Saltar para:
Logótipo
This page is not available in english A Ajuda Contextual não se encontra disponível Autenticar-se
Exposição ''Outros Retratos e Auto-retratos''
Você está em: Início > Cooperação > Mobilidade Académica e Internacionalização
Autenticação




Mapa das Instalações
Edifício A (Administração) Edifício B (Aulas) - Bloco I Edifício B (Aulas) - Bloco II Edifício B (Aulas) - Bloco III Edifício B (Aulas) - Bloco IV Edifício C (Biblioteca) Edifício D (CICA) Edifício E (Química) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício G (Civil) Edifício H (Civil) Edifício I (Electrotecnia) Edifício J (Electrotecnia) Edifício K (Pavilhão FCNAUP) Edifício L (Mecânica) Edifício M (Mecânica) Edifício N (Garagem) Edifício O (Cafetaria) Edifício P (Cantina) Edifício Q (Central de Gases) Edifício R (Laboratório de Engenharia do Ambiente) Edifício S (INESC) Edifício T (Torre do INEGI) Edifício U (Nave do INEGI) Edifício X (Associação de Estudantes)

Cooperação

Mobilidade Académica e Internacionalização


A FEUP promove o estabelecimento de parcerias com universidades estrangeiras a nível da Educação/Formação, nomeadamente para a criação de graus conjuntos, para a mobilidade académica de estudantes, docentes e investigadores, e para a integração do corpo docente em redes internacionais de renome. A cooperação com universidades estrangeiras e outras Instituições de Ensino Superior (IES) desenvolve-se mediante a formalização de acordos bilaterais, onde a cooperação a estabelecer é definida de acordo com objetivos concretos.

A FEUP carateriza-se por ser uma escola internacional: colabora com instituições dos EUA, com o MIT, CMU e UTAustin, com os quais têm promovido não só programas doutorais conjuntos mas também parcerias em projetos de investigação e transferência de tecnologia; e colabora também com a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa nomeadamente com Moçambique, Angola, Timor-Lorase e Brasil.

A promoção da mobilidade de docentes estrangeiros a lecionar na FEUP, através da vinda de professores visitantes em programas de curta duração, para lecionar em cursos de doutoramento e de mestrado constitui também uma medida de internacionalização da Faculdade.

A participação de docentes da FEUP em associações internacionais constitui igualmente um fator de internacionalização, bem como a presença da FEUP em associações europeias de universidades, como é o caso do CESAER (Conference of European Schools for Advanced Engineering Education) ou da Rede MAGALHÃES.

A presença desta comunidade na FEUP gera um ambiente internacional - internationalization@home – permitindo a esta comunidade que se sinta “em casa” e permitindo que a comunidade académica portuguesa sinta as diferentes culturas, iniciando assim um processo de aculturação e de facilitação para o processo de mobilidade no sentido oposto (da FEUP para o exterior). Pretende-se que todos os estudantes da FEUP tenham uma dimensão internacional e intercultural durante os seus estudos, ou seja, de abertura de espírito, maturidade, compreensão e respeito pelas outras pessoas e suas culturas, reforçando assim as suas competências interculturais.

A FEUP promove ainda atividades de integração (programa de softlanding) para a comunidade internacional, através dos Orientation Days, dos cursos de português para estrangeiros (nas instalações da Faculdade), e do Programa de Buddies – que conta com a colaboração de estudantes da FEUP (buddies) – o qual visa a preparação, o acolhimento, a integração e o acompanhamento dos estudantes internacionais no seu processo de adaptação a um novo contexto social e académico.

Saiba mais:

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2019 © Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Última actualização: 2019-07-05 I  Página gerada em: 2019-12-12 às 03:40:27 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais