Saltar para:
Logótipo
This page in english Ajuda Autenticar-se
Formação regular da Biblioteca |fevereiro a maio
Você está em: Início > EMM0017
Autenticação




Mapa das Instalações
Edifício A (Administração) Edifício B (Aulas) - Bloco I Edifício B (Aulas) - Bloco II Edifício B (Aulas) - Bloco III Edifício B (Aulas) - Bloco IV Edifício C (Biblioteca) Edifício D (CICA) Edifício E (Química) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício G (Civil) Edifício H (Civil) Edifício I (Electrotecnia) Edifício J (Electrotecnia) Edifício K (Pavilhão FCNAUP) Edifício L (Mecânica) Edifício M (Mecânica) Edifício N (Garagem) Edifício O (Cafetaria) Edifício P (Cantina) Edifício Q (Central de Gases) Edifício R (Laboratório de Engenharia do Ambiente) Edifício S (INESC) Edifício T (Torre do INEGI) Edifício U (Nave do INEGI) Edifício X (Associação de Estudantes)

Estatística

Código: EMM0017     Sigla: ESTA

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
OFICIAL Matemática

Ocorrência: 2018/2019 - 2S

Ativa? Sim
Página Web: http://consultoriodigitalmatematica.pt.vu/
Unidade Responsável: Departamento de Engenharia Metalúrgica e de Materiais
Curso/CE Responsável: Mestrado Integrado em Engenharia Metalúrgica e de Materiais

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
MIEMM 36 Plano de estudos oficial a partir de 2006/07 2 - 6 56 162

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Manuel Joaquim da Silva Oliveira Regente

Docência - Horas

Teórico-Práticas: 4,00
Tipo Docente Turmas Horas
Teórico-Práticas Totais 1 4,00
Manuel Joaquim da Silva Oliveira 4,00

Língua de trabalho

Português

Objetivos

Esta unidade curricular tem dois objectivos fundamentais: por um lado, tratando-se de uma unidade curricular propedêutica tem um carácter didáctico/científico, promovendo o desenvolvimento do raciocínio lógico e de métodos de análise e, por outro, visa introduzir e desenvolver em termos teóricos um conjunto de conceitos que serão ferramentas essenciais para apoio às unidades curriculares mais específicas dos diferentes ramos da Engenharia.
Esta unidade curricular pretende garantir a aquisição de sólidos conhecimentos no cálculo de probabilidades e estatística, considerada uma ferramenta imprescindível nas mais diversas áreas e situações de incerteza, fundamentais no domínio da Engenharia. Pretende-se ainda desenvolver nos alunos a capacidade de comunicação rigorosa quando se referem a temas que têm por base conceitos de Probabilidades e Estatística. Esta unidade curricular pretende ainda desenvolver uma atitude crítica quando necessário proceder à análise de problemas estatísticos assim como a capacidade de aplicação dos conceitos adquiridos na resolução dos mesmos. Esta aquisição de conhecimentos fundamentais deverá munir os alunos de uma capacidade de aquisição futura de conceitos mais avançados que surjam no seu percurso de formação académica e/ou profissional.

O estudante deverá ter conhecimentos básicos de probabilidade, funções reais, derivadas e integração.

Componente científica: 100%

Resultados de aprendizagem e competências

No final do período lectivo os estudantes devem ser capazes de: 
- Resolver problemas comuns envolvendo a teoria elementar da probabilidade, variáveis aleatórias, distribuições de probabilidade, amostragem aleatória, estimação por intervalo e teste de hipóteses; 
- Enunciar e interpretar os principais conceitos da Estatística; 
- Utilizar as ferramentas de estatística descritiva na análise de dados amostrais ou populacionais. 

Modo de trabalho

Presencial

Programa

1. Breve revisão dos conceitos de:
- Análise combinatória;
- Teoria de conjuntos.
2. Teoria das probabilidades: Acontecimentos e probabilidades, definições conceitos e aplicações.
3. Variável aleatória: Variáveis discreta e contínua, funções de probabilidades e distribuição, parâmetros, somas e distribuições n-dimensionais.
4. Distribuições: Distribuições teóricas discretas e contínuas, aproximações e somas.
5. Estatística descritiva: Amostragem. Análise, representações gráficas, parâmetros e distribuição de medidas;
6. Estimadores: Estimadores pontuais e intervalares para populações normais e não normais (teorema do limite central e desigualdade de Tchebycheff.
7. Testes de hipóteses: Testes de hipótese paramétricos de populações normais e não normais.
8. Testes do Qui-quadrado: independência, ajustamento e homogeneidade.
9. Análise de regressão e correlação.
10. Análise de dados estatísticos usando Microsoft Excel.

