Saltar para:
Logótipo
Comuta visibilidade da coluna esquerda
Você está em: Início > Cursos/CE > Mestrado > MSIGOT > Informação para Candidatos

Cursos

Mestrado em Sistemas de Informação Geográfica e Ordenamento de Território

Dados Gerais

Código Oficial: 9637
Sigla: MSIGOT

Diplomas

  • Mestrado em Sistemas de Informação Geográfica e Ordenamento do Território (120 Créditos ECTS)
  • Curso de Mestrado em Sistemas de Informação Geográfica e Ordenamento do Território (60 Créditos ECTS)

Unidades Curriculares

Aquisição e Edição de Dados Geográficos

MSIGOT006 - ECTS

Compreender de que forma os dados geográficos se devem estruturar.

Compreender os diversos métodos de aquisição de dados geográficos, organizar e construir a informação desde a fase de aquisição até ao tratamento em gabinete.

Tratar e transformar informação geográfica em diversos formatos.

Conhecer e aplicar a legislação corrente no que diz respeito a metadados.

Ministrar conhecimentos básicos sobre a detecção remota, seus príncipios e aplicações.

 

Bases de Dados Relacionais

MSIGOT025 - ECTS

Os mestres em SIG e Ordenamento do Território devem aplicar conhecimentos básicos de bases de dados relacionais, tecnologia base da maior parte das atuais soluções SIG.
Os dados geográficos compreendem uma componente alfanumérica, comum com as bases de dados relacionais, mas também uma componente espacial.
Nesse sentido, o programa foca-se no projeto de bases de dados relacionais, com um enfoque grande na modelação conceptual de situações problemáticas, e na sua conversão para o modelo relacional e uma sensibilização para a sua normalização.
Adicionalmente, são analisadas as componentes de dados geográfico, e as extensões espaciais às bases de dados relacionais, bem como as diferenças para o projeto de base de dados para SIG.

Cartografia e Sistemas de Informação Geográfica

MSIGOT008 - ECTS A UC visa consolidar conhecimentos e competências nos estudantes na aplicação dos SIG ao tratamento e análise de dados gráficos e tabulares, seguindo regras para a produção de cartografia rigorosa e de qualidade, fomentando uma postura crítica dos resultados e reconhecendo que os SIG são uma ferramenta essencial aos trabalhos actualmente exigidos aos profissionais de OT.
Os primeiros conteúdos versam os procedimentos de funcionamento dos SIG, o reconhecimento dos sistemas geodésicos mais usados e a forma como adquirir, estruturar e operar com diversos dados SIG. Posteriormente, incide-se sobre conceitos/fundamentos teóricos ligados aos elementos do mapa, variáveis visuais e tipos de variáveis inerentes à cartografia.
Finalmente, explora-se a realização de cartografia temática com os SIG, desenvolvendo o espírito crítico dos estudantes e incentivando-se a aplicação dos SIG no seu futuro percurso profissional.

Geração de Superfícies

MSIGOT010 - ECTS

No final do semestre, espera-se que os estudantes sejam capazes de:

  1. Conhecer os diferentes métodos de aquisição de dados tridimensionais usados na criação de Modelos Digitais de Terreno (MDT), na sua visualização, exploração e extração de informação derivada.
  2. Extrair informações dos MDT para geração de mapas hipsométricos, mapas de declives, mapas de exposições de encostas, mapas de relevo sombreado, mapas de intervisibilidade, cálculo de volumes e perfis.
  3. Integrar a informação para construção de um pequeno modelo geográfico onde serão utilizados dados de diferente natureza com espacial destaque para as superfícies obtidas por interpolação.
  4. Demonstrar competências e conhecimentos relacionados com a aquisição, manipulação e análise de informação tridimensional, e aplicar estes conhecimentos em diversos contextos e áreas científicas.
  5. Estruturar e representar graficamente a informação tridimensional, articulando-a com os conhecimentos de cartografia previamente adquiridos.

Instrumentos de Planeamento e Ordenamento do Território

MSIGOT013 - ECTS
1. Compreender a legislação e os conceitos dominantes no ordenamento e planamento do território, atendendo às diferentes escalas territoriais de análise/ação.
2. Construir e aprofundar uma estrutura sistémica e multiescalar de pensamento sobre os processos de planeamento e ordenamento do território
3. Compreender e explicar o caráter multidimensional do ordenamento e planeamento territorial.
4. Conhecer e compreender alguns exemplos de modelos de ordenamento e planaeamento territorial a nível mundial
5. Adquirir e desenvolver competências de reflexão e comunicação (escrita e oral), reforçando as aprendizagens conceptuais e a capacidade de intervenção a nível territorial.

Análise Espacial

MSIGOT031 - ECTS

Espera-se que no final desta UC os estudantes sejam capazes de:

  1. Enquadrar a análise e modelação espacial no contexto da evolução dos SIG e perspectivar as tendências de evolução.
  2. Compreender as diferentes possibilidades de análise espacial em SIG vectorial e SIG matricial
  3. Realizar diferentes operações e funções em modelos vectoriais e matriciais;
  4. Desenvolver modelos espaciais com recurso ao Model Builder;
  5. Utilizar e compreender os diferentes métodos de interpolação espacial;
  6. Conceptualizar um projecto de trabalho em análise espacial, e resolver problemas de análise espacial sabendo escolher as operações e técnicas mais adequadas.

Análise Espacial Avançada

MSIGOT036 - ECTS

Espera-se que no final desta UC os estudantes sejam capazes de:
1. Aplicar diferentes procedimentos de processamento de imagem a diferentes tipos de imagens de satélite: analisar um histograma, aplicar diferentes filtros a uma imagem.
2. Aplicar algoritmos de classificação supervisionada e não-supervisionada a diferentes tipos de dados, analisem a exatidão desse procedimento e geram mapas temáticos.
3. Compreender os principais factores que afectam o uso/ocupação do solo e saber analisar as alterações dum ponto de vista quantitativo, recorrendo a matrizes de transição e métricas de paisagem, assim como simular cenários.
4. Realizar análises espaciais em ambiente SIG, e desenvolver modelos de interação espacial, em particular tendo por base redes de transportes.
5. Saber utilizar os métodos e técnicas disponíveis para análise de problemas espaciais, quer em software comercial, quer em software livre.

Cartografia dos Riscos

MRCOT001 - ECTS

1. Compreender as metodologias de elaboração da cartografia de riscos; 
2. Identificar áreas de risco;
3. Integrar a informação sobre a dinâmica do meio físico com a identificação de risco;
4. Organizar a informação em sistemas de informação geográfica (SIG);
5. Introduzir a problemática do risco no planeamento e ordenamento do território.

Cidades e Sustentabilidade Ambiental

MRCOT043 - ECTS

Espera-se que no final desta UC, os estudantes sejam capazes de: (1) conhecer e aplicar corretamente terminologia, princípios e teorias no domínio sustentabilidade urbana. (2) compreender as problemáticas ambientais urbanas na interdependência entre diferentes escalas de análise e entre os ambientes natural e social. (3) Manifestar sensibilidade relativamente às questões da sustentabilidade ambiental nas cidades, envolvendo-se na identificação e resolução de problemas. (4) selecionar, tratar, interpretar e produzir informação geográfica adequada e à avaliação de problemas e de desenho de propostas no âmbito da sustentabilidade urbana;

 

Introdução à Programação em SIG

MSIGOT028 - ECTS

A abordagem inicial passa pelo domínio básico das técnicas de programação e da resolução de problemas informáticos de baixa complexidade através da identificação do algoritmo mais adequado. Este estudo inicial é praticado utilizando um ambiente de aprendizagem em Python com output gráfico.
Na fase seguinte, é abordada a biblioteca ArcPy, e são demonstradas várias utilizações destas funções para diversos tipos de automatização de tarefas em SIG.
Numa fase posterior é utilizado um IDE profissional para o desenvolvimento de programas de complexidade ligeiramente, desenvolvendo abstrações procedimentais e de dados.
Finalmente, os estudantes desenvolvem um trabalho prático, em grupo, onde aplicam todas as competências desenvolvidas na prosecução da solução para um problema de média complexidade.

Métodos de Estatística Aplicada

MSIGOT023 - ECTS 1- Compreender os conceitos básicos e os procedimentos elementares e fundamentais da teoria e da prática da Estatística.
2- Perceber de que forma o domínio da Estatística pode ser útil para a análise espacial em Sistemas de Informação Geográfica.
3- Saber distinguir e aplicar corretamente os conceitos e técnicas da Estatística, de acordo com os problemas em causa ou com os objetivos específicos a desenvolver.
4- Aplicar diferentes métodos de estatística espacial.
5- Obter competências no uso de ferramentas informáticas (nomeadamente SPSS, ArcGis e eventualmente  R) no tratamento/análise de estatística de dados espaciais e na resolução de problemas.

Planeamento e Gestão Urbana

MRCOT056 - ECTS
  1. Identificar o papel da gestão urbana face a problemas urbanos, vistos na sua dimensão espacial.
  2. Diferenciar tipos, métodos e escalas de gestão urbana, tendo em consideração os tipos, escalas e tempos do planeamento.
  3. Conhecer os diferentes agentes que intervêm no espaço urbano e a natureza da sua intervenção.
  4. Analisar as tendências pesadas e as incertezas cruciais e refletir os desafios do futuro, promovendo atitudes mais reflexivas e críticas e simultaneamente mais recetiva às mudanças.
  5. Dominar algumas metodologias e ferramentas da prospetiva e incorporar nas metodologias do planeamento estratégico as metodologias da prospetiva.
  6. Adquirir e desenvolver competências analíticas, de ação e comunicação, através da formulação de processos de prospetiva de base territorial.

Recursos Hídricos e Ordenamento Territorial

MRCOT027 - ECTS

- Conhecer as características peculiares da água e sua importância para a vida;
- Compreender o funcionamento do ciclo hidrológico e o seu papel na repartição da água e do calor à superfície do Globo;
- Identificar problemas relacionados com os recursos hídricos a diversas escalas de análise;
- Caracterizar as situações hidrológicas extremas e suas implicações no ordenamento do território;
- Analisar a problemática da governança da água, nomeadamente nas suas implicações económicas, ambientais, jurídicas e sociais;
- Avaliar as consequências das alterações climáticas nos recursos hídricos.

Seminário de Projeto

MSIGOT026 - ECTS Esta UC pretende desenvolver conhecimentos e competências que permitam ao estudante construir um projeto de investigação. Inicialmente, exercita-se a pesquisa de literatura científica recorrendo a portais que a disseminam, explorando as suas potencialidades, as métricas que usam e as vantagens  da literatura científica revista por pares.
De modo prático, explicitam-se as regras formais de organização, estruturação e redação de relatórios, dissertações e artigos. Utilizando o EndNote, exemplifica-se a vantagem de usar ferramentas informáticas dedicadas à pesquisa, à criação de bases de dados bibliográficos e à edição automática de bibliografia.
Os conhecimentos, as técnicas e metodologias lecionadas nas sessões iniciais, são depois aplicadas e desenvolvidas pelos estudantes na construção do seu CV online e na elaboração do projeto individual de investigação que guiará o seu trabalho no 2º ano do CE.

Urbanismo e Morfologia Urbana

MRCOT038 - ECTS

A construção dos objetivos de aprendizagem resultou da consideração dos objetivos e competências a adquirir previstas para o ciclo de estudos (e decorrentes do perfil de pós-graduado delineado), bem como dos conteúdos programáticos disciplinarmente pertinentes para a UC, tendo em conta, ainda, o nível de profundidade do ciclo de estudos. Além disso, tratando-se de um ciclo de estudos da área da Geografia e centrando-se os conteúdos da UC nos territórios/espaços urbanos, é óbvia a pertinência destes para permitir alcançar os objetivos previstos para o ciclo de estudos, sendo a coerência entre conteúdos programáticos e objetivos de aprendizagem ainda reforçada pelas metodologias de ensino/aprendizagem previstas.
Naturalmente, os objetivos abordam-se no ítem seguinte sobre os resultados de aprendizagem e competências.

Dissertação de Natureza Científica

MSIGOT009 - ECTS
No final da UC espera-se que os estudantes sejam capazes de:
1. Executar um trabalho individual de investigação e desenvolvimento, conducente à elaboração de uma dissertação de natureza científica sobre um tema da área de conhecimento do ciclo de estudos,
2. Evidenciar a integração e aplicação de conhecimentos, competências e atitudes adquiridas ao longo do CE na resolução de problemas relativamente complexos,
3. Promover o desenvolvimento de capacidades de iniciativa, de decisão, de inovação, de pensamento criativo e crítico;
4. Demonstrar competências na recolha de informação e sua análise, na seleção das metodologias de abordagem e dos instrumentos de resolução do problema de investigação.

Relatório de Estágio

MSIGOT022 - ECTS
A realização de um estágio pressupõe que o estudante no final da UC seja capaz de: integrar-se no ambiente de trabalho da área profissional para a qual está a adquirir competências; obter uma experiência de interação com técnicos qualificados e em exercício; contactar com as exigências do quotidiano profissional; aprender a planear, programar e executar com os recursos existentes; valorizar a ética, persistência, coerência, iniciativa, criatividade e qualidade no trabalho.

O Relatório de Estágio espelhará não só os progressos realizados e constrangimentos encontrados durante a permanência na instituição de acolhimento, como apresentará os resultados da investigação realizada sobre um tema selecionado, o estado do conhecimento, as fontes de informação levantadas/utilizadas, e mais-valias da aplicação de técnicas e metodologias atualizadas.

Trabalho de Projeto

MSIGOT020 - ECTS
No final da UC espera-se que os estudantes sejam capazes de desenvolver um trabalho de projeto visando a integração e aplicação de conhecimentos, competências e atitudes adquiridas ao longo do curso. Trata-se de um projeto de investigação aplicada, visando a integração e aplicação de conhecimentos, competências e atitudes adquiridos ao longo do curso para a resolução de problemas.
O trabalho deve promover o desenvolvimento de capacidades de iniciativa, de decisão, de inovação, de pensamento criativo e crítico. Deve envolver a recolha de informação, análise, a seleção das metodologias de abordagem e dos instrumentos de resolução do problema, a sua resolução, o exercício de síntese e elaboração de conclusões, e a preparação de uma dissertação pertinente sujeita a apresentação e discussão pública dos resultados. 
Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2018 © Faculdade de Letras da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Última actualização: 2012-12-06 I  Página gerada em: 2018-10-23 às 04:39:09 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais