Saltar para:
Logótipo
This page in english Ajuda Autenticar-se
FMUP
Você está em: Início » Oferta Formação » Unidade de Formação Contínua » IACS
Autenticação




Esqueceu-se da senha?

Candidaturas 2018/19

Infeções associadas aos cuidados de saúde

As infeções associadas aos cuidados de saúde são um problema atual da maior relevância, não só pela implicação direta na morbi-mortalidade dos doentes como, também, pelo grande impacto sócio-económico que lhes é atribuído. Por serem potencialmente preveníveis, o conhecimento da etiopatogenia e do padrão de resistência dos agentes destas infeções em diferentes contextos clínicos ajudará, certamente, à planificação das melhores estratégias de segurança, profilaxia e tratamento.

Ao recorrer a casos clínicos ilustrativos, o curso permitirá sedimentar os conhecimentos de uma forma interativa e multidisciplinar, com a discussão orientada por profissionais de qualidade reconhecida tanto nacional como internacionalmente. Esta promoção da transferência de conhecimento entre diferentes profissionais de saúde, com conteúdos científico-pedagógicos adequados, integra-se na missão da Universidade do Porto, tanto mais que servirá diretamente as comunidades em que estes profissinais venham a aplicar os conhecimentos adquiridos.

Conteúdo programático do curso:

Aspetos históricos: da infeção nosocomial a IACS.
Paradigma atual de IACS.
Agentes etiopatogénicos: Bactérias; Fungos; Parasitas; Vírus; Priões.
Infeção associada a dispositivos médicos implantados: Cateteres venosos centrais; Outros dispositivos vasculares; Próteses;
Algálias; Outros dispositivos.
Infeção da ferida operatória.
Infeção respiratória.
Infeção urinária.
Infeção em contextos particulares:
No neonato
No doente neutropénico
No doente com HIV/SIDA
No transplantado de órgãos sólidos
Infusão de produtos sanguíneos; riscos associados.
Microbioma das distintas unidades prestadoras de cuidados de saúde.
Profilaxia e terapêutica antimicrobiana.
Resistência a antimicrobianos.
Prevenção de IACS: estratégias: de infeção primária e de infeção secundária. 
Segurança ambiental:
Água e Ar.
Arquitetura / planeamento / design de instalações.
Materiais de uso hospitalar.
Manutenção de equipamentos e instalações.
Higiene de superfícies.
Controlo de pragas. Segurança alimentar.
Riscos exposicionais para os profissionais de saúde.
Contributos diagnósticos do laboratório de Microbiologia.
Metodologia convencional versus modernos avanços tecnológicos. Análise de surtos e tipagem microbiana.
Avaliação de mecanismos de resistência. Vigilância epidemiológica.
Papel das Comissões de controlo da infeção (CCI). Lavagem de mãos. Casos clinicos.


Regime de funcionamento:

Os estudantes poderão frequentar o curso em regime presencial ou e-learning. Haverá, assim, maior flexibilidade no processo de aprendizagem, permitindo-se a gestão individual do local de aprendizagem.

As sessões serão síncronas, valorizando o envolvimento pedagógico e estimulando a motivação do estudante.


Idioma de Lecionação: Português e Inglês

Objetivos

Este curso tem como objetivo a preparação dos estudantes no âmbito do conhecimento da epidemiologia das infeções associadas aos cuidados de saúde, relacionando a etiologia destas infeções com as diferentes situações clínicas em que ocorrem. Permitirá, também, dar a conhecer os novos métodos de diagnóstico existentes no mercado para que os estudantes se atualizem relativamente à evolução dos perfis de resistência microbiana. Os casos clínico têm como objetivo favorecer a integração do conhecimento através da partilha de conhecimento multidisciplinar.

Desta forma, o curso proporcionará fundamentação para uma mais competente planificação do combate ao problema global que são as infeções associadas aos cuidados de saúde, tanto na esfera da prevenção como do tratamento.

Competências Profissionais

No final do curso, é esperado que os estudantes consigam: dominar a epidemiologia e a etiopatogenia das diferentes infeções associadas aos cuidados de saúde; contextualizar clinicamente os diferentes tipos de infeções; atualizar o conhecimento sobre as técnicas de diagnóstico e o perfil de resistência dos diferentes agentes implicados; delinear estratégias de profilaxia e tratamento; discutir planos de controlo de infeção, segurança ambiental e alimentar e, ainda, integrar os conhecimentos através do recurso a casos clínicos.

Informações

Vagas: máx: 30 (10 presenciais) / mín: 5


CONDIÇÕES DE ACESSO E CRITÉRIOS DE SELECÇÃO E SERIAÇÃO

Condições especificas de acesso ao curso:
Bacharelato, licenciatura, mestrado ou doutoramento em áreas da saúde

Critérios e subcritérios de seleção e seriação dos candidatos_ respetiva ponderação (%)

Avaliação curricular com base na experiência profissional (1 ponto por cada ano de experiência profissional) e no grau académico (5 pontos: doutoramento; 3 pontos: mestrado; 1 ponto: curso não conferente de grau). À maior pontuação será atribuída a ponderação de 100%. Para as restantes pontuações será calculada a ponderação relativa.

Critério de desempate de candidatos:
Preferência à idade superior.


CALENDARIZAÇÃO DAS CANDIDATURAS 

Candidaturas on-line:
15 a 31.10.2018

        2ª fase: 19 e 20.11.2018

Afixação de resultados provisórios: 8.11.2018

Audiência Prévia: 9 a 22.11.2018

Afixação de resultados definitivos: 23.11.2018

Apresentação de reclamação de resultados: 27 a 28.11.2018

Publicação da decisão de reclamações: 29.11.2018

Matrículas on-line: 3 a 14.12.2018

Modo de notificação dos candidatos: On-line na página da FMUP

PROPINA

Valor da Propina: 
300.00¤ + 2¤ seguro escolar, prestação única no ato da insrição.


CALENDARIZAÇÃO DO CURSO

Calendário: 11.02 a 5.07.2018

Horário: 
2ª feira: 18h00-20h00 (1 x por semana)

Local: FMUP (Sala Janssen, FMUP, piso 3, junto à entrada da Aula Magna).

 

 

Comentários

Para auxiliar a submissão da Candidatura, pode consultar o Guia de Apoio (1).

CANDIDATURAS AQUI


Para auxiliar a realização da Matrícula/Inscrição, pode consultar o Guia de Apoio (2).

REALIZAR MATRÍCULA / INSCRIÇÃO AQUI

Contactos

Informações:
Departamento de Apoio à Investigação e à Pós-graduação: 
Tel.: 22 0426957
email: educacaocontinua@med.up.pt

Dados Gerais

Docente Responsável: Luis Cobrado
Sigla: IACS
Tipo de curso/ciclo de estudos: Unidade de Formação Contínua
Início: 2015/2016
Duração: 108 Horas

Planos de Estudos

Diplomas

  • Infeções associadas aos cuidados de saúde (4 Créditos ECTS)

Áreas Científicas Predominantes

Recomendar Página Voltar ao Topo