Saltar para:
Logótipo
This page in english Ajuda Autenticar-se
Formação regular da Biblioteca |fevereiro a maio
Você está em: Início > EMM0029
Autenticação




Mapa das Instalações
Edifício A (Administração) Edifício B (Aulas) - Bloco I Edifício B (Aulas) - Bloco II Edifício B (Aulas) - Bloco III Edifício B (Aulas) - Bloco IV Edifício C (Biblioteca) Edifício D (CICA) Edifício E (Química) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício G (Civil) Edifício H (Civil) Edifício I (Electrotecnia) Edifício J (Electrotecnia) Edifício K (Pavilhão FCNAUP) Edifício L (Mecânica) Edifício M (Mecânica) Edifício N (Garagem) Edifício O (Cafetaria) Edifício P (Cantina) Edifício Q (Central de Gases) Edifício R (Laboratório de Engenharia do Ambiente) Edifício S (INESC) Edifício T (Torre do INEGI) Edifício U (Nave do INEGI) Edifício X (Associação de Estudantes)

Materiais Poliméricos

Código: EMM0029     Sigla: MPOL

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
OFICIAL Ciência e Tecnologia de Materiais

Ocorrência: 2018/2019 - 2S

Ativa? Sim
Unidade Responsável: Departamento de Engenharia Metalúrgica e de Materiais
Curso/CE Responsável: Mestrado Integrado em Engenharia Metalúrgica e de Materiais

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
MIEMM 37 Plano de estudos oficial a partir de 2006/07 3 - 6 56 162

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
José Carlos Magalhães Duque da Fonseca Regente

Docência - Horas

Teórico-Práticas: 2,00
Práticas Laboratoriais: 2,00
Tipo Docente Turmas Horas
Teórico-Práticas Totais 1 2,00
José Carlos Magalhães Duque da Fonseca 2,00
Práticas Laboratoriais Totais 1 2,00
José Carlos Magalhães Duque da Fonseca 2,00
Mais informaçõesA ficha foi alterada no dia 2019-02-06.

Campos alterados: Componentes de Avaliação e Ocupação, Fórmula de cálculo da classificação final

Língua de trabalho

Português - Suitable for English-speaking students

Objetivos

JUSTIFICAÇÃO:
Os polímeros e compósitos de base polimérica têm vindo a substituir materiais tradicionais como os metais e cerâmicos em diversas aplicações devido à baixa densidade, facilidade de processamento, resistência mecânica etc. Tal justifica pois que o futuro Engenheiro conheça esta classe emergente de materiais, para dela poder tirar partido quer na conceção de peças quer na escolha de materiais para determinada aplicação.

OBJETIVOS:
Esta UC tem como objetivo a aquisição de conhecimentos sobre os materiais poliméricos e compósitos de matriz polimérica, numa perspectiva de aplicação prática destes materiais. O estudante deverá compreender a relação entre estrutura e as propriedades físico-químicas destes materiais e ser capaz de prever o seu comportamento químico e mecânico, a fim de ser capaz de proceder à seleção de uma família de polímeros/compósitos para determinada aplicação. Finalmente, o estudante deverá ainda conhecer bem as vantagens e desvantagens destes materiais relativamente a outros, nomeadamente cerâmicos e metais.

COMPETÊNCIAS E RESULTADOS DA APRENDIZAGEM:
- consolidação e integração de conhecimentos de diversas áreas, nomeadamente a química, física e mecânica
- análise de problemas de engenharia e proposta de soluções em termos de materiais e design de peças
- consolidação dos conhecimentos através da experimentação laboratorial
- aprendizagem através da discussão e trabalho em grupo

Resultados de aprendizagem e competências

- consolidação e integração de conhecimentos de diversas áreas, nomeadamente a química, física e mecânica
- análise de problemas de engenharia e proposta de soluções em termos de materiais e design de peças
- consolidação dos conhecimentos através da experimentação laboratorial
- aprendizagem através da discussão e trabalho em grupo

Modo de trabalho

Presencial

Programa

- Introdução aos polímeros
- Relação entre estrutura e propriedades
- Polímeros com interesse comercial
- Adesivos
- Processamento de polímeros
- Hidrogeis
- Polimeros condutores
- Nanotubos de carbono, grafeno e cristais líquidos
- Degradação de Polimeros
- Materais compósitos
- Relação entre estrutura e propriedades
- Compósitos naturais
- Compósitos com interesse comercial
- Processamento de compósitos

Bibliografia Obrigatória

Callister, Jr., William D.; Materials science and engineering

Bibliografia Complementar

Smith, William F.; Principios de ciência e engenharia dos materiais. ISBN: 972-8298-68-4
Morrison, R.; Química orgânica. ISBN: 972-31-0513-6
Askeland, Donald R.; The science and engineering of materials. ISBN: 0-7487-4083-X
T. Marques; Materias Polímeros, apontamentos DEMEGI
Morrison, R.; Química orgânica. ISBN: 972-31-0513-6

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

Aulas teórico-práticas: exposição dos assuntos. Os alunos serão chamados a participar activamente durante a exposição das matérias.



Aulas práticas: os alunos trabalharão em grupos de 2 ou 3 elementos. Serão executados seis trabalhos laboratoriais


Tipo de avaliação

Avaliação distribuída com exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Defesa pública de dissertação, de relatório de projeto ou estágio, ou de tese 15,00
Exame 50,00
Teste 20,00
Trabalho laboratorial 15,00
Total: 100,00

Componentes de Ocupação

Designação Tempo (Horas)
Estudo autónomo 86,00
Frequência das aulas 62,00
Trabalho laboratorial 14,00
Total: 162,00

Obtenção de frequência

Para os alunos inscritos pela primeira vez na disciplina, vai ser aplicado, na componente teórico-prática, o regime de frequência de acordo com o Regulamento em vigor na FEUP (o aluno tem de frequentar 75% das aulas para a obtenção de frequência).

Em relação à componente prática, para além da aplicação do regime de frequência previsto no Regulamento em vigor na FEUP, é exigido uma nota mínima de frequência de 10 valores.

Fórmula de cálculo da classificação final

Nota final = 0.15*NCL + 0.20*NAD + 0.50*NEF+ 0.15*NAp

NCL: Nota final da Componente Laboratorial
NCL=7.5%PA + 7.5%Rel
PA: nota da preparação da aula
Rel: nota relatórios dos trabalhos laboratoriais                    
O estudante terá de obter nota mínima de 10V para obter frequência

NAD: nota da avaliação distribuida. Serão efetuados 4 testes, com a duração aproximada de 10 minutos, no final das aulas TP. Os testes incidirão sobre a matéria lecionada nessa aula e na aula anterior e terão uma cotação de 1.0 V cada um. Os estudantes não serão avisados com antecedência das aulas em que sertão efetuados os testes




NEF: Nota do exame final. O estudante terá de obter uma nota mínima de 9 valores para ter aproveitamento

NAp: Nota da apresentação de trabalho a propôr, realizado em grupo + abstract.



Avaliação especial (TE, DA, ...)

Realização de um exame escrito, salvo se optarem por frequência normal em que realizam trabalhos práticos.

Melhoria de classificação

Os alunos podem efectuar melhoria de classificação, mediante inscrição nos prazos fixados, e consistirá na realização de um exame escrito.

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2019 © Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2019-05-21 às 06:21:22 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais