MATRÍCULA / INSCRIÇÃO AQUI


Contactos

Gestão Académica dos Cursos de Educação Continua

Tel.: 220426975

e-mail: formacaocontinua@med.up.pt

Informações e contactos

Dados Gerais

Docente Responsável: Teresa Magalhães
Sigla: ADPPT
Tipo de curso/ciclo de estudos: Especialização
Início: 2014/2015
Duração: 2 Semestres

Planos de Estudos

Diplomas

  • Curso de Especialização em Avaliação do Dano Pessoal Pós-Traumático (30 Créditos ECTS)

Áreas Científicas Predominantes

Recomendar Página Voltar ao Topo