Saltar para:
Logótipo
This page in english Ajuda Autenticar-se
Formação regular da Biblioteca |fevereiro a maio
Hoje é domingo
Você está em: Início > EMM0046
Autenticação




Mapa das Instalações
Edifício A (Administração) Edifício B (Aulas) - Bloco I Edifício B (Aulas) - Bloco II Edifício B (Aulas) - Bloco III Edifício B (Aulas) - Bloco IV Edifício C (Biblioteca) Edifício D (CICA) Edifício E (Química) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício G (Civil) Edifício H (Civil) Edifício I (Electrotecnia) Edifício J (Electrotecnia) Edifício K (Pavilhão FCNAUP) Edifício L (Mecânica) Edifício M (Mecânica) Edifício N (Garagem) Edifício O (Cafetaria) Edifício P (Cantina) Edifício Q (Central de Gases) Edifício R (Laboratório de Engenharia do Ambiente) Edifício S (INESC) Edifício T (Torre do INEGI) Edifício U (Nave do INEGI) Edifício X (Associação de Estudantes)

Tecnologias de Ligação

Código: EMM0046     Sigla: TELI

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
OFICIAL Ciência e Tecnologia de Materiais

Ocorrência: 2018/2019 - 1S Ícone do Moodle

Ativa? Sim
Unidade Responsável: Departamento de Engenharia Metalúrgica e de Materiais
Curso/CE Responsável: Mestrado Integrado em Engenharia Metalúrgica e de Materiais

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
MIEMM 23 Plano de estudos oficial a partir de 2006/07 5 - 5 56 135

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Manuel Fernando Gonçalves Vieira Regente

Docência - Horas

Teórico-Práticas: 4,00
Tipo Docente Turmas Horas
Teórico-Práticas Totais 1 4,00
André Alves Ferreira 2,00
Manuel Fernando Gonçalves Vieira 0,30
Rúben Filipe da Silva Santos 1,70
Mais informaçõesA ficha foi alterada no dia 2018-09-16.

Campos alterados: Resultados de aprendizagem e competências, Componentes de Avaliação e Ocupação, Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

Língua de trabalho

Português - Suitable for English-speaking students

Objetivos

Justificação. As tecnologias de ligação, e em especial as relacionadas com materiais metálicos, constituem um campo de aplicação generalizado no mundo industrial estando presente em quase tudo que nos rodeia, sendo objecto de profundas transformações tecnológicas e introduzindo novos materiais.

Objetivos. Preparar o quase finalista do curso para as tecnologias especiais usadas na indústria, usando ferramentas inovadoras disponíveis, tendo em vista que o conhecimento dos materiais, transformações nas operações de ligação, tecnologias associadas e normalização, bem como controlo da qualidade das juntas, são ferramenta fulcral no desempenho futuro dos novos engenheiros e investigadores na área da metalurgia e materiais.

 

Resultados de aprendizagem e competências

- Adquirir competências sobre tecnologia de ligação (processos) dos materiais, normalização existente e melhoria de processos.

- Analisar o impacto nas empresas de projectos envolvendo tecnologias de ligação que sejam coerentes, quantificados e normalizados ou inovadores.

- Saber seleccionar materiais, processos e métodos para aplicações específicas.

- Analisar de modo crítico a bibliografia existente realçando os aspectos mais importantes e que possam ter aplicação industrial mais imediata.

- Ter contato prático com diversas tecnologias de ligação.

- Trabalhar em grupo e adquirir maior competência em estratégias de comunicação (escrita e oral).

Modo de trabalho

Presencial

Pré-requisitos (conhecimentos prévios) e co-requisitos (conhecimentos simultâneos)

Não tem.

Programa

Resumo dos processos de ligação. Física dos processos. Metalurgia da soldadura. Concepção e projecto das ligações. Tensões e distorções. Métodos de estimativa de custos. Automação e controlo de parâmetros. Garantia e controlo da qualidade das ligações. Ensaios tecnológicos aplicáveis. Códigos, regulamentos e normas de soldadura, corte e outros processos de juntas definitivas. Qualificação e certificação dos processos e métodos. Higiene, Segurança e Ambiente aplicáveis às tecnologias. Estudo particular de processos de ligação e aplicação a materiais metálicos, cerâmicos e plásticos, com enfoque em: Fundamentos do processo, Equipamento, Consumíveis, Variáveis do Processo, Aplicações, Práticas de Segurança, e Inspecção da Qualidade. Práticas demonstrativas de processos, visitas de estudo, estudo de casos, elaboração de projectos, especificações, planos de ensaios e estudos das alterações nos materiais pelos processos, cálculo de custos e cálculo/concepção de juntas.

Bibliografia Obrigatória

American Welding Society; American Welding Society - welding handbook
MapleSoft Development Corporation and Canadian Welding Bureau; Weld_IT – The Software Solution for all your welding needs, MapleSoft Development Corporation and Canadian Welding Bureau, 1998
R.L. O´Brien ; Welding Processes, American Welding Society, 8 Ed., 1991
S.Simões, F. Viana, M.F. Vieira; Joining Technology of gamma-TiAl alloys, CRC Press, 2017. ISBN: 9781498738743
Acácio Lima; Tecnologia de Soldadura, FEUP, 1997

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

As aulas consistem essencialmente em apresentações do docente sobre diferentes temas do programa. Para alguns temas são convidados palestrantes com experiência profissional no tema. São programadas também visitas de estudo a empresas de referência. São realizadas demonstrações e trabalhos práticos empregando processos de ligação industriais. Os estudantes elaboram um relatório sobre um tema relacionado com Processos de Ligação, esses relatórios são apresentados e discutidos.

Palavras Chave

Ciências Tecnológicas > Engenharia > Engenharia de materiais
Ciências Tecnológicas > Tecnologia > Tecnologia de materiais > Tecnologia dos metais
Ciências Tecnológicas > Engenharia > Engenharia mecânica > Metalurgia
Ciências Tecnológicas > Tecnologia > Tecnologia de materiais

Tipo de avaliação

Avaliação distribuída com exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Exame 60,00
Trabalho escrito 40,00
Total: 100,00

Componentes de Ocupação

Designação Tempo (Horas)
Elaboração de relatório/dissertação/tese 39,00
Estudo autónomo 40,00
Frequência das aulas 56,00
Total: 135,00

Obtenção de frequência

Não exceder o número máximo de faltas.

Fórmula de cálculo da classificação final

Classificação ponderada pelo relatório do trabalho escrito (40%) e Exame final (60%). 

Avaliação especial (TE, DA, ...)

Por exame final (100%).

Melhoria de classificação

Por exame final (100%).

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2019 © Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2019-05-26 às 22:52:11 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais