Saltar para:
Logótipo
Comuta visibilidade da coluna esquerda
Você está em: Início > Publicações > Visualização > Teatros Portugueses de Raíz Italiana

Teatros Portugueses de Raíz Italiana

Título
Teatros Portugueses de Raíz Italiana
Tipo
Tese
Ano
2003
Autores
Luis Carneiro
(Autor)
FAUP
Ver página pessoal Sem permissões para visualizar e-mail institucional Pesquisar Publicações do Participante Sem AUTHENTICUS Ver página ORCID
Classificação Científica
FOS: Humanidades > Artes
CORDIS: Humanidades > Artes
Instituições Associadas
FAUP - Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto
Outras Informações
Resumo (PT): A Tese de Doutoramento “Teatros Portugueses de Raíz Italiana”, investiga, recolhe, reconstitui, estuda, analiza, ordena, agrupa e interpreta, o conjunto de teatros realizados em Portugal continental desde os inícios do séc. XVIII até finais do primeiro terço do séc. XX. Não só se coligiu e repertoriou uma grande quantidade de fontes dispersas e fragmentárias, como se encontrou, levantou, redesenhou, reconstruiu ou reconstituiu, os desenhos de cerca de nove dezenas de teatros hoje desaparecidos ou cujas versões originais se desconheciam. Este exercício, parte substantiva e determinante do conjunto, sustenta o subsequente processo de estudo, sendo a maioria deste material original ou inédito. A abordagem parte sempre do uso extensivo do desenho e apoia-se permanentemente nos pressupostos disciplinares da arquitectura: programa, forma, construção, uso… Além da apresentação deste material, a homogeneização de representação, a sequencialização e ordenamento de objectos arquitectónicos de um mesmo tema e de um período tão longo, permite estabelecer, pela primeira vez, um quadro de referência para este inexplorado nicho. O ordenamento é, em geral, articulado cronologicamente, mas também por identidade morfológica, embora, por vezes, haja excepções para para melhor esclarecer alguma situação específica. Estrutura-se em quinze capítulos que se alinham “Do Grau Zero Aos Primeiros Indícios” até aos “Teatros Maduros, Filogenias Paralelas”, cada um dos quais apresenta um teatro ou um agrupamento de teatros. Estes capítulos estão articulados em cinco partes que identificam grandes divisões, sejam elas determinadas pelos momentos de articulação e viragem, seja pelos grupos a destacar, estruturando-se assim uma grelha ordenadora. Constatou-se uma inesperada riqueza face ao quase absoluto desconhecimento que dominava este campo, mas verificou-se também uma relativa pobreza quanto ao valor absoluto da maioria das obras. Observou-se, tal como em outros temas da arquitectura portuguesa, serem as mudanças sempre promovidas pela importação de novos modelos que se difundem lentamente por todo o país, sucessivamente copiados e replicados, num processo pouco qualificado que os vai progressivamente empobrecendo, como ecos de um som original que se mantém até ao surgimento de um novo ciclo. Porém, peculiarmente, nos períodos mais tardios, ao invés dos modelos mais recentes tenderem a substituir os mais arcaicos, verifica-se que todos os vários modelos acumulados ao longo de mais de um século, desde meados de setecentos, se vão tranquilamente reproduzindo, em paralelo e em simultâneo, mantendo as suas próprias linhagens genealógicas, sem tentativas de cruzamento ou de síntese, num cruel retrato da arquitectura —e da cultura— portuguesa. O texto é completado com uma listagem de fontes, assim como com listagens de referência, quer de teatros quer de autores de edifícios.
Abstract (EN): The thesis “Portuguese Theatres of Italian Influence” is devoted to the research, collection, reconstitution, study, analysis, arrangement and interpretation of a set of theatres built in Portugal in the period ranging between the beginning of the 18th century and the end of the first quarter of the 20th century. A large amount of scattered and fragmentary information was compiled and reported and the drawings of nearly ninety theatres, which no longer exist or whose original versions have remained unknown up so far, were found, surveyed, redesigned, reconstructed or recovered. The work developed, a substantive and decisive fraction of a whole, sustains the subsequent study process, being most of this material original or unpublished. The approach always starts with the extensive use of the drawing and is permanently supported by architectural disciplinary subjects: plan, shape, construction and purpose… The homogeneous representation, the sequence and the arrangement of architectural items on the same topic covering such a long period, allows establishing, for the first time, a table of references concerned with this till now unexplored matter. The arrangement generally follows both a chronological order and a morphological identity, though exceptions may eventually occur in order to better clarify some specific situation. The thesis is composed of fifteen aligned chapters from “Ground Zero to the First Signs” to “Mature Theatres, Parallel Phylogenies” each one representing a playhouse or a set of theatres. These chapters are articulated into five parts, which identify major sections characterized either by moments of connection and turning points or by distinct sets, thus building an organizing a grid pattern in the area of Portuguese architecture. It was observed an unexpected richness in this almost unknown art field, though the absolute value of most of the works was of some humbleness. Like other architectural issues in Portugal, it is ascertained that changes are always promoted by means of newly imported styles and forms, slowly disseminated countrywide in a succession of copies and replicas, following a very little qualified process, which contributes to their progressive impoverishment, as the echoes of an original sound, till a new cycle takes the lead. In later periods, however, it is observed that instead of more ancient models being replaced by more recent ones, all those accumulated for more than a hundred years, far back to the middle of the 18th century, are being pacifically reproduced, in parallel and simultaneously, keeping up their own genealogical lineage with no crossing or synthesizing attempts, in a realistic image of the Portuguese architecture and culture. The work concludes with long lists of sources and references either of playhouses and authors of theatre buildings.
Idioma: Português
Tipo (Avaliação Docente): Científica
Contacto: lcarneiro@arq.up.pt
Notas: A tese aguarda publicação pela Editorial FAUP
Nº de páginas: 1200
Documentos
Não foi encontrado nenhum documento associado à publicação.
Publicações Relacionadas
Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2020 © Faculdade de Letras da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2020-10-31 às 08:31:03 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais