Saltar para:
Logótipo
This page in english Ajuda Autenticar-se
FMUP
Você está em: Início » Cursos/CE » Mestrado » MFC
Autenticação




Esqueceu-se da senha?

Informações

Mestrado em Fisiopatologia Cardiovascular

CALENDÁRIOS MESTRADOS & DOUTORAMENTOS_2017/2018


UNIDADES CURRICULARES SINGULARES 2017/2018




DESCRIÇÃO 


O 2º ciclo de estudos em Fisiopatologia Cardiovascular terá como objectivos principais proporcionar formação avançada e promover a investigação científica numa área das ciências da saúde da maior importância em termos de prevalência, incidência, morbilidade e mortalidade. De facto, as doenças cardiovasculares constituem a primeira causa de morte no nosso país, tal como no mundo ocidental em geral, prevendo-se que tal se mantenha nas próximas décadas.


CONDIÇÕES ESPECÍFICAS DE ACESSO AO CICLO DE ESTUDOS

Licenciados ou detentores de Mestrado Integrado atribuído por universidades portuguesas ou estrangeiras em Medicina, ou noutras áreas ligadas às Ciências Biológicas e da Saúde, bem como Física, Química, Matemática e Engenharia.

 


Objetivos

CRITÉRIOS E SUB-CRITÉRIOS DE SELEÇÃO E SERIAÇÃO DOS CANDIDATOS

Critérios e subcritérios de seleção e seriação dos candidatos

Ponderação (%)

Área de Licenciatura ou Mestrado Integrado:

 

Detentores de Licenciatura ou Mestrado Integrado em Medicina, Biologia, Bioquímica, Ciências Farmacêuticas, Medicina Veterinária e Cardiopneumologia;

5 valores

 

Detentores de Licenciatura ou Mestrado Integrado em outras Ciências da Saúde e da Vida;

3 ,75 valores

Detentores de Licenciatura ou Mestrado Integrado em Ciências Exatas;

2,5 valores

Detentores de Licenciaturas ou Mestrados Integrados em outras áreas que não as anteriores.

1,25 valores

Nota da Licenciatura ou Mestrado Integrado*:

 

Candidatos com classificação de Licenciatura ou Mestrado Integrado igual ou superior a 16,5 valores;

5 valores

 

Candidatos com classificação de Licenciatura ou Mestrado Integrado igual ou superior a 14,5 e inferior a 16,5 valores;

3 ,75 valores

Candidatos com classificação de Licenciatura ou Mestrado Integrado igual ou superior a 12,5 valores e inferior a 14,5 valores;

2,5 valores

Candidatos com classificação de Licenciatura ou Mestrado Integrado igual ou inferior a 12,5 valores.

1,25 valores

Estágios ou internatos médicos relevantes para a área do ciclo de estudos:

 

Candidatos que tenham realizado estágios de investigação ou internatos médicos relevantes por um período igual ou superior a dois anos;

5 valores

 

Candidatos que tenham realizado estágios de investigação ou internatos médicos relevantes por um período igual ou superior a um ano e inferior a dois anos;

3 ,75 valores

Candidatos que tenham realizado estágios de investigação ou internatos médicos relevantes por um período de seis meses a um ano;

2,5 valores

Candidatos que tenham realizado estágios de investigação ou internatos médicos relevantes por um período inferior a seis meses.

1,25 valores

Publicações:

 

Candidatos com publicações em revistas internacionais com um fator de impacto igual ou superior a três;

5 valores

 

Candidatos com publicações em revistas internacionais com um fator de impacto inferior a três e superior a um;

3 ,75 valores

Candidatos com publicações em revistas internacionais com um fator de impacto igual ou inferior a um;

2,5 valores

Candidatos com publicações em revistas indexadas na Pubmed ou ISI sem fator de impacto.

1,25 valores


*Por motivo de se ter detetado um lapso, o critério foi retificado em conformidade com aprovação reitoral de 11 de agosto de 2017.

Áreas de Especialização

CRITÉRIOS DE DESEMPATE DE CANDIDATOS

- A motivação do candidato;

- O potencial e a capacidade de levar a cabo um projeto de mestrado;

- A capacidade e aptidões demonstradas para delinear uma estratégia de investigação;

- O potencial demonstrado para concluir com sucesso uma dissertação de mestrado.

*Os candidatos serão submetidos a uma avaliação teórico-prática que permita avaliar as competências em análise. No caso da motivação, os candidatos serão avaliados na entrevista numa escala de 1 a 3 (1 – Pouco motivado; 2 – Motivado; 3 – Muito motivado)


