Saltar para:
Logótipo
Você está em: Início > Notícias > Concurso para Estudantes Internacionais 2020/2021 | 3º ciclo | Doutoramento em Ciências Farmacêuticas

Concurso para Estudantes Internacionais 2020/2021 | 3º ciclo | Doutoramento em Ciências Farmacêuticas

Candidaturas exclusivamente ONLINE

Doutoramento em Ciências Farmacêuticas (+ informações sobre este ciclo de estudos)


Calendário


1ª Fase

Vagas: 10


2ª Fase

Vagas: as sobrantes da 1ª Fase


3ª Fase

Vagas: as sobrantes da 2ª Fase


4ª Fase

Vagas: as sobrantes da 3ª Fase

Apresentação das candidaturas

(Acesso às candidaturas online)

02/01/2020 a 03/02/2020

01/04/2020 a 30/04/2020

30/06/2020 a 10/07/2020

18/09/2020 a 21/09/2020

Análise de Candidaturas

04/02/2020 a 06/02/2020

04/05/2020 a 06/05/2020

13/07/2020 a 15/07/2020

22/09/2020 a 23/09/2020

Afixação de resultados provisórios

07/02/2020

07/05/2020

16/07/2020

24/09/2020

Audiência Prévia

10/02/2020 a 21/02/2020

08/05/2020 a 21/05/2020

17/07/2020 a 30/07/2020

25/09/2020 a 09/10/2020

Afixação de resultados definitivos

24/02/2020

22/05/2020

31/07/2020

12/10/2020

Apresentação de reclamação dos candidatos

25/02/2020 a 16/03/2020

25/05/2020 a 16/06/2020

03/08/2020 a 21/08/2020

13/10/2020 a 02/11/2020

Publicação da decisão de reclamações

18/03/2020

18/06/2020

24/08/2020

04/11/2020

Realização de matrículas

19/03/2020 a 23/03/2020

18/06/2020 a 22/06/2020

18/08/2020 a 20/08/2020

05/11/2020 a 06/11/2020

Eventual colocação de suplentes

24/03/2020 a 25/03/2020

25/06/2020 a 26/06/2020

21/08/2020 a 24/08/2020

09/11/2020

Publicação de vagas sobrantes para a fase seguinte

26/03/2020

29/06/2020

25/08/2020

Não Aplicavél



Os resultados (provisórios ou definitivos) serão publicitados através de edital publicado na página web da FFUP (www.ff.up.pt) considerando-se, desta forma, notificado o candidato.



DESTINATÁRIOS:
São considerados estudantes internacionais os indicados no artigo 3º do Decreto-Lei nº 36/2014, de 10 de março, na redação introduzida pelo Decreto-Lei nº 62/2018, de 6 de agosto e artigo 1º do Regulamento nº 664/2018, de 16 de outubro.
Os candidatos que não sejam considerados internacionais de acordo com os referidos diplomas, não podem candidatar-se através deste regime.

São admitidos como candidatos à inscrição no 3º ciclo de estudos conducente ao grau de Doutor em Ciências Farmacêuticas:
a) Os titulares do Grau de Mestre ou equivalente legal nas áreas das Ciências da Saúde, Biologia e Química;
b) Os titulares de Grau de Licenciado, detentores de um currículo escolar ou científico especialmente relevante que seja reconhecido como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos pela Comissão Científica;
c) A título excecional os detentores de um currículo escolar, científico ou profissional que seja reconhecido pela Comissão Científica como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos.

NOTA: Nos termos do regulamento do estatuto estudante internacional da UPorto (Regulamento nº 664/2018, de 16 de outubro), se um candidato for titular de duas ou mais nacionalidades mas uma delas é portuguesa não poderá concorrer através do concurso especial para estudante internacional. Se o candidato tiver duas ou mais nacionalidades nas quais não está incluída a portuguesa, mas uma das nacionalidades é de um estado membro da união europeia, poderá optar por uma delas (artigo 1º do referido Regulamento).


DOCUMENTOS NECESSÁRIOS À CANDIDATURA (ONLINE):

1. Documento de identificação (Passaporte ou outro documento legalmente equivalente) ou declaração contendo os dados de identificação
2. Declaração sob compromisso de honra de que o candidato se encontra abrangido pelo estatuto de estudante internacional;
3. Curriculum Vitae: a) Currículo Académico; b) Currículo Científico; c) Experiência Profissional.
4. Documento comprovativo das habilitações académicas (com média) e suplemento ao diploma, caso exista; ou Certidão comprovativa da titularidade de grau académico estrangeiro (deve incluir média e indicação da escala utilizada); **
5. Declaração de docência (documento oficial da instituição onde leciona com indicação da respetiva categoria);
6. Termo de aceitação do Orientador e Coorientador;
7. Plano onde conste o domínio a investigar, com indicação da especialidade do doutoramento, o tema provisório e os objetivos a alcançar subscrito pelo(s) orientador(es) e pelo(a) candidato(a);
8. Declaração de aceitação do Diretor do Departamento da FFUP, com a indicação do Laboratório da FFUP onde decorrerão os trabalhos do estudante (Laboratório a que pertence o orientador da FFUP);
9. Documento comprovativo de aceitação da Instituição de acolhimento estrangeira com indicação do período de permanência;
10. Documento comprovativo da atribuição da bolsa da FCT ou outra entidade oficial, e na falta, comprovativo da candidatura à bolsa (se aplicável).

** Os documentos estrangeiros ou emitidos no estrangeiro devem ser autenticados pelos serviços oficiais de educação do respetivo país e reconhecidos pelos serviços consulares ou embaixadas de Portugal com sede no país a que a habilitação diz respeito, ou em alternativa, legalizados pelo sistema de Apostilha nos termos da Convenção de Haia. Documentos cuja língua original não seja a portuguesa, espanhola, francesa ou inglesa, deverão ser traduzidos para a língua portuguesa.


PROPINAS:
Informação de propinas para o ano letivo 2020/2021 brevemente disponível.


EMOLUMENTOS:
¤55,00 euros, não reembolsáveis.

O não pagamento dos emolumentos no prazo devido tem como consequência o indeferimento liminar da candidatura.
Para pagamento dos emolumentos deverão ser geradas as Referências Multibanco a partir da “Conta Corrente”, clicando na imagem Imagem.
No caso de pagamentos efetuados a partir do estrangeiro o candidato deverá realizar uma transferência bancária, com as despesas por conta do ordenante, utilizando os dados do documento anexo, devendo enviar o comprovativo da transferência para expediente@ff.up.pt, com os seguintes dados: Login da candidatura e nome completo.


Criterios de Seleção e Seriação para o Doutoramento em Ciências Farmacêuticas | 2020-2021



Os candidatos não colocados numa fase e que pretendam candidatar-se a outra fase terão de apresentar nova candidatura e pagar os respetivos emolumentos.




LEGISLAÇÃO APLICÁVEL:

- Decreto-Lei nº 36/2014, de 10 de março, na redação introduzida pelo Decreto-Lei nº 62/2018, de 6 de agosto - Regulamenta o estatuto do estudante internacional.
- Regulamento nº 664/2018, de 16 de outubro - Regulamento de aplicação do estatuto de estudante internacional da Universidade do Porto.


Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2020 © Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2020-01-26 às 05:27:17 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais