Saltar para:
Logótipo
This page in english Ajuda Autenticar-se
Repositório Aberto UP
Você está em: Início > MD1201
Autenticação




Esqueceu-se da senha?

Mapa das Instalações
Principal

Anatomia II

Código: MD1201     Sigla: A II

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
OFICIAL Medicina

Ocorrência: 2012/2013 - 2S Ícone do Moodle

Ativa? Sim
Página Web: http://moodle.up.pt/course/view.php?id=3548
Unidade Responsável: Mestrado Integrado
Curso/CE Responsável: Mestrado Integrado em Medicina Dentária

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
MIMD 140 PLANO OFICIAL 2007/2008 BOLONHA 1 - 6 99 162

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Américo dos Santos Afonso Regente

Docência - Horas

Teórica: 2,00
Teorico-Prática: 1,00
Prática: 2,50
Tipo Docente Turmas Horas
Teórica Totais 4 8,00
Susana Maria de Sousa Silva Ferreira 2,00
Prática Totais 4 10,00
Susana Maria de Sousa Silva Ferreira 7,00

Língua de trabalho

Português

Objetivos

O ensino/aprendizagem da Anatomia é um suporte fundamental para qualquer curso da área médica, sendo essencialmente no início da licenciatura que o desenvolvimento das capacidades de observação e descrição morfológicas encontra terreno mais favorável.
Neste sentido, para que as características do funcionamento normal do organismo possam ser compreendidas e para que os desvios da normalidade possam ser interpretados, é indispensável a aquisição precoce de conhecimentos anatómicos. De igual modo, a linguagem médica tem particularidades terminológicas que têm por base uma nomenclatura anatómica, permitindo a todos os que se dedicam a esta área, compreender e serem compreendidos.
No curso de Medicina Dentária entende o corpo docente da disciplina de Anatomia, que a mesma seja leccionada de forma topográfica, de modo a que os alunos adquiram os conhecimentos necessários para a sua vida profissional.

Esta disciplina tem por objectivos:
-Proporcionar a aquisição de conhecimentos morfo-funcionais dos diferentes aparelhos e sistemas, de modo a que cada aluno obtenha a noção geral da unidade desses componentes para, mais tarde, analisar a integração morfológica e funcional do corpo humano.
-Aprofundar os conhecimentos morfo-funcionais das várias regiões do corpo humano preparando o aluno para as disciplinas profissionalizantes.

Programa

PROGRAMA DAS AULAS TEÓRICAS

Coluna vertebral. Articulações.
Caixa torácica. Ossos, articulações e músculos da parede torácica.
Vascularização e enervação das paredes torácicas. Sistema ázigos.
Pulmões, pleura e regiões pleuropulmonares.
Mediastino: divisões e conteúdo.
Coração e grandes vasos. Pericárdio.
Membro superior: ossos, articulações.
Membro superior (I): grupos musculares.
Membro superior (II): grupos musculares.
Membro superior: plexo braquial. Vascularização e enervação.
Anatomia do peritoneu. Cavidade peritoneal.
Músculos e fáscias das paredes abdominais. Canal inguinal.
Vascularização abdominal.
Músculos e fáscias das paredes pélvicas.
Períneo, suas divisões e conteúdos (I)
Períneo, suas divisões e conteúdos (II)
Tubo digestivo (I)
Tubo digestivo. (II)
Fígado e vias biliares. Pâncreas e canais pancreáticos. Baço.
Aparelho urinário. Glândulas suprarrenais.
Anatomia dos órgãos genitais masculinos.
Anatomia dos órgãos genitais femininos.
Membro inferior: ossos e articulações. (I)
Membro inferior: ossos e articulações. (II)
Membro inferior: grupos musculares. (I)
Membro inferior: grupos musculares. (II)
Membro inferior: plexo lombo-sagrado. Vascularização e enervação. (I)
Membro inferior: plexo lombo-sagrado. Vascularização e enervação. (II)


PROGRAMA DAS AULAS TEÓRICO-PRÁTICAS E PRÁTICAS

Coluna vertebral. Articulações.
Esterno, costelas e cartilagens costais.
Articulações e músculos do tórax.
Vascularização e inervação das paredes torácicas. Sistema ázigos.
Pulmões, pleura e regiões pleuro-pulmonares.
Coração e grandes vasos. Pericárdio.
Membro superior: ossos e articulações. (I)
Membro superior: ossos e articulações. (II)
Membro superior: grupos musculares. (I)
Membro superior: grupos musculares. (II)
Membro superior: grupos musculares. (III)
Membro superior: plexo braquial, enervação e vascularização.
Músculos das paredes abdominais. Canal inguinal.
Músculos das paredes pélvicas.
Tubo Digestivo.
Fígado e vias biliares. Pâncreas e canais pancreáticos. Baço.
Aparelho urinário. Glândulas suprarrenais.
Órgãos genitais masculinos e femininos.
Membro inferior: Ossos e articulações. (I)
Membro inferior: Ossos e articulações. (II)
Membro inferior: Grupos musculares. (I)
Membro inferior: Grupos musculares. (II)
Membro inferior: Grupos musculares. (III)
Membro inferior: Vascularização e enervação.

Bibliografia Obrigatória

Moore, Keith L.; Clinically oriented anatomy. ISBN: 0-7817-3639-0 (Moore)
Johnson D.R.; Anatomy for dental students. ISBN: 0-19-262673-6
Netter Frank H.; Atlas of human anatomy. ISBN: 1-929007-11-6
Sobotta, Johannes 1869-1945; Sobotta. ISBN: 3-437-41940-4

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

- Aulas Teóricas: de introdução a grandes temas, de síntese de matérias versadas nas aulas práticas e de explanação de temas de difícil abordagem nas aulas práticas.

- Aulas Teórico-Práticas: de introdução aos temas a abordar nas aulas prática.

- Aulas Práticas: estudo, em grupos pequenos, de temas de acessível abordagem prática, nas quais a auto-aprendizagem desempenha papel fundamental; algumas são de carácter tutorial com discussão de temas em grupo.

Software

http://moodle.up.pt/course/view.php?id=1004&sesskey=2hJ7db7XkL&switchrole=5
http://www.visiblebody.com/

Palavras Chave

Ciências da Saúde > Ciências Médicas > Medicina > Anatomia humana

Tipo de avaliação

Avaliação por exame final

Obtenção de frequência

A avaliação contínua (AC) será efectuada ao longo do período lectivo e está cotada para 2 valores.
O período de avaliação de cada semestre inclui uma época normal e uma época de recurso. Esta Avaliação Final abrangerá toda a matéria constante do plano curricular. Cada avaliação incluirá uma prova prática e outra teórica.

Prova Prática: habitualmente denominada de “gincana”. Os alunos deverão identificar sucessivamente as estruturas assinaladas nas peças dos modelos anatómicos, dispondo de 30 segundos para cada estrutura. Para obter a classificação de 9 valores, o aluno terá que identificar correctamente 24 das 30 estruturas. Somente serão admitidos à prova escrita os estudantes que obtiverem classificação igual ou superior a 9 valores na prova prática.

Prova Teórica: exame escrito com 60 questões, cotado para 20 valores. As questões serão de escolha múltipla em que apenas uma entre cinco alíneas estará correcta e resposta escrita.
Para aprovação na disciplina, o aluno tem de ter aprovação na prova prática e na prova teórica (nota mínima de 9 valores em cada uma das avaliações). A nota final desta avaliação será resultado da aplicação da seguinte fórmula (3*avaliação teórica + 1* avaliação prática / 4 = AF) e terá que ser superior a 9 valores.

No caso de o aluno obter classificação positiva na avaliação prática e na avaliação teórica, será ainda contabilizado na classificação a avaliação contínua e a assiduidade, nas seguintes condições:
- A avaliação contínua (AC) será efectuada ao longo do período lectivo e está cotada para 2 valores.
- A assiduidade do aluno representa 10% da nota final do aluno, podendo atingir um máximo de 2 valores.

Fórmula de cálculo da classificação final

A nota final da disciplina será calculada pela aplicação da seguinte fórmula:
AF (80%) + AC (10%) + Assiduidade (10%) = 100%
Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2017 © Faculdade de Medicina Dentária da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2017-09-20 às 21:14:34