Saltar para:
Logótipo
This page in english Ajuda Autenticar-se
Formação regular da Biblioteca |fevereiro a maio
Você está em: Início > EIC0037
Autenticação




Mapa das Instalações
Edifício A (Administração) Edifício B (Aulas) - Bloco I Edifício B (Aulas) - Bloco II Edifício B (Aulas) - Bloco III Edifício B (Aulas) - Bloco IV Edifício C (Biblioteca) Edifício D (CICA) Edifício E (Química) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício G (Civil) Edifício H (Civil) Edifício I (Electrotecnia) Edifício J (Electrotecnia) Edifício K (Pavilhão FCNAUP) Edifício L (Mecânica) Edifício M (Mecânica) Edifício N (Garagem) Edifício O (Cafetaria) Edifício P (Cantina) Edifício Q (Central de Gases) Edifício R (Laboratório de Engenharia do Ambiente) Edifício S (INESC) Edifício T (Torre do INEGI) Edifício U (Nave do INEGI) Edifício X (Associação de Estudantes)

Investigação Operacional

Código: EIC0037     Sigla: IOPE

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
OFICIAL Métodos Quantitativos e Gestão

Ocorrência: 2018/2019 - 2S Ícone do Moodle

Ativa? Sim
Unidade Responsável: Departamento de Engenharia e Gestão Industrial
Curso/CE Responsável: Mestrado Integrado em Engenharia Informática e Computação

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
MIEIC 147 Plano de estudos a partir de 2009/10 4 - 4,5 56 121,5

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Maria Teresa Galvão Dias Regente

Docência - Horas

Teóricas: 2,00
Teórico-Práticas: 2,00
Tipo Docente Turmas Horas
Teóricas Totais 1 2,00
Maria Teresa Galvão Dias 2,00
Teórico-Práticas Totais 5 10,00
Jorge Rui Guimarães Freire de Sousa 6,00
Maria Teresa Galvão Dias 4,00

Língua de trabalho

Português - Suitable for English-speaking students

Objetivos

Dotar os alunos com competências para: - identificar problemas de decisão; - aplicar as várias fases de resolução de um problema de decisão, em particular, a definição e estruturação de problemas, a construção de modelos e a utilização de métodos quatitativoas para a obtenção da solução - analisar de forma crítica a solução obtida - perceber a importância do papel de agente de mudança nas organizações

Resultados de aprendizagem e competências

No final desta unidade curricular, os alunos devem ser capazes de:

- Identificar um problema de decisão;
- justificar a necessidade de aplicação de uma técnica de optimização;
- Construir um modelo matemático apropriado;
- Selecionar e aplicar corretamente um método/algoritmo adequado;
- Ser capaz de analisar criticamente os resultados obtidos;
- Aplicar análise de sensibilidade;
- Ser capaz de justificar e quantificar os ganhos para a organização.

 

Modo de trabalho

Presencial

Programa

1 - Programação Linear:

- Formulação de problemas

- Resolução gráfica

- Método Simplex

- Análise de sensibilidade

- Dualidade

2 - Casos especiais de Programação Linear

- Problemas de transporte

- Problemas de afectação

3 - Programação Inteira

- Formulação de problemas

- Técnicas de resolução: Branch & Bound 

4 - Casos especiais de Programação Inteira: Problemas de redes 


5 - Teoria da decisão 


6 - Filas de espera

Bibliografia Obrigatória

Frederick S. Hillier, Gerald J. Lieberman; Introduction to operations research. ISBN: 0-07-118163-6

Bibliografia Complementar

Luís Valadares Tavares, ... [et al.]; Investigação operacional. ISBN: 972-8298-08-0
coord. Carlos Henggeler Antunes, Luís Valadares Tavares; Casos de aplicação da investigação operacional. ISBN: 972-773-075-2

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

Aulas Teóricas: Exposição dos temas programáticos, sempre que possível ilustrada por casos, exemplos e problemas.

Aulas Práticas: Esclarecimento de dúvidas sobre a resolução de problemas. Resolução dos exercícios de avaliação.

A frequência das aulas, assim como a resolução de exercicios durante as aulas correspondem a um peso de 10% na nota final. Serão realizados dois testes com um peso de 45% cada na avaliação final.

Software

Excel Solver
GLPK
COIN-OR

Palavras Chave

Ciências Físicas > Matemática > Matemática aplicada > Investigação operacional

Tipo de avaliação

Avaliação distribuída sem exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Participação presencial 10,00
Teste 90,00
Total: 100,00

Componentes de Ocupação

Designação Tempo (Horas)
Estudo autónomo 87,00
Frequência das aulas 48,00
Total: 135,00

Obtenção de frequência

A obtenção de frequência exige a nota mínima de 6 valores em cada um dos dois testes e uma classificação final mínima de 10 valores (ver cálcuilo da classificação final).

Fórmula de cálculo da classificação final

A classificação final é calculada com base na avaliação presencial e nas notas obtidas em dois testes.

Classificação final = 0,45 * classif. Teste 1 + 0,45 * classif. Teste 2 + 0,1* avaliação presencial.

No final da unidade curricular será facultada uma prova de recurso na qual os estudantes poderão efectuar a melhoria da classificação num ou nos dois testes.

Avaliação especial (TE, DA, ...)

As avaliações em época especial serão feitas através de uma prova escrita individual com a duração de 3 horas, abrangendo a totalidade dos conteúdos abordados na unidade curricular.

Melhoria de classificação

No final da unidade curricular será facultada uma prova de recurso na qual os estudantes poderão efectuar a melhoria da classificação num ou nos dois testes.

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2019 © Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2019-05-22 às 08:27:12 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais