Go to:
Logótipo
Comuta visibilidade da coluna esquerda
Você está em: Start > News > D. Pedro IV e o Cerco do Porto 180 anos da chegada do coração de D. Pedro IV à cidade do Porto 1835 - 2015

D. Pedro IV e o Cerco do Porto 180 anos da chegada do coração de D. Pedro IV à cidade do Porto 1835 - 2015

até dia 31 de março

No ano em que se assinalam os 180 anos da entrega do coração de D. Pedro à cidade do Porto alguns dos locais de maior significado, no que a este monarca e episódio militar respeita, juntam-se nesta iniciativa. Entre 1832 e 1834 decorreu, em Portugal, a Guerra Civil entre absolutistas e liberais, entre D. Miguel e D. Pedro. Durante este período o Porto foi palco do episódio mais emblemático deste conflito, o Cerco do Porto (1832-33). Durante o cerco à cidade D. Pedro habitou no Porto, crescendo nele o sentimento de gratidão para com os portuenses, pela sua dedicação à causa liberal e resistência ao Cerco. D. Pedro viria a falecer pouco tempo depois do final do conflito e, em testamento, deixa o seu coração à cidade do Porto, permanecendo até hoje na Igreja da Lapa. Aliando o significado dos referidos locais ao que cada um possui nas suas coleções surge esta exposição polinuclear. Escolhemos quatro locais que simbolizam o seu quotidiano e o referido episódio militar: o Mosteiro da Serra do Pilar, local de aquartelamento das tropas de D. Pedro - único reduto a sul do rio Douro -, garante da defesa do Porto, o Museu Militar do Porto, junto ao local da importante batalha de 29 de setembro de 1832, o Palácio dos Morais e Castro (atual Museu Nacional de Soares dos Reis), onde habitou algum tempo, e a Igreja da Lapa, que frequentava e onde se encontra depositado o seu coração. Esta exposição estará patente nos 4 espaços, em simultâneo, até ao dia 31 de março, dentro dos horários dos diferentes espaços e incluída na visita ao conjunto dos espaços. Esta iniciativa surge no âmbito de um Projeto de Estágio do Mestrado em História e Património - Mediação Patrimonial, desenvolvido pelo mestrando Carlos Furtado no espaço Património a Norte - Mosteiro da Serra do Pilar, resultante do protocolo realizado entre a Faculdade de Letras da Universidade do Porto e a Direção Regional de Cultura do Norte.
Recommend this page Top