Saltar para:
Comuta visibilidade da coluna esquerda
Logótipo
This page in english Ajuda Autenticar-se
Você está em: Início » Oferta Formação » Mestrado » MEAC » Informação para Candidatos
Autenticação




Esqueceu-se da senha?

Mestrado em Educação Académica e Clínica

Dados Gerais

Código Oficial: M922
Sigla: MEAC

Diplomas

  • Mestrado em Educação Académica e Clínica (120 Créditos ECTS)
  • Curso de mestrado em Educação Académica e Clínica (60 Créditos ECTS)

Concursos Locais

Prazos de Candidaturas e Vagas

Edição Concursos por Regime Regime Vagas Prazos
1 Entrada em 2º ciclos de estudo Entrada em 2º ciclos de estudo 20 2020-01-02 a 2020-02-27

Unidades Curriculares

Administração de Serviços de Saúde

MEAC16_5 - ECTS Nesta UC os estudantes terão oportunidade de conhecer algumas das políticas e sistemas de saúde em contextos nacional e internacional.

Contextualização da Educação Académica e Clínica

MEAC16_1 - ECTS

A unidade curricular “Contextualização da educação académica e clínica"pretende contribuir com conhecimentos, capacidades e atitudes comportamentais capazes de desenvolver as competências estratégicas para lidar com os desafios que se colocam às instituições académicas e clínicas em situação de globalização e mudança tecnológica. 

Gestão de informação e comunicação

MEAC16_4 - ECTS As formas emergentes de ensino e de simulação e seus impactos serão aprendidas pela utilização destas formas em ambiente de aula e pela preparação de material didático adequado. Será também usado publicações que avaliem o impacto destas novas formas e que se apresentem como a melhor evidência existente no momento.

Integridade académica e profissional

MEAC16_6 - ECTS A unidade curricular “Integridade académica e profissional" pretende habilitar os estudantes com os conhecimentos e competências em ética que lhes permite, não só aplicar à experimentação em qualquer área, à docência e prática profissional, mas também identificar más práticas de conduta e fraude.

Metodologias de ensino-aprendizagem

MEAC16_3 - ECTS A diversidade de metodologias de ensino desenvolvidas ao longo desta unidade curricular tem em vista contribuir para uma prática de supervisão formativa e teoricamente fundamentada, dando-se privilégio a diferentes momentos de reflexão individual e colectiva em torno das questões que envolvem o trabalho dos profissionais nos respetivos contextos de trabalho. Para o efeito, as aulas expositivas constituem-se em espaços de introdução teórica que ajudem a definir o campo da reflexão a realizar e a problematizar algumas das principais abordagens. Tal quadro teórico torna-se deste modo objecto de questionamento ao ser interpretável pelos estudantes, de acordo com as suas experiências e expectativas no campo da formação. Adicionalmente, o recurso a outras atividades visa diversificar os próprios modos de apreensão do saber. Tal significa que as metodologias de ensino não se encontram apenas centradas na transmissão de conteúdos teóricos, integrando igualmente uma dimensão praxeológica do trabalho, a qual se considera determinante como condição necessária ao desenvolvimento do processo de formação.

Metodologias de investigação

MEAC16_7 - ECTS Esta Unidade Curricular pretende responder aos objetivos propostos de desenhar um estudo e compreender e ser capaz de construir modelos estatísticos mais complexos através da construção e discussão de diversos modelos, nomeadamente pela compreensão das virtualidades e limitações de cada abordagem estatística.

Pensamento crítico e Desenvolvimento adulto

MEAC16_2 - ECTS A unidade curricular “Desenvolvimento adulto e pensamento crítico"pretende contribuir com conhecimentos, capacidades e atitudes comportamentais capazes de promover de modo deliberado o pensamento crítico na educação académica e clínica.

Avaliação em Educação Académica e Clínica

MEAC16_8 - ECTS A unidade curricular “Avaliação académica e clínica"pretende contribuir com conhecimentos, capacidades e atitudes comportamentais capazes de contribuir para o desenvolvimento de competências de avaliação em contexto académico e clínico.

Os temas tratados serão objeto de exposição oral com vista a aprofundar o conhecimento em termos dos modelos e técnicas de avaliação. O desenvolvimento de competências em procedimentos de avaliação apoia-se na análise de documentos técnicos (relatórios de avaliação de planos de melhoria), com vista a delinear planos de avaliação aplicados a contextos específicos (académico/clínico).

Comunicação Clínica

MEAC16_9 - ECTS

Esta UC pretende contribuir para formar profissionais de saúde competentes a nível científico, técnico e humano, que lhes permita exercer a sua atividade em instituições hospitalares, de investigaçao e de ensino. Este módulo dirige-se especificamente à formação de profissionais competentes a nível da relação humana (e comunicação humana) em contexto clínico, para eficaz consecução dos objetivos do encontro clínico. Por outro lado, a aprendizagem das competências comunicacionais, que estão na base de todo o acto clínico, faz-se sobretudo através do trabalho lado a lado com um modelo, pelo que a formação académica dos docentes nesta área se torna indispensável.

Educação Interprofissional

MEAC16_14 - ECTS

A organização Mundial da Saúde (OMS) em 2010 colocou, definitivamente, a educação interprofissional no centro da formação em saúde, clarificando a importância de "aprender juntos para trabalhar juntos por uma saúde melhor".