Bibliografia Obrigatória

Douglas C. Montgomery, George C. Runger; Estatística aplicada e probabilidade para engenheiros. ISBN: 85-216-1360-1
Murteira, Bento José Ferreira; Probabilidades e estatística. ISBN: 972-9241-17-1
Apontamentos e demais documentação disponibilizados nos conteúdos da unidade curricular

Bibliografia Complementar

Ventsell; Théorie des probabilités, Editions Mir
Mood, Alexander M.; Introduction to the theory of statistics. ISBN: 0-07-042864-6
Athanasios Papoulis; Probability, random variables, and stochastic processes. ISBN: 0-07-100870-5
Rui Campos Guimarães, José A. Sarsfield Cabral; Estatística. ISBN: 978-84-481-5589-6
Paul L. Meyer; Probabilidade. ISBN: 85-216-0294-4
Malik e Mullen; A first course in probability and statistics, , Addison-Wesley

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

Nas aulas são apresentados conceitos e resultados importantes associados, dando ênfase às interpretações e às aplicações práticas dos mesmos. No intuito de clarificar as definições e métodos apresentados, são dadas demonstrações sempre que estas possam ajudar a atingir tal objectivo e são resolvidos exercícios ilustrativos de aplicações. Procura-se, sempre que possível, a participação dos alunos, não só na resolução dos exercícios, mas também na introdução de novos conceitos.Há ainda que realçar a resolução individual de exercícios bem como a orientação conveniente no estudo da disciplina e no esclarecimento de dúvidas que possam surgir na resolução de exercícios propostos.

Palavras Chave

Ciências Físicas > Matemática > Teoria das probabilidades
Ciências Físicas > Matemática > Estatística

Tipo de avaliação

Avaliação distribuída sem exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Participação presencial 0,00
Teste 100,00
Total: 100,00

Componentes de Ocupação

Designação Tempo (Horas)
Estudo autónomo 106,00
Frequência das aulas 56,00
Total: 162,00

Obtenção de frequência

Obtém frequência a esta UC, no presente ano lectivo, todo o aluno:
- regularmente inscrito na UC e que não exceda o número limite de faltas.

Todos os alunos devidamente inscritos na UC, poderam realizar os testes e exames que lhe são propostos e que servem de base à avaliação.

Quanto à avaliação existem quatro momentos distintos, sendo eles os seguintes:
1) Primeiro Teste (T1) - a definir;
2) Segundo Teste (T2) - a definir;
3) Exame de recurso (E) - a marcar pelos serviços.

Observações:
a) as classificações dos testes não são repescadas.
b) caso um estudante falte a um dos testes, a classificação atribuída a esse teste, para o cálculo da classificação final, é de zero valores.

Fórmula de cálculo da classificação final

Para obter classificação final à UC o estudante tem que ter frequência ou estar dispensado dessa. Nestas condições, qualquer estudante pode escolher obter aprovação na UC por testes ou exame final de recurso (E). Caso um estudante não obtenha aprovação por testes, pode ainda realizar o exame de recurso.

A classificação final da unidade curricular corresponderá (numa escala de 0 a 20):
- à média aritmética das classificações obtidas em T1 e T2;
- à classificação do exame de recurso (E), cotado para 20 valores.

Avaliação especial (TE, DA, ...)

Os alunos que estejam ao abrigo de estatutos especiais (TE, DA, …) durante o presente ano lectivo, ou que tenham frequência do ano lectivo imediatamente anterior, estão dispensados de frequência. A aprovação pode ser obtida através da realização do exame de época normal (E) ou por exame de recurso (E).

Melhoria de classificação

Os alunos que que pretendam realizar melhoria de classificação deverão sujeitar-se à realização de um exame.

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2019 © Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2019-05-22 às 02:25:07 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais