Saltar para:
Logótipo
This page in english Ajuda Autenticar-se
Formação regular da Biblioteca |fevereiro a maio
Você está em: Início > EIC0057
Autenticação




Mapa das Instalações
Edifício A (Administração) Edifício B (Aulas) - Bloco I Edifício B (Aulas) - Bloco II Edifício B (Aulas) - Bloco III Edifício B (Aulas) - Bloco IV Edifício C (Biblioteca) Edifício D (CICA) Edifício E (Química) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício G (Civil) Edifício H (Civil) Edifício I (Electrotecnia) Edifício J (Electrotecnia) Edifício K (Pavilhão FCNAUP) Edifício L (Mecânica) Edifício M (Mecânica) Edifício N (Garagem) Edifício O (Cafetaria) Edifício P (Cantina) Edifício Q (Central de Gases) Edifício R (Laboratório de Engenharia do Ambiente) Edifício S (INESC) Edifício T (Torre do INEGI) Edifício U (Nave do INEGI) Edifício X (Associação de Estudantes)

Interacção Pessoa-Computador

Código: EIC0057     Sigla: IPCO

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
OFICIAL Interacção e Multimédia

Ocorrência: 2018/2019 - 1S Ícone do Moodle

Ativa? Sim
Unidade Responsável: Departamento de Engenharia e Gestão Industrial
Curso/CE Responsável: Mestrado Integrado em Engenharia Informática e Computação

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
MIEIC 21 Plano de estudos a partir de 2009/10 5 - 6 42 162

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
José Luís Cabral Moura Borges Regente
Maria Teresa Galvão Dias Regente

Docência - Horas

Teórico-Práticas: 3,00
Tipo Docente Turmas Horas
Teórico-Práticas Totais 1 3,00
José Luís Cabral Moura Borges 1,50
Maria Teresa Galvão Dias 1,50
Mais informaçõesA ficha foi alterada no dia 2018-09-14.

Campos alterados: Avaliação especial, Bibliografia Complementar, Bibliografia Obrigatória, Componentes de Avaliação e Ocupação

Língua de trabalho

Inglês

Objetivos

OBJECTIVO GERAL O principal objectivo da disciplina é o de preparar os estudantes para analisarem e projectarem as componentes interactivas dos sistemas, em particular da interface com os utilizadores, de uma forma adequada às suas necessidades, considerando o curto, médio e longo prazo.

OBJECTIVOS PARTICULARES

1. Preparar os estudantes para analisarem sistemas interactivos, em termos de um conjunto de parâmetros quantitativos e qualitativos.

2. Preparar os estudantes para utilizarem técnicas de estudo, observação e interrogação de utilizadores suportadas na compreensão do modelo conceptual dos utilizadores de sistemas.

3. Preparar os alunos para utilizarem um processo de construção de produtos interactivos baseado numa filosofia de projecto, incluindo a avaliação dos utilizadores, concepção, prototipagem, validação, construção e manutenção.

Resultados de aprendizagem e competências

No final desta unidade curricular, os estudantes deverão ser capazes de:

- compreender a importância da interação com o utilizador no desenvolvimento de sistemas interativos

- compreender os principais princípios de desenho de interação

- conceber um sistema interativo utilizando uma abordagem centrada no utilizador, baseada na recolha e definição de requisitos, e na construção e avaliação de proptótipos.

- fazer testes de usabilidade em sistemas já existentes, assim como propor e testar sugestões de melhoria.

Modo de trabalho

Presencial

Programa

1. Projecto de Concepção da Interacção.

2. Compreender e Conceitualizar a Interacção.

3. Compreender os Utilizadores.

4. Compreender como as interfaces afectam os utilizadores.

5. Interfaces e Interacção

6. O Processo de concepção da Interacção.

7. Identificar Necessidades de Definir Requisitos e construção de protótipos.

8. Introdução à Avaliação de Usabilidade.

Bibliografia Obrigatória

Yvonne Rogers, Helen Sharp, Jennifer Preece; Interaction design. ISBN: 978-0-470-66576-3
David Benyon; Designing interactive systems, Pearson, 2014. ISBN: 9781447920113

Bibliografia Complementar

Donald A. Norman; The design of everyday things. ISBN: 0-262-64037-6
Donald A. Norman; The Invisible computer. ISBN: 0-262-64041-4
Edward R. Tufte; The visual display of quantitative information. ISBN: 0-9613921-4-2
Jakob Nielsen; Designing web usability. ISBN: 1-56205-810-X
Alan Cooper, Robert Reimann, David Cronin; About Face 3: The Essentials of Interaction Design, John Wiley & Sons, 2007. ISBN: 978-0470084113
Manuel J. Fonseca, Pedro Campos, Daniel Conçalves; ntrodução ao Design de Interfaces, 2012. ISBN: 9789727227389
Jeff Johnson; Designing With the mind in mind, Morgan Kaufmann, 2010. ISBN: 978-0123750303
Giles Colborne; simple and usable, New Riders, 2010. ISBN: 978-0321703545

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

A leccionação desta disciplina baseia-se nos seguintes componentes de actividades complementares de ensino pelos docentes e de aprendizagem pelos estudantes:

A1. NOÇÕES TEÓRICAS A exposição de noções teóricas feita nas aulas Teóricas e Teórico-Práticas deverá ser apreendida pelos estudantes através de actividades de estudo e conceitualização.

A2. CASOS TEÓRICO-PRÁTICOS A exposição de casos e respectivas resoluções realizadas nas aulas Teóricas e Teórico-Práticas deverá ser objecto de estudo, conceitualização e experimentação com novos problemas por parte dos alunos.

A3. PROJECTO DE IPC O projecto de análise de um sistema interactivo e especificação da sua evolução, a realizar por grupos de alunos, será alvo de acompanhamento por parte dos docentes da disciplina durante as aulas Teórico-Práticas ou em sessões especiais programadas para o efeito.

A4. SEMINÁRIOS CONVIDADOS Os seminários realizados por profissionais de IPC convidados, ou o contacto com a realidade de empresas, poderá traduzir-se na elaboração de um relatório por parte dos alunos. Este relatório deverá servir de apoio para responder a eventuais questões que venham a ser colocadas no exame da disciplina.

COMPONENTES DE AVALIAÇÃO A avaliação baseia-se nos seguintes 2 componentes (P1, P2 e P3)

P1. Projecto de grupo – avaliação distribuída (45%). Cada grupo de alunos vai identificar um projecto de um sistema a estudar do ponto de vista da interacção com os utilizadores. O trabalho deverá envolver um estudo prévio do sistema e de sistemas concorrentes, contactos com eventuais utilizadores e projectistas ou autores seleccionados, a realização de entrevistas e inquéritos aos utilizadores, incluindo a realização de uma sessão de avaliação baseada num guião previamente produzido, a análise das entrevistas e inquéritos, especificação de casos de uso essenciais, e projecto e teste de um protótipo desenvolvido. Trata-se de efectuar um ciclo de desenvolvimento de acordo com o modelo apresentado nas aulas.

P1.1 – Proposta do projecto de grupo (10%) Relatório com a proposta de trabalho de grupo (1 página) e apresentação aos colegas e docente (máximo 10 minutos).

P1.2 – Relatório do Projecto (25%). Relatório final com a descrição do trabalho realizado pelo grupo (máximo 20 páginas).

P1.3 – Apresentação do Projecto (10%). Apresentação aos colegas e docente do trabalho realizado pelo grupo (máximo 10 minutos). Os componentes do projecto devem ser entregues em papel no secretariado do curso até às datas acordadas (até às 17h00). Por cada dia de atraso na entrega das componentes P1.1 e P1.2 a penalização é de 1 valor em 20 nas respectivas classificações.

Nota mínima na componente P1 para ter aprovação à disciplina: 10 valores em 20.

P2. Prova escrita individual – avaliação com exame final (50%).

Nota mínima para ter aprovação à disciplina: 8 valores (ou seja, não é possível obter classificação positiva final na disciplina com uma classificação muito boa no projecto de grupo e muito fraca no exame final.

P3. Participação presencial (5%)

Palavras Chave

Ciências Tecnológicas > Tecnologia > Tecnologia de interface

Tipo de avaliação

Avaliação distribuída com exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Exame 50,00
Participação presencial 5,00
Trabalho escrito 45,00
Total: 100,00

Componentes de Ocupação

Designação Tempo (Horas)
Elaboração de projeto 30,00
Elaboração de relatório/dissertação/tese 50,00
Estudo autónomo 40,00
Frequência das aulas 42,00
Total: 162,00

Obtenção de frequência

É necessário obter classificação positiva na componente P1 para ter frequência na disciplina (cf. definição de frequência, “Normas Gerais de Avaliação da FEUP 2002”, Art. 4º, nº 1 e Art. 5º, nº 16). Apenas os estudante que tenham obtido frequência se podem apresentar a exame normal ou de recurso. Toda a avaliação terá em conta a apresentação, correcção e qualidade do português ou inglês utilizado.

Fórmula de cálculo da classificação final

P1.1: Apresentação da Proposta do Projecto (10%)

P1.2: Relatório do Projecto (25%)

P1.3: Apresentação Final do Projecto (10%)

P1: Nota Global do Projecto P1 = (0.1 * P1.1 + 0.25 * P1.2 + 0.1 * P1.3) / 0.45

P2: Exame Final (50%)

P3: Participação presencial (5%)

Nota Final = 0.1 * P1.1 + 0.25 * P1.2 + 0.1 * P1.3 + 0.5 * P2 + 0.05 * P3

ou

Notal Final = 0.45 * P1 + 0.5 * P2 + 0.05 * P3

Provas e trabalhos especiais

O cálculo das classificações para os alunos com regimes especiais rege-se pelas mesmas normas de avaliação que os alunos ordinários.

Avaliação especial (TE, DA, ...)

Os estudantes com estatuto especial de trabalhador-estudante, militar ou atleta de alta competição, com impedimento de frequência das aulas, deverão tal como os restantes estudantes realizar o trabalho de grupo e apresentá-lo nos momentos de avaliação agendados.

Caso optem pela realização de avaliação em época especial, podem realizar o trablaho individualmente ou em grupo (em conjunto com outros estudantes nas mesmas circunstãncias) com um calendário de realização e avaliação previamente acordado com o docente da disciplina.

 

Melhoria de classificação

A componente de avaliação distribuída P1 pode ser melhorada mediante inscrição na disciplina no ano seguinte. A componente de avaliação P2, exame normal, pode ser melhorada no exame de recurso.

Observações

Todo o contacto geral com os discentes será efectuado com base em mensagens de correio electrónico, em particular com base nos endereços que constam do SIFEUP e recorrendo ao correio electrónico dinâmico. Algumas aulas sobre temas específicos poderão ser dadas por especialistas convidados ou por outros docentes.

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2019 © Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2019-05-25 às 06:39:55 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais