Saltar para:
Logótipo
Comuta visibilidade da coluna esquerda
Você está em: Início > MEG007

Geografia Física

Código: MEG007     Sigla: GF

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
OFICIAL Geografia

Ocorrência: 2016/2017 - 1S Ícone do Moodle

Ativa? Sim
Unidade Responsável: Departamento de Geografia
Curso/CE Responsável: Mestrado em Ensino de Geografia no 3º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
MEG 10 MEG - Plano de Estudos 1 - 6 52 162

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Carlos Valdir de Meneses Bateira Regente

Docência - Horas

Teorico-Prática: 3,00
Orientação Tutorial: 1,00
Tipo Docente Turmas Horas
Teorico-Prática Totais 1 3,00
Carlos Valdir de Meneses Bateira 2,00
Helena Cristina Fernandes Ferreira Madureira 1,00
Orientação Tutorial Totais 1 1,00
Helena Cristina Fernandes Ferreira Madureira 0,50
Carlos Valdir de Meneses Bateira 0,50

Língua de trabalho

Português

Objetivos

- Complementar, reforçar e aprofundar a formação académica de base em Geografia, incidindo sobre os conhecimentos necessários ao professor de Geografia do ensino básico e secundário

- Aprofundar o conhecimento das entidades específicas, dos símbolos e dos métodos da Geografia Física;

- Aprofundar a compreensão dos fundamentos e dos princípios teóricos básicos;

- Aperfeiçoar a agilidade na análise da informação estatística, documental, cartográfica e bibliográfica utilizada em Geografia Física;

- Praticar a aplicação e utilização dos conceitos, dos princípios e dos métodos apreendidos em situações novas, exercitando a sua capacidade de síntese da informação;

- Compreender as especificidades das características biogeofísicas de Portugal;

- Realizar, autonomamente e em grupo, a interpretação das relações de causalidade existentes nos Geosistemas em diversas escalas espaço-temporais de análise.

Resultados de aprendizagem e competências

Esta unidade curricular visa aprofundar conceitos associados à Geografia Física, articulando e adaptando os conhecimentos adquiridos pelos estudantes durante a licenciatura, com os conteúdos programáticos do ensino básico e secundário. Estes últimos incorporam as orientações curriculares específicas dos níveis de ensino a que se destinam, a que se associa uma vertente mais aplicada, com recurso às geotecnologias.

A adopção de uma perspetiva sistémica para a aprendizagem sobre os elementos e os fatores biogeofísicos facilitará a motivação dos estudantes para as inúmeras pesquisas, noutros domínios do saber, que são necessárias para melhorar a literacia no domínio da Geografia Física e para aperfeiçoar as competências de (re)ação e adaptação à variabilidade intrínseca aos Geosistemas.

Modo de trabalho

Presencial

Programa

1- Clima – recurso e risco natural

2 – Geomorfologia.

3 – Hidrologia.

4 – Biogeografia.

5 - Recursos Naturais – contexto global e nacional.

6 - Riscos Hidrogeomorfológicos e Riscos Mistos.

Bibliografia Obrigatória

BURROUGHS, W.J; Does the Weather really matter? The social implications of climate change, University Press, 1997
HAMBLIN, W.K.; CHRISTIANSEN, E.H; Earth's dynamic systems, Prentice Hall, 2004
LENCASTRE, A.; FRANCO, F. M.(; Lições de Hidrologia, UNL-FCT, 1984
MONTEIRO, A; O clima urbano do Porto. Contribuição para a definição das estratégias de planeamento e ordenamento do território, FCG/JNICT, 1997
OKE, T.R.; Boundary Layer Climates, Routledge, 1990
PIDWIRNY, M. ; Fundamentals of Physical Geography, 2006

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

As aulas repartem-se entre momentos mais expositivos e outros com maior participação dos estudantes. O trabalho prático deverá revelar a prática de atividades experimentais de aplicação dos conteúdos ao contexto professional do futuro professor de Geografia, seja através da reflexão crítica em torno das matérias a lecionar no ensino básico e secundário, ou da produção de recursos abordagens facilitadoras da aprendizagem dos conteúdos em causa.

Avaliação distribuída: compreende o debate e reflexão presencial (50%) e o estudo de um tema através da realização de trabalho de campo (25%) e de um trabalho escrito (25%).

Tipo de avaliação

Avaliação distribuída sem exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Participação presencial 50,00
Trabalho de campo 25,00
Trabalho escrito 25,00
Total: 100,00

Componentes de Ocupação

Designação Tempo (Horas)
Elaboração de relatório/dissertação/tese 15,00
Estudo autónomo 58,00
Frequência das aulas 39,00
Trabalho de investigação 50,00
Total: 162,00

Fórmula de cálculo da classificação final

Pesquisa e reflexão presencial (50%) + trabalho de campo (25%) + trabalho escrito (25%)
Recomendar Página Voltar ao Topo