Competências Profissionais

COMPETÊNCIAS A ADQUIRIR

Espera-se que os estudantes possam tomar consciência crítica das principais questões que permanecem por resolver na área cardiovascular e que com os seus projectos de investigação possam dar resposta a algumas delas, estimulando desta forma a Investigação de Translação. Desta forma, pretende-se que as competências a adquirir pelos estudantes sejam as seguintes:
• A compreensão sistemática no domínio da Fisiopatologia Cardiovascular, nomeadamente os seus mecanismos celulares e moleculares subjacentes.
• O treino de alta qualidade num ambiente de investigação exigente mas devidamente apoiado e orientado.
• A formação em métodos e técnicas laboratoriais avançados de análise e investigação científica.
• O desenvolvimento das capacidades de procurar e interpretar informação científica complexa.
• O desenvolvimento da capacidade para conceber, projectar, adaptar e realizar um projecto de investigação respeitando as exigências impostas pelos padrões de qualidade e integridade académicas.
• O desenvolvimento da aptidão para realizar investigação original que tenham contribuído para o alargamento das fronteiras do conhecimento, parte do qual mereça a divulgação nacional ou internacional em publicações indexadas no ISI - Web of Science;
• O desenvolvimento da capacidade para interagir com equipas de investigação interdisciplinares na identificação e formulação de problemas científicos relevantes.
• Capacidade de analisar e avaliar com poder crítico literatura científica nas diferentes áreas do conhecimento da Fisiopatologia Cardiovascular.
• O desenvolvimento da capacidade de apresentar ideias e resultados científicos a audiências especializadas e não especializadas.

Informações

VAGAS

Nº Total de vagas: 10

Vagas por fases de candidaturas           

1.ª FASE: 6

2.ª FASE (se aplicável):  0

3.ª FASE (se aplicável):  0

Vagas específicas ao abrigo de protocolos/acordos: Erasmus Mundus: 3 vagas; CPLP: 1 vaga 

NÚMERO MÍNIMO DE ESTUDANTES PARA FUNCIONAMENTO: 3

CALENDARIZAÇÃO DE CANDIDATURAS (RECALENDARIZAÇÃO)

 

1ª Fase

Apresentação das candidaturas

21/05/2017 a 01/09/2017

Afixação de resultados provisórios

08/09/2017

Audiência Prévia 

11/09/2017 a 22/09/2017

Afixação de resultados definitivos

25/09/2017

Apresentação de reclamação dos candidatos

26/09/2017

Publicação da decisão de reclamações

27/09/2017

Realização de matrículas

28/09/2017 a 29/09/2017

Eventual colocação de suplentes

02/10/2017

Publicação de vagas sobrantes para a fase seguinte

n/a

Modo de notificação dos candidatos

Publicação no Site da FMUP


NOTA: 
Este Ciclo de Estudos aceita candidaturas de estudantes que ainda não tenham concluído o grau anterior, condicionando a realização de matrícula à conclusão desse grau e à apresentação da devida certificação. 


NOTA:

Entrevistas  Mestrado em Fisiopatologia Cardiovascular- Faculdade de Medicina da Universidade do Porto: dia 7 de setembro de 2017, às 9:30h, na sala da reuniões do Departamento de Cirurgia e Fisiologia (piso 6 do CIM- centro de investigação Médica).





RESULTADOS PROVISÓRIOS - CONSULTE AQUI!

 

RESULTADOS DEFINITIVOS - 2017/2018 

INÍCIO DO ANO LETIVO:
02/10/2017

HORÁRIO:
Pós-laboral

 


Comentários

 PROPINAS

 

PROPINAS

Propinas tempo integral: Valor Referência da UP = 1250¤ /ano

Propinas tempo parcial: 937,5¤ /ano

 

PROPINAS ESTUDANTES INTERNACIONAIS

Valor da Propina para os estudantes abrangidos pelo Estatuto de Estudante Internacional (Aprovado pelo Decreto-Lei 36/2014 de 10 de março)

Propinas Tempo Integral: 4500¤ /ano

Propinas Tempo Parcial: 3375¤ /ano

Propinas Tempo Integral (caso específico CPLP): 2250¤ /ano

Propinas Tempo Parcial (caso específico CPLP): 1687,5¤ /ano

 

ESTUDANTES INTERNACIONAIS_TODA A INFORMAÇÃO AQUI!


CREDITAÇÃO DE FORMAÇÃO E EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

 

1ª Fase

Apresentação do pedido

No ato de inscrição

Publicação de resultados

Até 15 dias úteis após a data da matrícula

Alteração da inscrição resultante do processo de creditação

19/10/2017 a 23/07/2017



Para auxiliar a submissão da Candidatura, pode consultar o Guia de Apoio (1).

CANDIDATURAS AQUI

 

Para auxiliar a submissão da Matrícula, pode consultar o Guia de Apoio (2)


REALIZAR MATRÍCULA /INSCRIÇÃO AQUI


Contactos

INFORMAÇÕES

Departamento de Apoio à Investigação e à Pós-Graduação da FMUP

Tel.: 220 426 959
E.mail - daipg@med.up.pt

Dados Gerais

Código Oficial: M434
Diretor: Adelino Leite Moreira
Sigla: MFC
Grau Académico: Mestre
Tipo de curso/ciclo de estudos: Mestrado
Início: 2010/2011
Duração: 4 Semestres

Planos de Estudos

Diplomas

  • Fisiopatologia Cardiovascular (120 Créditos ECTS)
  • Curso de Mestrado em Fisiopatologia Cardiovascular (60 Créditos ECTS)

Áreas Científicas Predominantes

Recomendar Página Voltar ao Topo