A segurança e qualidade dos cuidados em saúde implicam uma abordagem integral que contemple as múltiplas dimensões das necessidades de saúde das populações, pelo que a comunicação e a colaboração entre os diferentes profissionais é central em todos os processos (Zwarebstein, Goldman, Reeves, 2009).

A educação interprofissional é hoje entendida como a estratégia que procura formar profissionais mais críticos e reflexivos, capazes de trabalhar em equipa e de aprenderem juntos. Reconhece-se que é fundamental que os profissionais da saúde possam trabalhar colaborativamente compartilhando ações e conhecimentos. A aquisição de conhecimentos, habilidades e atitudes de cada um dos profissionais, para a resposta aos problemas e necessidades da população, deve conduzir à segurança e qualidade dos cuidados, prestados no respeito pelos príncipios éticos e deontológicos otimizando os recursos (WHO, 2010)

Acreditando que o conhecimento em saúde só faz sentido dentro do mundo do trabalho, e que os profissionais não trabalham sozinhos, importa reforçar que é a convivência e partilha de conhecimentos que transforma o processo de trabalho numa relação estreita entre teoria e prática.

A literatura sobre o trabalho em equipa e a prática colaborativa revela que a colaboração dos profissionais de diferentes áreas implica, também, a manutenção das especificidades de cada área (Zenzano et al, 2011), clarificando que a interdisciplinaridade requer a disciplinaridade (Iribarry, 2003). A interdisciplinaridade, enquanto meio de colaboração intensa, está associada a um espaço comum, que parte da integração do conhecimento e das especificidades de cada profissional para encontrar soluções para os problemas complexos.

A unidade curricular de educação interprofissional procurará reforçar a importância do trabalho em equipa e a integração da força de trabalho, respeitando as especificidades de cada profissão.

Neste sentido, enfatizar-se-ão estratégias que promovam a discussão dos papéis profissionais e as especificidades de cada profissão, a identificação de compromissos para a  solução de problemas e a negociação para a tomada de decisão sustentada no planeamento colaborativo.

A pertinência dos conteúdos definidos para a unidade curricular de Educação interprofissional foi discutida no contexto do perfil final para o Curso de Mestrado em Educação Académica e Clínica. Foram definidos prinicipios orientadores para a dimensão pedagógica do curso que incentivam a participação ativa dos estudantes na sua aprendizagem, pelo que foi organizada uma estratégia assente na pedagogia ativa com forte intervenção dos processos reflexivos e criativos dos estudantes.

Serão utilizadas metodologias adequadas para envolver os estudantes com o interprofissionalismo, no qual o trabalho em equipe, a discussão de papéis profissionais, o compromisso na solução de problemas e a negociação na tomada de decisão são características marcantes.

Esta unidade curricular procurará a reflexão sobre o desenvolvimento de competências comuns, específicas e colaborativas para os profissionais da saúde, que têm sido definidas como essenciais para a qualidade da formação profissional e dos cuidados de saúde.

Objetivos e competências nos currículos das Ciências da Saúde

MEAC16_13 - ECTS A educação em Ciências da Saúde baseada em competências, tem vindo a ganhar importância nos últimos anos. Esta unidade curricular vai abordar a sua contextualização no espaço europeu, os modelos de competências e o modo de as definir.

Preparação do projeto de dissertação

MEAC16_12 - ECTS Esta UC tem como objetivo auxiliar o estudante na elaboração do projeto de investigação a desenvolver no curso de mestrado, sendo assim nesta UC serão focados os aspetos mais relevantes necessários à escrita e concretização de um projeto científico.

Profissionalismo

MEAC16_11 - ECTS

A unidade curricular “Profissionalismo" pretende dotar os estudantes de competências não cognitivas que lhes permitam uma postura ética, honesta, justa, centrada no bem estar e na segurança do doente.

Supervisão em Educação Académica e Clínica

MEAC16_10 - ECTS

A UC de Supervisão em Educação Académica e Clínica é destinada a um público adulto, com experiência nas suas valências profissionais específicas, mas igualmente no trabalho de docência e aprendizagem de formações complexas de nível superior. Parte-se, pelo facto, de uma valorização prévia dos saberes científicos, mas igualmente experienciais deste público para os problematizar à luz, quer de práticas rotinizadas, quer da interpelação que saberes de outros campos científicos – no âmbito da educação como das práticas pedagógicas – poderão aportar a esta reflexão.

O forte peso da análise de situações concretas das práticas profissionais no cômputo da programação desta UC visa, pelo facto, inscrevê-la numa dinâmica de educação de adultos, a qual se distancia de uma formação básica e/ou elementar para a equacionar mais segundo um paradigma de educação contínua. Tem-se, por outro lado, presente que, no plano educativo, a formação não pode dissociar os seus conteúdos como as suas práticas da dimensão replicadora que lhe está implícita, pelo que essa é uma dimensão inscrita na própria planificação da formação.

Dissertação

MEAC16_16 - ECTS

Seminários de apoio

MEAC16_15 - ECTS Nesta UC, os estudantes vão ter a oportunidade de obter mais informação na área da educação académica e clínica, nomeadamente no que diz respeito a metodologias disponíveis e grupos de estudo nacionais e internacionais para eventuais colaborações.
Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2021 © Faculdade de Medicina da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Última actualização: 2012-12-06 I  Página gerada em: 2021-06-13 às 13:11:37 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais