Saltar para:
Logótipo
This page in english Ajuda Autenticar-se
Formação regular da Biblioteca |fevereiro a maio
Você está em: Início > EIC0064
Autenticação




Mapa das Instalações
Edifício A (Administração) Edifício B (Aulas) - Bloco I Edifício B (Aulas) - Bloco II Edifício B (Aulas) - Bloco III Edifício B (Aulas) - Bloco IV Edifício C (Biblioteca) Edifício D (CICA) Edifício E (Química) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício G (Civil) Edifício H (Civil) Edifício I (Electrotecnia) Edifício J (Electrotecnia) Edifício K (Pavilhão FCNAUP) Edifício L (Mecânica) Edifício M (Mecânica) Edifício N (Garagem) Edifício O (Cafetaria) Edifício P (Cantina) Edifício Q (Central de Gases) Edifício R (Laboratório de Engenharia do Ambiente) Edifício S (INESC) Edifício T (Torre do INEGI) Edifício U (Nave do INEGI) Edifício X (Associação de Estudantes)

Multimédia e Novos Serviços

Código: EIC0064     Sigla: MNSE

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
OFICIAL Interacção e Multimédia

Ocorrência: 2018/2019 - 2S Ícone do Moodle

Ativa? Sim
Unidade Responsável: Departamento de Engenharia Eletrotécnica e de Computadores
Curso/CE Responsável: Mestrado Integrado em Engenharia Informática e Computação

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
MIEIC 23 Plano de estudos a partir de 2009/10 4 - 6 42 162

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Maria Teresa Magalhães da Silva Pinto de Andrade Regente

Docência - Horas

Teórico-Práticas: 3,00
Tipo Docente Turmas Horas
Teórico-Práticas Totais 1 3,00
Maria Teresa Magalhães da Silva Pinto de Andrade 3,00
Mais informaçõesA ficha foi alterada no dia 2019-01-16.

Campos alterados: Métodos de ensino e atividades de aprendizagem, Componentes de Avaliação e Ocupação, Observações

Língua de trabalho

Português - Suitable for English-speaking students

Objetivos

Esta UC tem por missão fornecer uma perspectiva geral a nível tecnológico sobre a geração, codificação, distribuição e percepção de sinais multimédia. Pretende dotar os estudantes de novos conhecimentos específicos para o processamento e codificação de sinais audiovisuais e consolidar conhecimentos gerais sobre processamento de sinais e redes de computadores para projectar e gerir aplicações e serviços multimédia. Pretender ainda que os estudantes adquiram conhecimentos sobre boas práticas a adoptar na criação de aplicações multimédia interactivas que permitam comunicar de forma eficiente e eficaz informação media, bem como ferramentas para editar, manipular e interligar os dados multimédia.

Resultados de aprendizagem e competências

No final da unidade curricular os estudantes serão capazes de:

- identificar as características relevantes dos sinais visuais e sonoros no mundo real.

- descrever os conceitos fundamentais para a representação digital e compressão de sinais audio e visuais utilizados em aplicações e serviços multimédia;

- compreender a natureza dos sistemas humanos de audição e visão, assim como a sua importância para os modelos de representação, compressão e apresentação eficiente de sinais multimédia.

-explicar os fundamentos das principais técnicas genéricas de codificação de fontes media, com e sem perdas.

- distinguir e identificar as ferramentas mais utilizadas na compressão dos sinais media
-identificar as principais normas internacionais de codificação eficiente de sinais multimédia

- explicar as características básicas dos algoritmos usados nessas normas e relacionar com as características dos sinais e do sistema audiovisual humano, assim como com as ferramentas estudadas.

- selecionar ferramentas e /ou normas de compressão de acordo com os requisitos da aplicação


-identificar requisitos e projetar sistemas de acesso e comunicação de informação multimédia

- conhecer e utilizar ferramentas para criação de aplicações multimédia.

Modo de trabalho

Presencial

Programa

1-Introdução 
- o que é informação multimédia 
- a representação digital de informação multimédia 
- revisões sobre a amostragem e reconstrução de sinais 

2-Geração e percepção de informação multimédia 
- caracterização de sinais áudio
- sistema humano de percepção auditiva 
- caracterização de informação de imagem 
- caracterização de informação de vídeo 
- sistema humano de percepção visual 

3-Codificação de áudio 
- perspectiva histórica da codificação de áudio 
- avaliação de qualidade e desempenho de codificação 
- codificadores de áudio normalizados: MPEG-1, MPEG-2, MPEG-4, AC-3 
- codificadores de áudio proprietários 
- aplicações 

4-Codificação de imagem e vídeo 
- princípios de compressão de imagem e vídeo 
- codificação com e sem perdas 
- técnicas básicas de codificação: 
   -- transformadas DCT e wavelet 
   -- codificação de Huffman e codificação aritmética 
   -- compensação de movimento 
- codificadores de imagem JPEG, JPEG2000 
- codificadores de vídeo MPEG-1, MPEG-2, MPEG-4, H.264/AVC

- formatos e normas avançados de sinais vídeo

   - - 3D e multivista; escalabilidade: Ultra high Definition; HEVC

5 - Aplicações multimédia em redes IP

- revisão de conceitos sobre redes de computadores; modelos de referência OSI e TCP/IP; pilha protocolar TCP/IP

- arquitectura de aplicações multimédia em rede; desafios e soluções alternativas

- usabilidade e QoS

- Protocolos para aplicações de streaming multimédia (RTP, HLS, DASH)

- VoIP e IPTV

Bibliografia Obrigatória

Ze-Nian Li e Mark Drew; Fundamentals of Multimedia, Prentice Hall , 2003
François Fluckiger; Understanding networked multimedia. ISBN: 0-13-190992-4

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

Aulas de exposição dos conceitos teóricos; aulas práticas para aplicação dos conceitos apreendidos nas aulas teóricas; proposta e discussão de um projecto multimédia observando um conjunto bem definido de requisitos; trabalho de casa de desenvolvimento desse projecto multimédia; apresentação pública dos trabalhos realizados.

Software

Matlab

Palavras Chave

Ciências Tecnológicas > Tecnologia > Tecnologia da comunicação > Produção de media
Ciências Tecnológicas > Tecnologia > Tecnologia da comunicação > Tecnologia de redes
Ciências Tecnológicas > Tecnologia > Tecnologia de computadores > Processamento de imagem

Tipo de avaliação

Avaliação distribuída com exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Exame 40,00
Trabalho laboratorial 20,00
Trabalho prático ou de projeto 40,00
Total: 100,00

Componentes de Ocupação

Designação Tempo (Horas)
Elaboração de projeto 80,00
Estudo autónomo 37,00
Frequência das aulas 45,00
Trabalho laboratorial 0,00
Total: 162,00

Obtenção de frequência

Nota mínima no trabalho: 8/20

Fórmula de cálculo da classificação final

Exame 40% Trabalho de desenvolvimento 40% Trabalhos laboratoriais 20% Nota mínima no exame: 8/20

Avaliação especial (TE, DA, ...)

Os trabalhadores estudantes, apesar de dispensados das aulas, devem realizar os mesmos trabalhos práticos que os restantes estudantes. Devem ainda submetê-los a avaliação, assim como defendê-los, nas datas definidas globalmente.

Melhoria de classificação

A melhoria de classificação do exame segue as regras em vigor na FEUP. A melhoria do trabalho prático é possível ainda no final da presente ocorrência da unidade curricular.

Observações

Apresentação da versão beta do trabalho prático: dia 22 de Maio Entrega da versão final do trabalho prático: dia 29 de Maio Entrega do trabalho prático para efeitos de melhoria de classificação: no dia do exame de recurso.

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2019 © Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2019-05-21 às 02:05:26 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais