Saltar para:
Logótipo
Você está em: Início > Notícias > FFUP vence "Prémio de Inovação Pedagógica 2020" com dois projetos

FFUP vence "Prémio de Inovação Pedagógica 2020" com dois projetos

Fevereiro de 2020


Na foto pode ver-se Prof.Emília Sousa e Prof.ª Isabel Almeida

Anualmente, a Universidade do Porto premeia projetos que têm por objetivo promover a melhoria dos modelos educativos aplicados nos cursos e unidades curriculares das instituições. Na edição de 2020 do concurso “Projetos de Inovação Pedagógica”, inserida no âmbito do programa “Promover a Excelência Pedagógica na Universidade do Porto”, a Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto (FFUP) teve dois projetos vencedores, que vão contar com um apoio financeiro para potenciar a sua implementação.

Um dos projetos vencedores, proposto e desenvolvido por Isabel Martins de Almeida, docente do Laboratório de Tecnologia Farmacêutica da FFUP, tem como tema o “Ensino Farmacêutico Centrado no Doente: Desenvolvimento de Competências Interpessoais numa Era de Transformação Digital da Sociedade”. Nesse âmbito, o projeto visa a otimização de aulas presenciais com a implementação de um modelo de ensino/aprendizagem/avaliação na UC Cosmetologia do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas (MICF).

Com o foco direcionado para as necessidades do doente/utente, no contexto profissional do farmacêutico, em particular na atividade de aconselhamento cosmetológico, os principais objetivos do projeto são: o desenvolvimento de competências de comunicação interpessoais dos estudantes, configurando uma aproximação à realidade profissional; e a promoção do desempenho profissional, numa era de transformação da sociedade, através da utilização de uma aplicação web como plataforma de interação digital com o utente no aconselhamento cosmetológico.

Na foto pode ver-se a equipa do Laboratório de Química Orgânica e Farmacêutica

Outro dos projetos vencedores é uma iniciativa proposta pela equipa do Laboratório de Química Orgânica e Farmacêutica da FFUP, constituída pelos docentes Carla Fernandes, Carlos Afonso, Honorina Cidade, Elizabeth Tiritan, Emília Sousa e Marta Correia da Silva, sob o título “IUC4: Integração de Unidades Curriculares Básicas e Profissionalizantes”.

O IUC4 é uma iniciativa pioneira que promove e coloca em interação UC básicas e profissionalizantes, envolvendo quatro UCs do MICF – duas UC básicas (Química Orgânica I e II) e duas UC profissionalizantes (Química Farmacêutica I e II) - e a cooperação de cerca de 400 estudantes e 10 docentes.

Os estudantes de Química Orgânica (QO) do primeiro ano envolvem-se em trabalhos científico-pedagógicos dos estudantes de Química Farmacêutica (QF) dos segundo e terceiro anos motivando-se para a aprendizagem de conceitos em que não encontravam ligação ao exercício da profissão. Os estudantes de QF acompanham os estudantes de QO num trabalho onde revisitam com mais maturidade os conhecimentos básicos que foram muitas vezes esquecidos ou não foram adequadamente incorporados no processo de aprendizagem. Os trabalhos resultantes são apresentados em contexto de aulas invertidas privilegiando a autonomia, o espírito crítico e a integração de competências digitais na educação.
Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2020 © Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2020-04-09 às 03:30:06 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais