Saltar para:
Logótipo
Você está em: Início » 212

Histologia e Embriologia

Código: 212     Sigla: 212

Ocorrência: 2006/2007 - A

Ativa? Sim
Instituição Responsável: Faculdade de Medicina

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
MED 273 Plano oficial a partir de 1999/00 2 7 12 -

Objetivos

O principal objectivo da Histologia e Embriologia consiste na descrição da estrutura microscópica e submicroscópica dos tecidos e órgãos que constituem os organismos biológicos, bem como o seu desenvolvimento embrionário e pós-natal.
É no entanto necessário que o aluno entenda a morfologia numa perspectiva funcional, não só para aumentar a motivação para o estudo da forma, mas, mais importante, para que possa compreender melhor como as modificações da forma levam a alterações da função e vice-versa.
Para atingir estes objectivos o programa curricular consta de um núcleo de conhecimentos básicos, fundamentais para a formação de qualquer médico, sendo fornecidas aos alunos as informações necessárias para um maior aprofundamento dos conhecimentos, à medida dos seus interesses e capacidades.

Programa

Aulas Teóricas: Introdução à Histologia e Embriologia; Tecidos Epiteliais; Tecidos Conjuntivos Moles; Tecidos Conjuntivos Duros; Tecido Muscular; Sangue e Hematopoiese; Embriologia Cardiovascular; Sistema Cardiovascular; Orgãos Hematopoiéticos; Embriologia do Sistema Nervoso; Tecido Nervoso; Embriologia do Olho e do Ouvido; Olho; Ouvido;; Embriologia do Aparelho Digestivo; Aparelho Digestivo I; Aparelho Digestivo II; Glândulas Anexas do Aparelho Digestivo; Glândulas Endócrinas I; Glândulas Endócrinas II; Aparelho Respiratório; Pele e Anexos; Embriologia do Aparelho Urogenital; Aparelho Urinário; Aparelho Genital Feminino; Aparelho Genital Masculino.

Aulas Práticas: Tecidos Epiteliais; Tecidos Conjuntivos Moles; Tecidos Conjuntivos Duros; Tecido Muscular; Sangue e Hematopoiese; Sistema Cardiovascular; Órgãos Hematopoiéticos; Tecido Nervoso I; Tecido Nervoso II; Olho; Ouvido; Aparelho Digestivo I; Aparelho Digestivo II; Glândulas Anexas e Embriologia Digestiva; Glândulas Endócrinas I; Glândulas Endócrinas II; Aparelho Respiratório; Pele e Anexos; Aparelho Urinário; Aparelho Genital Masculino Aparelho Genital Feminino.

Bibliografia Principal

Histologia
Bloom and Fawcett's Concise Histology, Fawcett, D.W. and Jensh, R.P.- 2nd Edition, Arnold Publishers, 2002
A Textbook of Histology - Bloom and Fawcett – 12th Edition, 1994;
Wheater's ' Functional Histology - 4th edition, Young, B. & Heath, J.W., Churchill Livingstone, 2000 (existe tradução brasileira da edição anterior, Guanabara Koogan, 1994)
Wheater's ' Functional Histology -A Text and Colour Atlas , 5th edition, Young, B. Lowe, J.S., Stevens, A., & Heath, J.W., Churchill Livingstone, 2006
Human Histology - Stevens and Lowe, 3rd Edition, Elsevier-Mosby, 2005;
Histologia Básica - Junqueira & Carneiro, 10ª edição, Guanabara Koogan, 2004

Embriologia
Langman's Medical Embryology - Sadler, T.W.- 9th edition, Williams and Wilkins, 2004 (existe tradução brasileira da edição anterior, Guanabara Koogan, 1997)
Developmental Biology - Gilbert, S.F.- 6th edition, Sinauer Associates Inc., 2000
Human Embryology - Larsen, W.J., 3ª ed., Churchill & Livingston, 2001

Bibliografia Complementar

Histologia
Atlas de Histologia - Vegue, Jesús Boya -, Editorial Médica Panamericana, S.A., 1999;
Atlas of Functional Histology - Kerr, J.B.-,Mosby, 2000.

Embriologia
The Developing Human - Clinically Oriented Embryology. Moore, K.L. and Persaud, T.V.N. - , 6th Edition, Saunders Company, 1998;

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

Aulas teóricas
As aulas teóricas serão constituídas por prelecções de 50 minutos cada, com frequência semanal. Destinam-se a transmitir aos alunos de forma clara os conhecimentos básicos sobre um determinado tema. Não visam abordar global e aprofundadamente qualquer assunto, pois a constante expansão do conhecimento biológico o impede, mas deverão possibilitar ao aluno, face a um livro de texto ou um artigo científico, conseguir distinguir o fundamental do acessório.

Aulas práticas
As aulas práticas são constituídas por blocos de duas aulas semanais de duas horas cada. Na primeira aula da semana o docente apresentará de forma sucinta os objectivos da aula e seguidamente os alunos deverão observar as estruturas microscópicas de acordo com um sumário previamente distribuído, fomentando deste modo a sua capacidade de auto-aprendizagem. Na segunda aula da semana os alunos discutirão com o docente as dúvidas surgidas e será efectuada uma análise geral da matéria em estudo.

Estudo individual
No ano lectivo em curso, por falta de espaços disponíveis, os alunos apenas poderão efectuar o estudo do material das aulas práticas durante as próprias aulas e durante 2 horas nas tardes de quarta-feira. No período que precede a avaliação prática haverá maior possibilidade de estudo, segundo horário a estabelecer.

Tipo de avaliação

Avaliação distribuída com exame final

Obtenção de frequência

Obtenção de nota mínima (10 valores) na prova prática (ou no conjunto das duas provas práticas parciais no caso de realização de frequências);
Obtenção de nota mínima (10 valores) na prova teórica (ou no conjunto das duas provas teóricas parciais no caso de realização de frequências);
Obtenção de classificação final mínima de 10 valores;

Fórmula de cálculo da classificação final

A classificação final é calculada pela fórmula:

(Prova Teórica x 3 + Prova Prática)/4

A aprovação na disciplina obriga a classificação final mínima de 10 valores (escala de 0 a 20).

Melhoria de classificação

Os alunos que pretenderem fazer melhoria de nota terão que obrigatoriamente realizar a prova prática e a prova teórica, independentemente da nota anteriormente obtida em cada uma destas provas.
Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2022 © Faculdade de Medicina da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2022-01-27 às 00:24:53 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais