Saltar para:
Logótipo
Comuta visibilidade da coluna esquerda
Você está em: Início > Notícias > 2º Encontro - Debate: DOS SUICIDADOS - O VÍCIO DE HUMILHAR A IMORTALIDADE

2º Encontro - Debate: DOS SUICIDADOS - O VÍCIO DE HUMILHAR A IMORTALIDADE

27 de fevereiro | 17h30 - 19h30 | Sala do Departamento de Filosofia

"Prosseguindo uma pesquisa coreográfica intimamente ligada à filosofia e à literatura, “Dos Suicidados – O Vício de Humilhar a Imortalidade” ancora-se, desta vez, no poeta modernista Raul Leal. Toma-se a sua estética do abjeto divinizado, em que a Queda já não o é, transfigurando-se em Vertigem, presente, sem primeiro passado, sem último futuro. 

"Dos Suicidados -O Vicio de Humilhar a Imortalidade" conjugou eixos de pesquisa entre filosofia, ficção literária e composição coreográfica. O primeiro seguiu o Raul Leal de "Sodoma Divinizada", que contrapõe à Saudade a Vertigem e a Lúxuria: o "manifestar-se puro, berrante, bestial" como força motriz de redenção estética e vital.  Surge em Raul Leal como divinização do vício (Lúxuria) orientado num convulsivo exuberante (Vertigem), manifestação «pura, evidente berrante, bestial», da «Carne-Espírito» que funde macho e fêmea num só. Em "Ultra Razão" bestial do "subtilmente espasmódico" que indefine, indetermina, ilimita as formas.  O segundo seguiu Sade , Genet, Artaud, Crowley, que entroncam quase diretamente no universo de Lúxuria e Vício a que Raul Leal aspira com a sua «Lúxuria de Fera» (Mário Cesariny). Integram, a seu modo, a redenção que Leal preconiza. Genet de "Nossa Senhora das Flores" e "O Funâmbulo", o obscuro unido com o obsceno e o redimir a nova luz, um inflamar" transsexual dançado no jogo suicidário do arame para uma morte obcecada por vida. Em Artaud: "embarcamos no dia em que decidimos realmente acabar com a vida" e "Do homem nem a cabeça restaria; e mesmo assim teria que ser uma cabeça esburgada, maleável e orgânica". No terceiro integramos no processo criativo noções de acontecimento (Deleuze) e impossível (Derrida): um acontecimento impossível no instante. 

Mais informações: https://ifilosofia.up.pt/activities/2o-encontro-debate-dos-suicidados-o-vicio-de-humilhar-a-imortalidade

Cartaz
Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2019 © Faculdade de Letras da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2019-03-21 às 23:20:35 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais