Saltar para:
Logótipo
Você está em: Início > MI175193

Empreendedorismo, Inovação e Criação de Negócios

Código: MI175193     Sigla: EICN

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
OFICIAL Ciências Sociais

Ocorrência: 2017/2018 - 1S Ícone do Moodle

Ativa? Sim
Unidade Responsável: Laboratório de Farmacognosia
Curso/CE Responsável: Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
MICF 37 MICF - Plano Oficial 5 - 4 52 108

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
David Alexandre Micael Pereira Regente

Docência - Horas

Teórica: 2,00
Teorico-Prática: 2,00
Tipo Docente Turmas Horas
Teórica Totais 1 2,00
David Alexandre Micael Pereira 2,00
Teorico-Prática Totais 1 2,00
David Alexandre Micael Pereira 2,00

Língua de trabalho

Português - Suitable for English-speaking students

Objetivos

Capacidade de avaliação do potencial e viabilidade de uma ideia de negócio na área da saúde/farmacêutica

Compreensão de:
   Planos e modelos de negócios
   Modelos de propriedade intelectual
   Ciclo/Gestão da inovação
   Diferentes fontes de financiamento para startups
   Segmentos de clientes e competição

Resultados de aprendizagem e competências

Após a aprendizagem, os estudantes serão capazes de:

  • Lidar com problemas complexos, de forma sistemática e criativa, gerando soluções baseadas em evidências, sendo capazes de adaptar a linguagem das suas conclusões a audiências especializadas ou não-especializadas.
  • Demonstrar capacidade crítica e originalidade ao endereçar resolução de problemas, actuando autonomamente no seu planeamento e implementação.
  • Reforçar as suas bases de conhecimento de forma a serem capazes de expandir o seu conhecimento e compreensão através de desenvolvimento profissional
  • Desenvolver skills fundamendais num sector farmacêutico cada vez mais multidisciplinar.

Modo de trabalho

B-learning

Programa

1. Introdução ao Empreendedorismo
   1.1. Ecossistema nacional
   1.2. Empreendedorismo no sector farmacêutico
   1.3. Empreendedorismo corporativo (intra-empreendedorismo)
   1.4. Empreendedorismo social

2. O processo de inovação na área biomédica
   2.1. Sector Farmacêutico: história, tendências e casos de estudo
   2.2. A cadeia de valor na indústria farmacêutica
   2.3. Health Experience Design
   2.4. Design thinking
   2.5. Barreiras: regulamentação, concorrência, custos de implementação
   2.6. Gestão da inovação

3. Modelos de negócio
   3.1. Proposta de valor
   3.2. Segmentos de clientes
   3.3. Canais de distribuição
   3.4. Relação com clientes
   3.5. Receitas
   3.6. Actividades e recursos-chave
   3.7. Parceiros
   3.8. Estrutura de custos

4. Validação e identificação de oportunidades
   4.1. Customer discovery
   4.2. Customer validation
   4.3. Customer interviews
   4.4. Validação de mercado - do laboratório para o mercado: estudo de casos

5. Fundamentos de gestão, marketing e finanças para empreendedores

6. Gestão de projetos

7. Fontes de financiamento

8. Propriedade intelectual
   8.1. Proteção da propriedade intelectual: ferramentas e estratégias
     8.1.1. Direitos de autor
     8.1.2. Propriedade industrial
        8.1.2.1. Patentes
        8.1.2.2. Marcas
        8.1.2.3. Desenho industrial
        8.1.2.4. Proteção de cultivares
   8.2. Propriedade intelectual no sector farmacêutico: estudo de casos

Bibliografia Obrigatória

Steve Blank; The Four Steps to the Epiphany: Successful Strategies for Products that Win

Bibliografia Complementar

Federação Internacional de Associações da Indústria Farmacêutica; A^plataforma de inovação farmacêutica (-)

Observações Bibliográficas

-

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

Os métodos de ensino são diversificados e incluirão aulas, seminários ministrados por especialistas, jogos pedagógicos, trabalhos de grupo e metodologias de ensino baseadas na resolução de problemas.

O número máximo de estudantes é compatível com um modelo tutorial.

Palavras Chave

Ciências da Saúde > Ciências farmacológicas > Farmácia
Ciências Sociais > Economia > Estudos de gestão > Gestão da inovação
Ciências Sociais > Ciências da educação > Métodos de ensino > Jogos educativos

Tipo de avaliação

Avaliação distribuída sem exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Apresentação/discussão de um trabalho científico 50,00
Participação presencial 15,00
Trabalho prático ou de projeto 35,00
Total: 100,00

Obtenção de frequência

A assistência dos estudantes às aulas teóricas não é obrigatória. 

A assistência dos estudantes às aulas teórico-práticas é obrigatória, sendo considerados sem frequência os estudantes cuja assistência seja inferior a 75% das aulas efetivamente lecionadas.

Fórmula de cálculo da classificação final

50% Avaliação distribuída (15% participação presencial [quantidade e qualidade] + 35% trabalho prático) + 50% Apresentação final

Provas e trabalhos especiais

Estão previstos trabalhos práticos, em grupo, na componente teórico-prática da UC.

Avaliação especial (TE, DA, ...)

Segundo a lei geral e as Normas de Avaliação aprovadas pelo Conselho Pedagógico.

Melhoria de classificação

A melhoria de classificação é obtida pela realização de uma prova oral, a qual incidirá sobre todas as matérias efetivamente lecionadas nas aulas teóricas e teórico-práticas.

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2019 © Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2019-04-19 às 18:06:27 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais